Músculo na Educação Física:O Projeto
O Projeto-A Equipe-Cronograma-A Campanha

        Nosso projeto visa mostrar a importancia de conhecer os músculos para as atividades físicas. Peocupando-nos sempre com o bem-estrar.

 

 

ImageHipertrofia Muscular

O processo de hipertrofia tem sua origem em um princípio básico dos organismos vivos: a auto-organização, conforme definido por Capra (2001). Ao afastarmos nosso organismo do equilíbrio ele reage por intermédio de reações complexas para alcançar novamente o equilíbrio. Por vezes, estas reações levam ao surgimento de uma nova configuração na qual o organismo estará mais apto a superar desafios semelhantes.

                  Músculos  :         Saudáveis  e   Fortes                                                                                              
Estudo da UnB confirma eficiência da creatina para
redução da fadiga e aumento da massa muscular

Nem tudo o que promete aumentar a massa muscular é realmente eficaz. Mas uma pesquisa desenvolvida na Faculdade de Educação Física (FEF) da Universidade de Brasília (UnB) constatou que a creatina - um aminoácido existente no corpo humano e que pode ser encontrado à venda no mercado - pode realmente ajudar aquele magrinho a ficar mais forte, quando a ingestão é associada a uma boa dose de exercícios físicos.

De acordo com o estudo, o suplemento tem ainda outras vantagens como auxiliar no combate à fadiga muscular e no aumento da resistência de indivíduos que fazem exercícios que exigem agilidade. Apesar de todos esses efeitos, a substância não está incluída na lista de drogas condenadas em exames de doping.

E o motivo é simples: também é sintetizada pelo organismo e está presente em muitos tipos de alimentos, como carnes de uma maneira geral. Tanto é assim que a creatina é liberada pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) e pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

Saber exatamente de que maneira a substância age no organismo foi o tema da tese de doutorado Efeitos dos Exercícios Pliométricos associados à Suplementação Aguda de Creatina na Composição Corporal e na Potência Anaeróbia, realizada pelo professor de Educação Física, Osmar Riehl, sob a orientação do doutor em Ciência da Saúde, Ramón Fabian Alonso López. O estudo teve a aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa, da Faculdade de Medicina.

Criança que se exercita corretamente tem um bom desenvolvimento

 Por serem muito ativas e cheia de energia as crianças em fase escolar precisam ser acompanhadas por bons professores de educação física para que não venham ter no futuro complicações devido ao esforço desnecessário para a sua estrutura corporal.

 

Alongamentos Gerais para os músculos do corpo

1
Tríceps

2
Lateral
(feito com maior segurança se o praticante apoiar a mão na perna do lado que se inclina)
3
Coluna
Braços
Costas
Abdômen
4
Peitoral
Bíceps
Deltóide
5
Sóleo
Gastrocnêmio
(panturrilha)
6
Costas, Peitoral
Ombros
Braços
Abdômem
(Evitar quem tiver problema nos ombros)
7
Glúteos
Lombar

(trazendo a testa nos joelhos alonga também costas)

8
Pára-vertebrais
Ísquiotibiais
Glúteos
(Evitar trazer corpo para frente em casos de Hérnia)


 

                                   Tire suas dúvidas :

Cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado x dor - 11/09/2005
Fiz uma cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado anterior há 9 meses. No terceiro mês de cirurgia desenvolvi uma tendinite patelar. Já fiz 110 seções de fisioterapia, frequento a academia com orientação de um professor de E.F. . Faço tratamento alternativo (acupuntura), mas a dor persiste. Não sei mais o que eu faço, estou desesperada. Obrigada, Paula

Oi Paula, vamos ver o que sugere nosso consultor
Prof. Ms. Leonardo Duarte Picchi   Paula, essa tendinite é tão rara de acontecer em pós-cirúrgicos de LCA. Principalmente, se o enxerto tiver sido retirado desse tendão. O tratamento é basicamente a eliminação das dores e trabalho de resistência e fortalecimentos musculares. Tenha um pouco de paciência, pois esse tipo de tendinite não é tão fácil de ser tratada. Se cuide.
 Tenho hérnia-de-disco... Será que posso voltar a praticar musculação? - 25/12/02
Olá para todos!!! Eu estou com um problema de hérnia discal L4- L5 que acabei adquirindo com exercícios de musculação mal orientados. Gostaria de saber se algum dia poderei voltar a praticar musculação. Se não, qual seria o tipo de exercício ideal para o meu caso a fim de aumentar massa muscular. Obrigada!!!!!! Raquel Issa Gonçalves - Bióloga
 Sim, mas é claro que nunca mais será a mesma coisa, ou seja, os exercícios que você fazia antes, hoje não mais poderá fazer sendo limitado o movimento, angulação, força, flexibilidade dentre outras variáveis treináveis.

