Globalização


 

Processo de aprofundamento da integração económica, social, cultural e política. É um facto observado na necessidade de criar um mundo que permita maiores lucros para os mercados já sobrecarregados.

As principais características da globalização são a semelhança dos centros urbanos, a expansão das cooperações para locais fora dos seus geopolíticos, a revolução tecnológica nas comunicações e electrónica, a junção entre culturas populares e uma “cultura universal”, entre outras.

A característica da globalização com maior impacto é, sem dúvida, a existência de marcas mundiais.

A globalização tem afectado todas as áreas da sociedade, principalmente a comunicação, o comércio internacional e a liberdade de movimentação.

Nas comunicações tem a sua face mais visível na internet (a rede mundial de computadores), possível através de acordos entre diferentes entidades privadas da área das telecomunicações e governos mundiais. O aumento da generalização do acesso dos meios de comunicação, graças à diminuição dos preços dos aparelhos, principalmente telemóveis, com aumento de cobertura e incremento geral da qualidade é uma importante característica da globalização das comunicações. As redes de televisão e de imprensa multimédia sofreram, também, um grande impacto na globalização.

Resumindo, com a globalização temos uma informação do que se passa no país e no mundo, num curto espaço de tempo.

Globalização é um fenómeno moderno que surgiu com a evolução dos novos meios de comunicação (mais rápidos e eficazes). Há, no entanto, aspectos positivos e negativos.

Nos aspectos negativos, há que referir a facilidade com que tudo circula, não há grande inspecção. Esta globalização serve para os mais fracos se equipararem aos mais forte pois, tudo se adquire através deste “monstro gigantesco” que é a internet. Outro ponto negativo é a grande instabilidade económica que se cria no mundo pois, qualquer facto que acontece em determinado pais atinge rapidamente todos os outros países criando problemas em todos eles. Os países estão cada vez mais dependentes uns dos outros e já não há hipótese de se isolarem. Temos o exemplo do petróleo. Quando a produção de petróleo diminui os preços rapidamente aumentam.

Mas, nem tudo é negativo. A facilidade com que as inovações se alastram no mundo, a facilidade e a rapidez no acesso a informações e bens, entre outros.

Ínicio