Planos Municipais


Plano Municipal de Emergência de Almada
Plano Municipal de Emergência de Fronteira
Plano Municipal de Emergência de Sines

Os Planos de Emergência de Protecção Civil classificam-se habitualmente de acordo com dois critérios:

Finalidade:

Se se tratam de planos elaborados para enfrentar a generalidade das situações de emergência que se admitem em cada âmbito territorial e administrativo, dizem-se Gerais.  Se são elaborados com o objectivo de serem aplicados quando ocorrem acidentes graves e catástrofes específicas, cuja natureza requeira uma metodologia técnica e ou cientifica adequada cuja ocorrência no tempo e no espaço seja previsível com elevada probabilidade ou, mesmo com baixa probabilidade associada, possa vir a ter consequências inaceitáveis, denominam-se Especiais.

Âmbito:

Os Planos de Emergência de Protecção Civil, consoante a extensão territorial da situação visada, são Nacionais, Regionais, Distritais ou MunicipaisContudo, os Planos Especiais podem também abranger áreas homogéneas de risco cuja extensão seja Supra-municipal (envolvendo mais do que um município de um mesmo distrito) ou Supra-distrital (envolvendo mais do que um distrito).


Comments