Curiosidades do Basquetebol



Sabias que, no início, em vez de tabelas, havia cestos de fruta suspensos no ar?

 

O basquetebol foi inventado nos EUA, em Massachusetts, em 1891, por um professor de Anatomia. Naquela cidade, os Invernos são rigorosos e o departamento de Educação Física da escola onde dava aulas encarregou-o de inventar um jogo que pudesse ser praticado num espaço fechado.

No início, em vez de tabelas de basquetebol, havia cestos de fruta suspensos no ar! De cada vez que a bola entrava, era preciso subir umas escadass para a ir buscar. Só mais tarde surgiu a ideia de criar um cesto sem fundo e nasceram os aros que hoje conhecemos. O basquetebol tornou-se modalidade olímpica em 1936, nos Jogos Olímpicos de Berlim. As regras principais Joga-se com duas equipas de cinco pessoas (mais sete suplentes). O objectivo é colocar a bola no cesto do adversário e, no final, ganha quem marcar mais pontos. O jogo nunca pode terminar empatado. Se houver empate no final dos quatro tempos (de 10 minutos cada), há períodos suplementares de cinco minutos. Por norma, cada cesto vale dois pontos, a menos que a bola tenha sido lançada atrás da linha dos três pontos (como o nome indica, vale três) ou resulte de um lance livre - aí vale apenas um. Nada de pés ou joelhos. A bola é sempre jogada com as mãos e não é permitido andar com ela sem a bater no chão (driblar). Se parar de driblar, o jogador não pode voltar a bater a bola no chão de novo. Ou a passa a um colega de equipa ou tenta encestar. Não vale empurrar, apertar ou agarrar. Quando isso acontece, o árbitro marca falta e a equipa adversária tem direito a fazer um lançamento livre (o mesmo que um penálti no futebol). Bola: A bola pesa entre 1,6 e 1,8 kg e é normalmente recheada de borracha sintética e revestida a coura

 

 

“in Visão Júnior – Online  3 Jul. 2008 “

 



Frase de Semana: Scottie Pippen

Por vezes o maior desafio de um jogador é perceber o seu papel na equipa. Scottie Pippen ...

 

“ In Planeta Basket “


“O QUE DEVES FAZER PARA AGRADAR AO TEU TREINADOR?

- Os treinadores adoram os jogadores que tudo fazem para tornar a nossa tarefa mais fácil.

- O basquetebol é um desporto colectivo sendo da tua responsabilidade contribuir para o sucesso da equipa. Independentemente daquilo que todo o mundo possa pensar de ti, provavelmente a pessoa mais importante para o teu desenvolvimento como futuro jogador de basquetebol é o teu TREINADOR; presta toda a atenção às suas mensagens e àquilo que elas podem significar. Mesmo nos momentos de crítica o teu treinador não te quer humilhar mas, tão-somente, corrigir.

- Considera um privilégio jogar basquetebol; faz o teu melhor e dá o máximo do teu esforço sempre que competes, quer nos treinos, quer nos jogos. Não tenhas medo de falhar, assume a responsabilidade nas decisões que tomas e nunca apontes o dedo aos teus colegas.

- Procura saber qual é o teu papel na equipa; muitos de vocês querem ser os melhores lançadores mas nem imaginam como os treinadores gostam dos grandes defensores ou ressaltadores, daqueles jogadores que dão tudo sem exigir nada em troca; para estes há sempre lugar nos cinco iniciais e muito tempo de jogo.

- Por último, procura ser leal para o teu treinador e colegas de equipa respondendo de forma positiva a todos os desafios propostos sem antecipares o resultado final porque em todas as circunstâncias, quer ganhes, quer percas, estás a crescer e a construir o teu futuro. Os “ grandes ” jogadores não precisam de ser “ empurrados ” pelo treinador para fazer o seu melhor e disputar cada jogo com muita intensidade e concentração.

- Finalmente, deixem o vosso treinador estar calado no banco a gozar o espectáculo; nem imaginam o gozo que isso dá.”

(
Mário Barros - http://guifoes-s-c.blogspot.com )