Antenas

 
Por definição a antena é um transdutor usado para transmitir ou receber ondas eletromagnéticas.
Qualquer condutor pode servir como antena, mas selecionar ou construir umas antena eficiente, requer um pouco de conhecimento.
Existem várias antenas, desde a mais simples as mais sofisticadas, aqui neste site vou abordar apenas as mais usadas na faixa dos 11 metros.
 
 
 
Antenas mais usadas na faixa do cidadão
 
 
 
 Plano Terra - É o exemplo clássico de antena tipo omnidirecional, isto é, irradia igualmente o sinal no plano horizontal. É uma excelente antena para falar local e médias distâncias.




Antena L - É uma antena com característica "semi-direcional". Fácil e barata de fazer. O esquema  segue abaixo, clique na figura para ampliar. O ajuste da estacionária na antena L é feito subindo ou descendo a vareta vertical (+), isto é modificando a distância entre as duas varetas.

 
 
 
 
5/8 de onda - É considerada uma das melhores e mais eficientes antenas para comunicação local, com o custo um pouco mais elevado em relação a plano terra, a 5/8 de onda vale a pena o investimento.


 
  Direcional ou Yagi - Se a sua praia for DX, essa é a sua antena. Elas podem ter 2, 3 (como a foto), 4, 5, 7 ou mais elementos. Quanto mais elementos maior é o ganho (concentração do sinal na direção da transmissão ou recepção).


 
 
 
Dipolo - Uma das antenas mais simples e baratas. É uma antena que tem sido usada desde os primordios da rádiocomunicação. Sua simplicidade e eficiência faz com que muitos macanudos a usem, principalmente quando ainda está começando no Hobby. Clique na figura abaixo para detalhes de construção de uma dipolo. A estacionária na antena dipolo depende do seu tamanho e da sua distância em relação ao solo. Clique na figura para ampliar.
 
 
 
 
 
Pagina em construção
 
 
 
 
Ganho da antena
 
 
Quando dizemos que a antena tem 5dB ou 10dB de ganho, isso se traduz pela eficiência e concentração com que essa antena emite ou recebe o sinal.
As antenas do tipo direcional (Yagi) e quadra cubicas, apresentam um ganho maior em uma direção específica; Já uma antena 5/8 de onda ou plano terra distribuem esse ganho em todas as direções.
O ganho ou quantidade de dB (decibéis) que a antena possui é fundamental para a eficiência da estação. Veja tabela a baixo.
 
1 dB 

 1.25 X a potência do rádio

 2dB 1.6 X a potência do rádio 
 3dB

 2.0 X a potência do rádio

 10dB  10 X a potência do rádio
 
Portanto uam antena de 10dB multiplicaria por 10 a potência do rádio. Se a potência máxima permitida para AM é de 7 watts, com uma antena de 10 dB (7X10=70 Watts). Se você estiver usando uma antena de 1dB de ganho precisaria de uma linear (bota) de 56Watts para ter o mesmo benefício.
É claro que é muito mais vantagem investir em uma boa antena ao invés de instalar amplificadores lineares que além de ilegais, custam caro, prejudicam a saúde e aumentam muito as chances de TVI (interferência).



Acoplador de antena

 

O acoplador não ajusta a estacionária da antena, ele apenas ajusta a estacionária do ponto em que ele está instalado até o radio. Do acoplador até a antena a estacionária continua a mesma, incluindo as perdas de potência no cabo coaxial ou linha de transmissão. O acoplador não é nada menos do que um transformador de impedância entre o radio e a antenna, ele “engana” o radio apresentando uma impedância que não danifique os components internos do radio, o acoplador não resolve TVI. Ver diagrama abaixo:












Comments