Profa. Ms. Érica Verderi:
   Olá Raquel, sendo a hérnia discal uma lesão irreversível associada a uma degeneração do disco e rompimento do anel fibroso, você deverá ter muita cautela na escolha de suas atividades. Toda atividade que envolver impacto nos discos intervertebrais poderá estar lhe comprometendo e levá-la a uma síndrome dolorosa, como ciatalgia ou lombalgia. O importante é você se manter longe das algias para que tenha uma qualidade de vida melhor. Os alongamentos ativos e passivos serão muito importantes no seu dia-a-dia. Procure adotar melhores hábitos posturais e sempre estar compensando todo o esforço corporal e principalmente lombar que, você realizar durante o dia, seja no trabalho ou nas atividades físicas. Quanto a musculação, se você não estiver com dor, não exagerar nos pesos, e manter sempre uma boa postura na realização dos exercícios, não vejo problema para você continuar seu treinamento. Não esqueça de realizar a compensação das musculaturas trabalhadas no programa e principalmente relaxar os músculos da região lombar.

                                  

 

                                      Fique por dentro!!

DESVIOS POSTURAIS DE MEMBROS INFERIORES

JOELHO VALGO(OU GENO VALGO): é a projeção dos joelhos pra dentro da linha média do corpo, causada , geralmente, pela hipertrofia da musculatura lateral da coxa e/ou hipotonia da musculatura medial d coxa.

Alterações (BRODY,2001): Rotação lateral do fêmur e da tíbia, hiperestensão dos joelhos e supinação dos pés.

JOELHO VALGO:
Fortalecer:
Grácil, sartório, semitendinoso e semimembranoso, glúteo máximo, trato ílio-tibial e bíceps femoral.
Alongar: glúteo máximo, trato ílio-tibial e bíceps femoral.

E manutenção do peso ideal é desejável.


COXA VALGA:
Fortalecer: Pectíneo e adutores longo, curto e magno.
Alongar: Piriforme (colocar o pé oposto em cima da coxa perto do joelho), obturador int., quadrado da coxa, gêmeos(sup e inf.) e glúteos médio e mínimo (fazer rotação interna do quadril)

E manutenção do peso ideal é desejável.




JOELHO VARO(OU GENO VARO): é a projeção dos joelhos para fora da linha média do corpo, causada, geralmente , pela hipertrofia da musculatura medial da coxa e /ou a hipotonia da musculatura lateral da coxa.

Alterações (STROBEL E STEDTFELD,2000): Rotação medial do fêmur e da tíbia, hiperestensão dos joelhos e pronação dos pés.

JOELHO VARO:
Fortalecer:
glúteo máximo, trato ílio-tibial e bíceps femoral(ou da coxa)
Alongar: Grácil, sartório, semitendinoso e semimembranoso.

Fonte: OLSON, 1998;

Exercícios: Abdução de quadril no puxador duplo, andar no bordo interno dos pés,alongamento passivo com medicine-ball entre os tornozelos.

COXA VARA:
Fortalecer: Piriforme, obturador int., quadrado da coxa, gêmeos(sup e inf.) e glúteos médio e mínimo (fazer rotação externa do quadril)
Alongar: Pectíneo e adutores longo, curto e magno.





JOELHO HIPERESTENDIDO(OU GENO RECURVATO): é a projeção do joelho pra traz, fazendo com que a linha de gravidade passe bem à frente dos joelhos. É causado pela hipertrofia da musculatura extensora dos joelhos (reto femoral, vasto medial, vasto intermédio, vasto lateral)

Posturas compensatórias(MAGEE, 2002): Báscula posterior de quadril e hipercifose torácica.

Fortalecer: Flexores de joelhos (semitendinoso, semimembranoso, bíceps femoral e poplíteo), inclusive gastrocnêmio e sartório.
Alongar: Quadríceps (reto femoral, vasto lateral, v.medial e v. intermédio)

Fonte: KENDALL & COLS, 1995

Exercícios: Flexão de joelho na mesa flexora ou com caneleira, flexão concentrada dos joelhos no puxador baixo.

 

 

JOELHO FLEXO( OU GENO FLEXO): Projeção dos joelhos pra a frente, fazendo com que a linha de gravidade passe por cima ou por traz dos joelhos. É causado pela hipertrofia da musculatura flexora dos joelhos (semitendinoso, semimembranoso, poplíteo, bíceps da coxa, plantar delgado, reto interno, gastrocnêmio, sartório).

Fortalecer: Quadríceps (reto femoral, vasto lateral, v.medial e v. intermédio)
Alongar: Flexores de joelhos (semitendinoso, semimembranoso, bíceps femoral e poplíteo), inclusive gastrocnêmio e sartório.

Fonte: GUCCIONE, 2000

Exercícios: Extensão dos joelhos com mesa extensora ou caneleira.











PÉ PLANO: Perda parcial ou total da curvatura do pé. Causado pela hipotonia da musculatura flexora dos dedos (peroneiro lateral longo, flexor comum dos dedos, flexor próprio do quinto dedo). Segundo Platzer (1987), ele ocorre quando os músculos plantares curtos não funcionam, mas devemos considerar o que Viladot (2003) coloca, que em repouso estes músuclos apresentam silêncio absoluto ao exame de eletromiografia.

