Rancho Infantil e Juvenil de Friestas


O verdadeiro Folclore do Alto Minho nos pés dos mais pequenos

Danças e Cantares|

Cana Verde

Malhão

Verde Gaio

Serrinha

Chula Velha

Hino de Friestas

Vira de S. Mamede

Nosso Minho

Siga a Roda

Laurentina

Vira Novo

Carrasquinha

Rosinha

Outras

|Instrumentos utilizados|

Concertinas                       

Ferrinhos

Castanholas

Cavaquinhos          

Reco-Reco

Bombo                     

Pandeiretas

 

|Trajes|

Os trajes usados simbolizam os Noivos do Minho

|Cantar as janeiras|

Cantares das janeiras

|Representações|

Norte a sul do País, Madeira, Espanha e França.

As viagens

França-Macon

Celorico de Bastos

Lourosa

Mentrestido

Visita ao lar de idosos

Gravação de CD

|Composição da Direcção|

||Mapa de Localização Interactivo||

|historial|

            Fundado em 1956, pela mão de Albertina Cunha, Joaquim Barreiros e Manuel Francês, o rancho infantil de Friestas, está inserido na região etnográfica do Minho.

            É um grupo de cerca de 60 elementos e as suas danças e cantares caracterizam o trabalho agrícola e piscatório de uma freguesia situada na margem sul do rio Minho, a cerca de 8 km da sede do concelho que é Valença.

            Foi numa noite de 1957, nas festas do faro, que o rancho pisou o palco pela primeira vez, no jardim municipal de Valença. No mesmo ano, já em Setembro, o rancho voltou a actuar nas festas da Sra. Das Dores em Monção, tendo sido um êxito.

             Foi ganhando fama ao ponto de ser convidado para realizar duas gravações para a então emissora nacional. No ano de1958, participou no II Festival Folclórico de Vila Praia de Âncora, evento este que tinha na época grande dimensão cultural, sendo organizado e orientado pelo saudoso etnógrafo e poeta Dr. Pedro Homem de Melo.

            Cessada a actividade, dezoito anos mais tarde a Sr.ª. Maria da Lina, tentou fomentar e revitalizar novamente o folclore infantil, contudo o seu esforço não foi coroado com êxito.

            Em 1997, pela mão da professora Fátima Caldas deu-se uma grande revitalização do Rancho, não mais tendo parado desde então.

         Em 16 de Agosto de 1998 realizou-se o I festival folclórico em Friestas, no mesmo mês participou no festival folclórico na Coruña (Espanha). No ano seguinte participou no XVII aniversário da Liga dos Amigos Valencianos em Lisboa.

            No âmbito de diversas actuações, com o objectivo de divulgar a etnografia do Alto Minho, em Agosto de 2003 participou no intercâmbio com o grupo de danças e cantares da Casa do Povo de Água de Pena em Machico no Arquipelago da Madeira e em Julho de 2006 percorrendo cerca de 1600 Km este grupo deslocou-se até Macon em França.

            Actualmente o grupo é composto por 58 elementos com idades entre os 4 e 69 anos. Finalizando, este diversificado agrupamento de jovens e menos jovens comemora em Agosto de 2007 o seu décimo aniversário.

|notícias|

|Lançamento de CD - Maio de 2007|

Participação nos domingos gastronómicos - Valença 11 de Março de 2007

 

|Links úteis|  

DGEMN - Portal da Quinta do Castro (PT011608060009)

Região de Turismo do Alto Minho

Câmara Municipal de Valença

Freguesia de Friestas