Islamismo

                                 • Deus no Islamismo
     
         
É uma religião monoteísta.
Na visão muçulmana, o Islão surgiu desde a criação do homem, ou seja, desde Adão, sendo este o primeiro profeta dentre inúmeros outros, para diversos povos, sendo o último deles Maomé. A pedra basilar da fé islâmica é a crença escrita no monoteísmo. Deus é considerado único e sem igual. Cada capítulo do Alcorão (com a exceção de um) começa com a frase "Em nome de Deus, o beneficente, o misericordioso". 
        Seus seguidores chamam-se muçulmanos, os que se submetem a Deus para render-lhe a honra e a glória que lhe são devidas como Deus único. Maomé, fundador do Islamismo, nasceu em Meca, atual Reino da Arábia Saudita,  meio milênio depois de Cristo. Trabalhou como mercador e pregou a existência de um só Deus, Alá, onisciente e onipotente.
        Os mulçumanos crêem que Alá deu uma série de revelações, incluindo o Antigo e Novo Testamentos, que é chamado de Alcorão. Segundo eles, as antigas revelações de Alá na Bíblia foram corrompidas pêlos cristãos, e, pôr isso, não são de confiança

  
                                                     
                                                     Alá
        
        O Islamismo reivindica que Alá é o mesmo Deus revelado na Bíblia. Isso logicamente implica, num sentido positivo, que o conceito de Deus assentado publicamente no Alcorão corresponde em todos os pontos ao conceito de Deus encontrado na Bíblia. Maomé foi o profeta de Alá, portanto, todas as atitudes deles foram orientadas por ele. Analisado as ações de Maomé, podemos verificar a sua orientação, a sua bússola espiritual, e poderemos então saber das principais características dele. Alá, atravéz de Maomé seu profeta, apresentou-se ao mundo com seu propósito e ideais, que guiaram Maomé durante toda sua vida.
        Os conceitos associados com o termo Alá (como divindade) são diferentes entre as diversas tradições. Na Arábia pré-islâmica Alá não era considerada a única divindade, e tinha companheiras, filhos e filhas - um conceito que o islã revogou de maneira firme e resoluta. No islamismo, o nome de Alá é o nome divino, geral e supremo, para o qual se acredita que todos os nomes divinos se refiram.Alá, na ótica islâmica, é único, a única Divindade, criador do universo e onipotente. 
        Alá não é um Deus pessoal, santo ou amoroso, pelo contrário, está distante e indiferente mesmo de seus adeptos. Suas ordens expressas no Corão são imperativas, injustas e cruéis. Segundo Maomé, ele é autor do bem e do mal. Num dos anais que descreve as mensagens de Alá para Maomé, ele diz: “Lutem contra os judeus e matem-nos”. Em outra parte diz: “Oh verdadeiros adoradores, não tenha os judeus ou cristãos como vossos amigos. Eles não podem ser confiáveis, eles são profanos e impuros”.
 
 
 
                                                   Maomé


        Não é considerado pelos muçulmanos como um ser divino, mas sim, um ser humano. Contudo, entre os fiéis, ele é visto como um dos mais perfeitos seres humanos. Nascido em Meca, Maomé foi durante a primeira parte da sua vida um mercador que realizou extensas viagens no contexto do seu trabalho. Tinha por hábito retirar-se para orar e meditar nos montes perto de Meca. Os muçulmanos acreditam que em 610, quando Maomé tinha quarenta anos, enquanto realizava um desses retiros espirituais numa das cavernas do Monte Hira, foi visitado pelo anjo Gabriel que lhe ordenou que recitasse uns versos enviados por Deus, e comunicou que Deus o havia escolhido como o último profeta enviado à humanidade. Maomé deu ouvidos à mensagem do anjo e, após sua morte, estes versos foram reunidos e integrados no Alcorão, durante o califado de Abu Bakr.
        Maomé não rejeitou completamente o judaísmo e o cristianismo, duas religiões monoteístas já conhecidas pelos árabes. Em vez disso, informou que tinha sido enviado por Deus para restaurar os ensinamentos originais destas religiões, que tinham sido corrompidos e esquecidos.




Fontes de Pesquisa:

• http://pt.wikipedia.org/wiki/Isl%C3%A3o#Deus

• http://educacao.uol.com.br/biografias/ult1789u637.jhtm

• http://www.brasilescola.com/biografia/maome.htm

• http://pt.wikipedia.org/wiki/Maom%C3%A9

• http://www.missaoterra.com/islamismo.html
Comments