Benoît Mandelbrot


 

Benoît Mandelbrot nasceu na Polónia em 1924 e em 1987 tornou-se professor em Yale. Mandelbrot começou a ficar um pouco insatisfeito em relação à Geometria Clássica, uma vez que, ao explorar e resolver diversos problemas, os pontos, as linhas rectas, os círculos, entre outros, não demonstraram ser abstracções adequadas para compreender a complexidade da natureza.

Este prodigioso e ilustre matemático contemporâneo é conhecido mundialmente como sendo o único responsável pelo enorme interesse nos chamados objectos fractais, que os definiu como formas complexas no detalhe e na forma global. A palavra fractal vem do latim, do adjectivo fractus, do verbo frangere, que significa quebrar.

Hoje em dia a sua geometria de fratais é conhecida através de bonitas gravuras coloridas que enriqueceram tanto a matemática moderna como a arte.

 

As Geometrias Euclideana e Não-Euclideanas conhecidas até à metade do séc. XX, não conseguiam descrever inúmeros fenómenos da Natureza. Isso só foi possível com Mandelbrot e a sua Geometria Fractal.

  Existem fractais muito simples de fazer e outros que requerem meios computacionais que parecem belíssimas obras de arte. 

Vê o vídeo: Os Fratais de Mandelbrot

Se quiseres saber mais sobre fractais e como se constroem clica: Fractal

TOPO