PCR – exame que identifica várias doenças caninas antes dos sinais clínicos.


Nos cães, o PCR (Polymerase Chain Reaction) serve para identificar:

• Adenovírus tipo 1 canino, 
• Adenovírus tipo 2 canino,
• Babesia sp, 
• Bordetella bronchiseptica, 
• Brucella sp, 
• Cinomose, 
• Clostridium perfrigens, 
• Coronavírus canino, 
• Ehrlichia canis, 
• Ehrlichia sp, 
• Haemobartonella canis, 
• Helicobacter pylori, 
• Herpesvírus canino, 
• Leishmania sp, 
• Leptospira Interrogans, 
• Micoplasma sp, 
• Mycobacterium sp, 
• Papilomavírus canino, 
• Parvovírus canino (entérico).


Fonte: GENOA VETERINÁRIA.



Matéria: GENOA TRAZ EXAMES DE DNA PARA PETS BRASILEIROS.
Responsável: GENOA VETERINÁRIA.
Fonte: clicar aqui.



GENOA TRAZ EXAMES DE DNA PARA PETS BRASILEIROS

V
eterinários, Pet Shops e criadores de animais vão ter acesso ao que há de mais moderno em medicina de diagnóstico. A divisão de veterinária do Grupo Genoa acaba de colocar à disposição do mercado um exame de DNA que pode identificar em filhotes e animais adultos os agentes infecciosos de diversas doenças antes mesmo de os animais manifestarem os primeiros sintomas. 

Patologias como Cinomose, Leptospirose, Leishmaniose e Parvovirose, entre outras, poderão ser diagnosticadas em 48 horas, com a maior precisão existente, graças à análise de material genético. Operando com o que há de mais sofisticado em diagnóstico celular, a Genoa Vet – Divisão veterinária do Grupo Genoa é filiada a ISAG – International Society for Animal Genetics e oferece dezenas de exames utilizando o DNA como ferramenta. 

"A Genoa é a única empresa brasileira a disponibilizar no mercado nacional uma tecnologia já utilizada e aprovada na Europa, Estados Unidos e Japão há pelo menos uma década", observa a veterinária Cristiane Rosauro, Gerente Nacional de Vendas da divisão de Veterinária do Grupo Genoa. Entre os exames que a gente faz, muitos têm importância para a saúde pública, quando envolvem doenças transmissíveis dos animais para o homem, como a toxoplasmose.

A técnica utilizada para detecção de DNAs do organismo é a PCR (Polymerase Chain Reaction) e o Genoa é a única a utilizar a técnica no País. 

Certificação – A Genoa Veterinária tem uma divisão certificadora que emite laudos de saúde, paternidade e prevenção de doenças. Esses atestados de saúde são reconhecidos internacionalmente e são aceitos em vários países como substitutos a quarentena durante viagens ao exterior.

Dentro dessa linha, outro serviço oferecido é o de certificação, utilizando o exame de DNA para identificar em filhotes os agentes infecciosos da cinomose antes mesmo de o animal apresentar os sintomas da doença. 

A cinomose canina, por exemplo, é uma doença que causa enormes dores de cabeça. Com uma taxa de mortalidade inferior apenas à da raiva, a cinomose atinge principalmente animais de 3 a 6 meses de idade, mais susceptíveis à infecção. Com o exame, os animais podem ser tratados e isolados de outros ficarem, para os quais poderiam espalhar a doença.

O processo para obtenção do certificado é simples: as empresas enviam amostras de sangue dos filhotes, que são submetidos à investigação da presença do DNA do vírus da cinomose no animal, antes dele apresentar qualquer sintoma da doença. 

Para outras informações, entre em contato com 0800-7737774.



Matéria: MELHOR AMIGO DO HOMEM PODE VOLTAR "CONTAMINADO" DAS FÉRIAS.
Responsável: GENOA VETERINÁRIA.
Fonte: clicar aqui.


MELHOR AMIGO DO HOMEM PODE VOLTAR "CONTAMINADO" DAS FÉRIAS

Verminoses, leishmaniose e parvovirose podem infectar o animal. Exames do DNA são os mais eficientes para detectar possíveis doenças.

Acostumados a espaços fechados e protegidos, animais domésticos correm o risco de se contaminar com vermes, vírus e bactérias no contato com a natureza, em praias e sítios durante o período de férias ou mesmo em hoteizinhos para cães ou gatos. Em algumas regiões do interior e litoral, é comum ocorrer focos endêmicos de doenças graves, como a leichmaniose ou a leptospirose, que podem até atingir seres humanos que convivam com os bichos.

De acordo com o cientista Flávio Canellas Canavez, especializado em imunogenética e chefe do laboratório de Biologia Molecular do Grupo Genoa, a melhor ferramenta para uma ação rápida quando há uma suspeita de contaminação é oferecida pelos exames de DNA. Pioneira na introdução desse tipo de exame em animais de grande e pequeno porte, a Genoa Veterinária consegue identificar até 40 agentes causadores de doença, em até 48 horas

É importante lembrar que, mesmo vacinados, cães e gatos nem sem sempre estão protegidos em relação a diversos agentes infecciosos trazidos por outros animais, além de pulgas e carrapatos. A situação pode passar despercebida pelo dono e só ser notada depois que o bichinho estiver doente. Nesses casos, um combate eficaz do problema torna-se difícil. Mesmo os exames tradicionais levam até duas semanas para encontrar o problema.

Em alguns casos existe risco de contaminação até para o homem. "A doença de Lyme, por exemplo, é uma infecção provocada por bactéria, transmitida ao cão pelo carrapato. Ela causa febre, dores nos músculos e articulações, rachaduras na pele e pode levar até a problemas de coração", comenta Canavez.

Além de ser aconselhável um exame visual do animal para detectar alguma ferida ou presença de carrapatos, por exemplo, a utilização de exames que utilizam a tecnologia PCR (Polymerase Chain Reaction) é a alternativa mais confiável para se tirar qualquer dúvida. 

Outra grande vantagem desta tecnologia é que através dela se é possível detectar a presença do agente infeccioso antes mesmo da manifestação da doença ou sintomas. A empresa é pioneira na introdução da técnica no Brasil e possui o maior acervo técnico para detectar contaminações em animais de pequeno e grande porte.

Por serem organismos "hospedeiros" e dependentes dos nutrientes absorvidos no sangue do animal, os carrapatos contaminados, por exemplo, fazem do cachorro um verdadeiro depositário de diversos agentes infecciosos, como protozoários, bactérias e vírus que causam diversas doenças, algumas até fatais, como a febre maculosa. 

A Genoa Veterinária, Divisão do Grupo Genoa, é filiada à ISAG – International Society for Animal Genetics e oferece dezenas de exames utilizando o DNA como ferramenta.

Para outras informações, entre em contato com 0800-7737774.


Observação: de acordo com o que está dito em www.genoagroup.com.br/imprensa, estão disponíveis para divulgação, por exemplo, as matérias intituladas "GENOA TRAZ EXAMES DE DNA PARA PETS BRASILEIROS" e "MELHOR AMIGO DO HOMEM PODE VOLTAR "CONTAMINADO" DAS FÉRIAS", acima transcritas.