Primeiro arquivo em LaTeX

A primeira vez é complicada e a gente nunca esquece

 Links

Exemplos   diversos     

  Segue alguns arquivos para sua diversão. Esses

arquivos estão prontos e sem qualquer problema, baixe-os e execute, depois comece a modificar para entender como funciona, ver o que cada comando faz e como se usa cada um.

Exemplo sofisticado

    O arquivo Lista2.tex não tem problemas,  mas  para executá-lo   você    precisa dos  arquivos  rural.JPG   e fancyheadings.sty.   Baixe esses três arquivos e colo-que todos em uma  mesma pasta, se colocar  em  pas-tas distintas não funciona. 

    Selecione  a   regra   de compilação Latex —> PDF, em  qualquer  outra  opção não funciona pois esse ar-  quivo tem uma imagem no formato Jpeg.   

    Para baixar os arquivos clique com o botão direto do mouse sobre o link e selecione salvar como. Esse procedimento não funcionará bem para  fancyheadings.sty que sabe-se lá Deus por que será renomeado para fancyheadings.sty.txt.

 

 Isso é  desagradável. Abra a pasta onde salvou esse arquivo e desfaça essa gracinha do windows, ou seja, renomei o arquivo fancyheadings.sty.txt para fancyheadings.sty. Está tudo prontinho, execute o Lista2.tex.

 

Caro iniciante em LaTeX.

 

  Essa página tem o propósito de auxiliá-lo com os primeiros passos em LaTeX, mostrando precisamente como compilar um arquivo, como fazer seu primeiro arquivo, como inserir uma figura e outras coisas exigidas no cotidiano do mundo TeX. Ela não o eximirá do encontro cativo com as apostilas, mas tornará mais amistosa sua primeira

vez com o TeX. Vamos ao que interessa:

  Como compilar um arquivo Latex?

  Se você é um iniciante por excelência não  deve ter nem um arquivo em TeX. Se este é seu caso abra o TeXnicCenter no menu file clique em new. Isso abrirá um novo arquivo tex, copie o código

     \documentclass{report}
           \begin{document}
           Funcionou, viva, viva.
           Desesperar jamais.
        \end{document}
 

para esse arquivo,  salve-o  em  qualquer  pasta e lembre apenas de por um nome simples, sem firulas, pois o LaTex não gosta de acentos, traços, barras e outros caracteres no nome do arquivo. Está tudo pronto, vamos descobrir onde clicar para executar o Latex, observe a imagem

Se a visualização estiver ruim, clique na imagem

 

  Depois da compilação, foi exibido um arquivo com extensão DVI ou PDF. Na mesma linha do ícone de execução tem um menu onde você escolhe o tipo de arquivo de saída, tem as opções Latex =>dvi, Latex =>pdf e Latex =>ps (essa precisa do GSView, que não está instalado). Se quiser  um  arquivo  PDF  basta selecionar a opção

Latex =>pdf  e clicar no ícone de execução, então será exibido seu maravilhoso arquivo pdf. Sempre que possível, recomendo trabalhar com o DVI, pois ele suporta pesquisa inversa, ou seja, se fizer um duplo clique em seu arquivo dvi, você será revertido para a linha correspondente do arquivo tex. Esse recurso é de uma utilidade fantástica, principalmente para fazer correções.

  O arquivo apresentado é do tipo mais  simplório possível, ele contém apenas os três elementos básicos e indispensáveis de um arquivo  .tex. Um documento em Latex sempre começa com um \documentclass{opção}, onde opoção pode ser report, article, book. Esse comando informa o estilo do documento. O comando

\begin{document}

informa o início do texto e 

                      \end{ document}

informa o final.

  Vamos incrementar um pouco nosso arquivo para explorar as potencialidades do LaTeX, começamos pelo controle do tamanho da página, isso  pode ser feito de várias maneiras, mas aqui vai uma forma elegante e eficiente para dominar o tamanho de sua página. Depois do comando \documentclass insira a linha

\usepackage[top=2.5cm,bottom=2.3cm,left=2.5 cm,right=1.5cm]{geometry}

  Os valoes entre colchetes definem as margens, divirta-se com eles até entender perfeitamente o que cada um deles faz.

  No início dos tempos um problema sério do LaTeX era a acentuação, para continuar fazendo da mesma forma que se faz no Word por exemplo acrescente a linha \usepackage[latin1]{inputenc} abaixo do pacote Geometry. O LaTeX, por default, numera as páginas, se não quiser numeração basta por o comando \pagestyle{empty} depois do \begin{document}. Se desejar que apenas uma página não tenha numeração use                    \thispagestyle{empty}

  Para inserir uma figura veja as páginas 61 a 69 da apostila Breve.pdf, ela explica em detalhes e com exemplo. Mas ela não explica que você pode trabalhar com figuras no formato Jpeg, com o infortúnio de só gerar arquivo pdf, mas convenhamos, não é um preço tão caro assim.