Revista semestral publicada pelo Gabinete de Investigação e Acção Social do Instituto Superior Económico e Social de Évora

 

 

 

Revista

Economia e Sociologia

Um percurso revisitado
 
    A Revista, que actualmente ostenta o nome de “Economia e Sociologia”, foi lançada ao espaço público sob a designação de "Estudos Eborenses”, no ano de 1965, sob a direcção de Lúcio Craveiro da Silva, João Cabral e J. Vaz de Carvalho, todos eles jesuítas e professores do recém-criado Instituto Superior Económico e Social de Évora. A partir do n.º 4, passou a chamar-se Economia e Sociologia”, para evitar confusões com uma colecção de estudos da iniciativa de Gabriel Pereira Castro, precisamente denominada “Estudos Eborenses”. Dela foram publicados entre 1886 e 1896, 36 fascículos.

    Os já muitos fascículos, que até agora viram a luz do dia, todos com uma secção de recensões bibliográficas, iniciaram-se com três Estudos de “Economia Agrária” (n.º 1), assinados por Henry de Farcy da Revista “Action Populaire” (Paris) e consultor da FAO. Desde então e até hoje, reunindo artigos diversificados ou sob a forma de números monográficos, “Economia e Sociologia”, cuja periodicidade é semestral, tem sido sustentada, sobretudo com produções científicas de docentes universitários de Évora e, em menor escala, de outras universidades. Num primeiro tempo, constituiu-se em factor de dinamização e elemento de visibilidade do ensino-aprendizagem,

dos cursos de Ciências Sociais (Sociologia) e de Economia (Administração e Gestão de Empresas) do Instituto Superior Económico e Social e, mais tarde, da Universidade de Évora. Mas, há que reconhecer, que sem o apoio financeiro da Fundação Eugénio de Almeida (FEA), a sua continuidade estaria ameaçada.

    Esperamos que "Economia e Sociologia", continue, no futuro, a dinamizar pesquisas na área das Ciências Humanas e Sociais, e a difundir os conhecimentos com elas adquiridos em ordem à implantação de uma sociedade mais humana e solidária, projecto que tarda em concretizar-se, como idealizaram os jesuítas «estrangeirados» que com o Conde Vasco Vill’Alva criaram o Instituto Superior Económico e Social de Évora.

 

Augusto da Silva, Junho de 2006
 
 
 
 
 
* * * 
 
 
 Assinatura Anual: 
 
Portugal: €8 | [Estudantes: €6]
Outros Países: €27 | Número avulso: €5
 
 
 
Assinaturas e Administração:

 

Residência do Espírito Santo | Quinta de Valbom, 5 7005-003 ÉVORA | PORTUGAL

Telef.+351 266 703 327





























E-mail: economia.e.sociologia@gmail.com

Número Especial

1965-2010: 90 números de Economia e Sociologia



Número 90/2010
 
 
Silvério Rocha-Cunha (ed.)
 
 
 
 
Número 88-89
 
 
Maria de Fátima Nunes & Augusto da Silva, s.j. (orgs.)
 

 

  

Número 87/2009

 
 
 
 
 
Arquivo
 
 
 
 
 
 
 Normas
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
  
 
 
 
Director e Editor: Augusto da Silva| Redacção: Augusto da Silva, Eduardo Esperança, Ema Pires, Rosalina Costa | Conselho Executivo: Manuel Bello, Eduardo Esperança, Ema Pires, Rosalina Costa, Vítor Dordio| Conselho Editorial: António Cipriano Afonso Pinheiro (Univ. Évora), António Covas (Univ. Algarve), António Custódio Gonçalves (Univ. Porto), Carlos Marques (Univ. Évora), Carlos Zorrinho (Univ. Évora), Francisco Martins Ramos (Univ. Évora), Georges Augustins (Univ. Nanterre), Inácio Rebelo de Andrade (Univ. Lusófona), José Eduardo de Faria (Univ. de São Paulo), J. M. de Barros Dias (Univ. Évora), Joaquim Manuel Pantoja Nazareth (Univ. Nova), Manuel Vaz Pato (Univ. Minho), Maria de Fátima Jorge (Univ. Évora), Maria de Fátima Nunes (Univ. Évora), Maria José Stock (Univ. Évora), Nuno de Salter Cid (Univ. Évora), Silvério Rocha e Cunha (Univ. Évora).





 

 

 

Locations of visitors to this page 

 

 












 

Esta obra está licenciada sob uma

Licença Creative Commons