Exercícios

Exercícios

1) (UNESP) “Então se despediu da Rainha, e tomou o Conde pela mão, e saíram ambos da câmara a uma grande casa que era diante, e os do Mestre todos com ele, e Rui Pereira e Lourenço Martins mais acerca. E chegando-se para o Mestre com o Conde acerca duma fresta, sentiram os seus que o Mestre lhe começava a falar passo, e estiveram todos quedos. E as palavras foram entre eles tão poucas, e tão baixo ditas, que nenhum por então entendeu quejandas eram. Porém afirmam que foram desta guisa:

 "    -- Conde, eu me maravilho muito de vós serdes homem a que eu bem queria, e trabalhardes-vos de minha desonra e morte!
 Eu, Senhor? disse ele. Quem vos tal cousa disse, men-tiu-vos mui grã mentira.
        O Mestre, que mais tinha vontade de o matar, que de estar com ele em razões, tirou logo um cutelo comprido e envi-ou-lhe um golpe à cabeça; porém não foi a ferida tamanha que dela morrera, se mais não houvera.
        Os outros todos, que estavam de arredor, quando viram isto, lançaram logo as espadas fora, para lhe dar; e ele movendo para se acolher à câmara da Rainha, com aquela ferida; e Rui Pereira, que era mais acerca, meteu um estoque de armas por ele, de que logo caiu em terra morto.
        Os outros quiseram-lhe dar mais feridas, e o Mestre disse que estivessem quedos, e nenhum foi ousado de lhe mais dar.”

O texto transcrito acima é de Fernão Lopes e pertence à Crônica de D. João I.
As crônicas de Fernão Lopes caracterizam-se por tentarem re-produzir a verdade histórica como se esta tivesse sido testemu-nhada. Por outro lado, é com Fernão Lopes que a língua portuguesa inicia o percurso da sua modernidade.
Nestes termos, assinale, nas alternativas abaixo indicadas, a que melhor caracteriza o trecho transcrito da Crônica de D. João I.
a) Narraçào realista e dinâmica que quase nos faz visualizar os acontecimentos.
b) Fidelidade absoluta aos acontecimentos históricos.
c) Utilização de uma linguagem elevada, de acordo com a repro-dução dos fatos históricos.
d) Preocupação em mencionar os nomes de todas as pessoas presentes à morte do Conde.
e) Exaltação do feito heróico do Mestre ao matar o inimigo do Reino.

2) (UM-SP) Leia as três afirmações abaixo a respeito da Farsa de Inês Pereira.

I- Pode ser colocada como representante do teatro de costumes Vicentino.
II- Encaixa-se na tradição da farsa medieval sobre o adultério feminino desenvolvida por Gil Vicente.
III- Inês Pereira é uma moça que vive na vila e pretende subir de condição.

a) Todas estão corretas.
b) Todas estão incorretas.
c) Apenas I e II estão corretas.
d) Apenas I e III estão corretas.
e) Apenas II e III estão corretas.

3) (FUVEST-SP)  Na Farsa de Inês Pereira, Gil Vicente:
a) retoma a análise do amor do velho apaixonado, desenvolvida em O Velho da Horta.
b) mostra a humilhação da jovem que não pode escolher seu marido, tema de várias peças desse autor.
c) denuncia a revolta da jiovem confinada aos serviços domésti-cos, o que confere atualidade à obra.
d) conta a história de uma jovem que assassina o marido para se livrar dos maus-tratos.
e) aponta, quando Lianor narra as ações do clérigo, uma solução religiosa para a decadência moral de seu tempo.

4) Sobre Fernão Lopes, não se pode afirmar que:
a) não se pode negar o espírito objetivo e justo com que analisou os documentos históricos a que teve acesso como guarda-mor dos arquivos do Estado.
b) Usou, em seus textos, tanto a narração quanto a descrição, mas desprezou a utilização de diálogos, para não empobrecer suas crônicas.
c) foi considerado o “Pai da História” em Portugal ou o iniciador da historiografia científica portuguesa.
d) são de sua autoria a Crônica de D. Pedro, a Crônica de D. Fernando e a Crônica de D. João I.
e) fez parte do Humanismo português, escola literária que mar-cou a transição da Idade Média para o Renascimento.

5) O Humanismo:
a) mostra a substituição do Antropocentrismo (o Homem é o centro do universo) pelo Teocentrismo (Deus é o centro do universo).
b) tem início em 1434, quando Fernão Lopes passa a ser o Cro-nista-mor de Portugal.
c) retrata que os problemas humanos, aos poucos, tornam-se fonte de preocupação para os escritores.
d) além de Amadis de Gaula, a mais famosa novela de cavala-ria da época, foi a época literária em que surgiu A Demanda do Santo Graal.
e) tem, entre seus textos literários, os de prosa doutrinária, que foram escritos com a finalidade de ensinar ao povo os elementos básicos para sua educação
.

Comments