Medidas de Prevenção

Infelizamente ainda não é possivel dispor de uma vacina para combater a doença de Chagas, e embora ainda seja difícil a busca pela sua cura a prevenção é a melhor solução até o momento, então é importante conhecer o ciclo vital do parasita, pois assim podem-se estabelecer medidas de combate ao seu principal vetor. No caso das medidas profiláticas podemos mencionar algumas:

► combate ao inseto transmissor (atualmente feito com inseticidas);

► uso de telas em janelas e de mosquiteiros sobre as camas;

► educação sobre o modo de transmissão e métodos preventivos, esta talvez seja uma das mais importantes medidas de prevenção, pois a conscientização e o conhecimento sobre qualquer enfermidade é de suma importância para seu combate e prevenção;

► controle da qualidade do sangue usado em transfusões;

► não deixar ninhos de pássaros nos beirais das casas como também não deixar animais dentro das residências;

►manter uma limpeza constante nas residências e em seus arredores;

conduzir insetos suspeitos de serem barbeiros para o serviço de saúde mais próximo;

► melhoria das condições de moradia, entre outras medidas.

Abaixo a imagem de moradia comum na época da descoberta da Chagas, e logo após uma observação de Carlos Chagas relativo a questão da melhoria das condições de habitação.
 

                           Moradia típica das regiões rurais conhecida como cafúa.
 
Quanto à trypanozomíase americana nada custará erradicá-la das zonas extensas onde é endêmica, uma vez que tudo ali depende da providência elementar de melhorar a residência humana e não mais consentir que o nosso camponês tenha como abrigo a cafúa primitiva, infestada pelo insecto que lhe suga o sangue e lhe injecta o parazito, cafúa às vezes imprestável como habitação de suínos e de todo incompatível com a civilização de um povo”. Carlos Chagas

 

Basicamente a profilaxia é voltada ao combate ao vetor, principalmente em residências localizadas na área rural onde a ocorrência do barbeiro é mais presente, ou seja, erradicar o inseto transmissor da doença ou afastá-lo do convívio humano é a melhor maneira de eliminar o Mal de Chagas.  Assim é importante levar em conta as condições de higiene, tomando ações que afastem o vetor do ser humano, e isto passa por moradias mais adequadas para as pessoas residirem.

A prevenção é uma atitude essencial devido a seriedade da enfermidade, mostrando que divulgação e principalmente a aplicação das medidas profiláticas é uma atitude necessária para o combate ao Mal de Chagas, ou seja, as atividades voltadas à educação em saúde, devem estar presentes na atuação de combate e controle do principal responsável pela propagação da Chagas, o barbeiro. A Doença de chagas é um problema de saúde pública no Brasil e em outros países Latino-Americanos, e isto passa pela questão de adoção de políticas públicas adequada para o controle da mesma, pois os fatores de risco muitas vezes estão pautados nos aspectos socioeconômicos da população.

 
Comments