Apresentação

Ao longo das várias edições do "Space: Festival de Música Improvisada e Experimental", desenvolveu-se uma lógica de actuação baseada não na apresentação de projectos pré-existentes, mas na exploração das cumplicidades entre os músicos envolvidos, testando e variando as combinações instrumentais e estilísticas, de acordo com os locais e o contexto dos eventos. Essa formação orgânica e mutante chama-se Space Ensemble.

Já se apresentaram em diversos festivais com espectáculos de música improvisada, entre os quais: a Festa no Parque em Serralves,  o Festival de Paredes de Coura, o Festival de Jazz de Portalegre, etc, e durante os últimos anos tem apresentado os filme-concerto "As Aventuras do Princípe Achmed", de Lotte Reiniger, Berlim, 1926, “KinoEye” de Dziga Vertov, Rússia 1924, e "Filmes da Terra do Pai Natal", um conjunto de curtas metragens de Heikki Prepula, em algumas das melhores salas nacionais: Casa da Música no Porto, Cine-Teatro de Estarreja, Theatro Esther de Carvalho em Montemor-o-Velho, Centro Cultural Vila Flôr em Guimarães, CAE Portalegre, Cinema Passos Manual no Porto, Teatro José Lúcio da Silva em Leiria, Teatro Viriato em Viseu, etc.  

Em 2008 apresentaram no Museu de Serralves a performance “Um Jogo de futebol”, musicando ao vivo o jogo Portugal x Turquia do Euro 2008, no qual contaram com a presença de 11 músicos, e do relataor Gabriel Alves. Um concerto ao qual assistiram mais de 10 000 pessoas.

Em 2009 apresentaram o programa “Spy Quintet”, dedicado ao free-jazz, e como homenagem a Ornette Coleman, John Zorn e Tim Berne, e criaram o programa "AlgoRítmico", para a Casa da Música, um programa que relaciona a Música com a Matemática, e que tem por base os filmes dos realizadores canadianos Norman Mclaren e René Jodoin.

Para 2010, Ano Internacional da Biodiversidade, o Space Ensemble preparou os filmes-concerto "Um Corvo na Cidade", e "Uma Floresta Animada". Programas resultantes da parceria com o Finnish Film Contact.