PROGRAMA

O currículo escolar na contemporaneidade:

Identificação e discussão de algumas das suas bases

18 de maio
10h às 12h45









25 de maio
10h às 12h30





01 de junho
10h às 12h30





15 de junho
10h às 12h30





26 de junho
17h30 às 20h15

Introdução - Maria Helena Damião (Universidade de Coimbra)

- Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular 

- Das orientações/recomendações curriculares internacionais à legitimação nacional e local


1. “Direito à educação” no currículo escolar. Uma reflexão a partir da Declaração Universal d os Direitos Humanos - Luísa Portocarrero e Diogo Ferrer (Universidade de Coimbra)

1.1. A educação a que todos têm direito e valores que lhe são inerentes 

1.2. O direito à educação no currículo escolar contemporâneo 

1.3. Responsabilidade dos educadores na concretização do direito à educação 



2. Responsabilidade social das empresas na construção do currículo - Mário Frota (Centro de Estudos de Direito do Consumo de Coimbra), Paulo Morais (Universidade Portucalense, Porto)

1. Relação entre empresas, sistemas educativos e escolas públicas 

2. Abordagem estratégica das empresas e publicidade na escola pública 

3. Proteção de dados das crianças e jovens na escola 



3. Era digital - paradoxo(s) e desafio(s) educativos - Assumpta Coimbra (Instituto de Filosofia, Faculdade de Letras Universidade do Porto) e Armanda Matos (Universidade de Coimbra).

1. O digital e as transmutações em curso 

2. Repercussões na educação: modelos e situações educativas a concretizar; valores e competências imprescindíveis 



4. “Tomar a iniciativa, ser empreendedor”: uma competência central e transversal do currículo escolar - Casimiro Amado (Universidade de Évora) e Carlos Maia (Univ. de Trás-os-Montes e Alto Douro)

1. "Genealogia" do lugar do "empreendedorismo" no currículo 

2. Representações antropológicas e axiológicas no empreendedorismo 

3. Legitimidade do empreendedorismo no currículo subordinada ao conhecimento e à "educação para os valores” 



5. O currículo da escola pública: instrução e projeto civilizador do Ocidente moderno - Carlota Boto (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo)

1. Projeto iluminista educacional do Ocidente moderno 

2. As funções educativas do Estado e estrutura das suas políticas públicas para a escola 

3. Carácter emancipatório dos processos educacionais afetos à escola pública 


Síntese. Luís Umbelino (Universidade de Coimbra)

- O “fim” da educação escolar 

- Educar na Escola para o Futuro