Como corrigir: fortalecer a musculatura acima citada.

Exercícios: andar no bordo externo dos pés, andar na ponta dos pés, elevação do corpo na ponta dos pés, puxar um pano com a ponta dos pés, andar na areia fofa da praia.

 

PÉ CAVO: Aumento da curvatura plantar do pé, causado pela hipertrofia dos músculos peroneiro lateral longo, flexor comum dos dedos e flexor próprio do quinto dedo. Ocorre uma descontinuidade na impressão plantar na passagem do retropé para o antepé(PLATZER, 1987). Ocorre também a flexão do pododactilus.

Pé cavo-supinado-varo: alongar o tibial anterior, posterior e fibulares curto e longo.

Como corrigir: fortalecer a musculatura flexora dorsal do pé ( peroneiro anterior , extensor comum dos dedos, tibial anterior).

Exercícios: andar no bordo interno dos pés, flexão dorsal do pé, alongamento com o antepé apoiado no espaldar, andar para traz com o apoio dos calcanhares.

 

PÉ VALGO: É a projeção do calcâneo pra fora do corpo, fazendo com que o Tendão de Aquiles se projete para a parte interna do corpo. Segundo Platzer (1987), o maléolo lateral fica mais inferiorizado do que no pé reto fazendo a pronação( segundo BRICOT, 1999, a pronação favorece a rotação medial da tíbia, o que irá produzir repercussões em todo o membro inferior). Os tornozelos vistos por traz podem se tocar facilmente ainda que o bordo medial dos pés estejam afastados.
Consequências da pronação(HAMMER, 2003): A hiperpronação pode produzir tendinite de inserção do semimembranosos (faz a flexão de joelho e extensão de quadril). Observar a calosidade sob a cabeça do 1º metatarso devido a ação do fibular longo muito forte enquanto seu antagonista, o tibial anterior, está paralisado (corrigir: alongar fibular longo e curto e fortalecer o tibial anterior e posterior, para estimular a inversão (VILADOT, 2003).

Como corrigir: Fortalecer os músculos tríceps sural, tibial anterior e posterior e quadrado plantar(VILADOT, 2003).

Exercícios: Elevação do corpo na ponta dos pés, separando os calcanhares, andar no bordo externo do pé.

 

PÉ VARO: é a projeção do Tendão de Aquiles para a parte externa do corpo, fazendo com que o calcâneo se projete pra dentro.
Consequências da Supinação(JONES AND OWEN, 1996): Observar a calosidade sob a cabeça do 5º metatarso, devido a ação dos tibiais anteiror e posterior muito fortes enquanto os fibulares estão paralisados. Pode ocorrer a costa plana, retroversão do quadril e mau funcionamento do seguimento lombar.

Como corrigir: Fortalecer os músculos extensores comuns dos dedos e peroneiro anterior.

Exercícios: Andar no bordo interno dos pés, colocar uma fita passando pela planta dos pés a nível dos metatarsos. Fixar o lado interno do pé e puxar bem o lado externo.

 

PÉ ABDUTO: Quando o indivíduo anda com os pés pra fora da linha do corpo

Exercícios: Andar com os pés voltados para dentro da linha média do corpo.

 

PÉ ADUTO: Quando o indivíduo anda com os pés voltados para dentro da linha média do corpo.

Exercícios: Andar com as pontas dos pés voltadas para fora da linha média do corpo.

 

PÉ EQUINO: Causado pelo encurtamento do Tendão de Aquiles.

Como Corrigir: Só através de cirurgia.

 

PÉ CALCÂNEO: Causado pelo encurtamento do tendão do músculo Tibial Anterior.

Como corrigir: Só através de cirurgia

FASCITE PLANTAR:
Tipos: sistemica (artrite reumatóide); traumática (por aplicação de força intensa); degenerativa(trauma de repetição) e mecânica(pronação exagerada, súbito aumetno de atividade);
Causas: Para as degenerativas e mecânicas: pronação excessiva, grande solicitação da fáscia e dos músculos (abdutor do hálux, flexor curto dos dedos e quadrado plantar).
Achados: Dor à deambulação após período de imobilização e dor no calcâneo pela manhã
Conduta: curto prazo (anti-inflamatório, órtese e fixação do arco com esparadrapo; Longo prazo (alongar a fáscia plantar, fortalecer os músuclos intrínsecos e uso de talas noturnas).

       DICAS IMPORTANTES:

  • TENHA BOA ALIMENTAÇÃO
  • FAÇA EXERCÍCIOS FÍSICOS ACOMPANHADO POR UM BOM PROFISSIONAL
  • NUNCA EXAGERE NOS EXERCÍCIOS!
  • CONHÇA SEU CORPO E AS  LIMITAÇÕES

 

      TUDO ISSO VAI FAZER COM QUE    VOCÊ  TENHA UMA VIDA SAUDÁVEL!!