Portugal - Doenças Respiratórias em números - 2015

Post date: Mar 16, 2016 6:41:50 PM

Devido ao aumento progressivo da esperança de vida e aos efeitos do tabagismo, Portugal tem vindo a debater-se com o aumento das doenças respiratórias crónicas que constituem atualmente a terceira causa de morte a seguir às doenças cardiovasculares e ao cancro, revela o relatório “Portugal – Doenças Respiratórias em Números 2015”, apresentado pela Direção-Geral da Saúde.

A mortalidade respiratória afeta sobretudo as faixas etárias acima dos 65 anos. Efetivamente constata-se que a taxa padronizada de mortalidade respiratória abaixo desta faixa etária apresentou, em 2013, um decréscimo de 19,2% face 2009. Desta forma, assistiu-se a uma diminuição de 14,6% dos anos potenciais de vida no período em análise.

As pneumonias são a principal causa de mortalidade respiratória em Portugal Continental (46%). No entanto, registou-se uma redução na taxa padronizada de mortalidade de 23,5% em 2013, relativamente a 2009, na faixa etária abaixo dos 65 anos. Em sentido contrário, a taxa de mortalidade por asma é baixa, não tem sofrido variações significativas desde 2007, enquanto a taxa padronizada de mortalidade por bronquite, enfisema e outras doenças pulmonares obstrutivas crónicas tem vindo a decrescer desde 2007 (menos 15% em 2013).

Ler relatório >>