PROJETO ELABORADO POR EVANDRO MACHADO

PROJETO ELABORADO POR EVANDRO MACHADO, COORD. PEDAGÓGICO DA EMEF PREFEITO JOSÉ ROBERTO PRETO DE PERUÍBE-SP

 

Introdução:

Este projeto considera o início da relação de parceria com uma rádio comunitária local  no período de Setembro à Dezembro de 2009. Portanto, os objetivos são “modestos” e as ações ainda não poderão chegar ao desenvolvimento do uso cidadão desta mídia. Neste sentido, posteriormente outras ações deverão ser propostas.

Como tínhamos a tarefa de desenvolver um projeto com a utilização do rádio, pensei em aliar a esta uma situação possível na escola e posteriormente, amadurecê-lo com os demais envolvidos. Serão necessários ajustes e adequações frente ao que nos propor os administradores da rádio e da parceira representante de nossa APM, a qual será a apresentadora do programa.

 

Tema da proposta e justificativa do projeto:

Com o processo de instalação de uma rádio comunitária local, recebemos o convite de uma representante da Associação de Pais e Mestres para realizarmos um programa semanal, cujo primeiro objetivo é a integração de nossa comunidade com a escola.

Quando recebemos tal proposta, apontamos também a necessidade de envolvermos os alunos na produção e divulgação de conhecimentos, pois tal veículo requer o desenvolvimento de diversas capacidades de produção de textos, sejam estes orais ou escritos. Desta forma, conseguiremos ampliar o leque de destinatários reais das produções de nossos alunos, garantindo a função comunicativa do uso da linguagem como proposto pela linguística da enunciação.

Outro viés importante é a formação cidadã de nossa comunidade, pois ao ser aberto mais este canal de comunicação, temos a chance de discutir e valorizar a utilização do rádio como instrumento a serviço da comunidade e, portanto, também da escola.

Como já apontado acima, este rol de ações foi pensado como o início da construção de uma parceria, considerando-se apenas os últimos meses de 2009. Depois deste período, serão necessária outras ações, as quais deverão ser construídas pela comunidade escolar.

Uma vez que atendemos a alunos de uma extensa faixa territorial, num raio de 15Km, e que a amplitude do sinal é de apenas 1000m (rádio comunitária), acreditamos ser importante a veiculação do programa em dois horários, garantindo-se que na escola possamos ouvi-lo.

 

Público a ser envolvido:

Alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental atendidos em período integral (propor seu desenvolvimento com a oficina “Ética”), demais professores, gestores, funcionários e toda a comunidade escolar, incluindo os colegiados (APM e Conselho de Escola).

Mídias a serem utilizadas:

·                Equipamentos de radiodifusão da rádio comunitária local (em implantação);

·                Gravadores de som em mídias digitais como celulares, computadores com microfone e software de edição sonora (como por exemplo o Sony Soundforge e Sonar 3), sendo que as gravações deverão ser editadas pela escola;

·                Computador com leitor de DVD, projetor e caixas acústicas;

·                Rádio e amplificadores para escuta no pátio da escola.

 

Objetivos:

·                Desenvolver as habilidades comunicativas dos alunos;

·                Divulgar as produções e ações realizadas pela escola;

·                Criar mais um espaço para diálogo de toda comunidade escolar e valorizar seus atores;

·                Reconhecer e utilizar o rádio como veículo de cultura;

·                Produzir textos orais e escritos adequados aos gêneros e finalidades próprios de cada intenção comunicativa.

 

Metodologia:

O trabalho necessita o desenvolvimento de diversas capacidades de produção orais: planejamento, adequação aos destinatários, utilização de recursos de estilo e marcas próprias da linguagem radiofônica, entre outras.

Assim, pensamos que os trabalhos em grupo, as pesquisas, as análises (leitura e escuta) de textos pertinentes à proposta (inclusive de alguns programas), as revisões de textos em grupos e mesmo as produção destes, são as abordagens mais indicadas.

 

Atores e papéis que deverão desempenhar:

·                Professor responsável pela oficina “Ética” em conjunto com a apresentadora representante da APM: desenvolvimento com os alunos do material a ser veiculado;

·                Inspetores de aluno: apoio na gravação das produções;

·                Agente de organização escolar (secretário): produção e organização das autorizações de uso de voz, edição e gravação em CDs dos trechos produzidos pelos alunos;

·                Demais professores: intervenções junto aos alunos na coleta e organização das informações e produções textuais;

·                Direção, coordenação pedagógica e vice-direção: organização das ações, apoio e disponibilização dos materiais e recursos necessários à produção .

Ações permanentes:

·                veiculação de informes da escola;

·                divulgação dos resultados da escola (IDEB, Prova Brasil, outros indicadores internos);

·                notícias dos projetos e ações  desenvolvidas pela escola;

·                dicas de leituras e filmes;

·                informes e vinhetas sobre a cultura caiçara e manifestações culturais locais.

Estas serão produzidas pelos professores e demais colaboradores. Contudo, buscar o envolvimento dos alunos, sobretudo pela inserção durante a  veiculação, de comentários e leituras realizadas por estes.

 

Etapas:

SETEMBRO:

1- Definição de uma pauta de referência com a apresentadora do programa e demais membros da rádio, propondo a criação de colunas como “hora da história”, “acontece na escola”, “dicas de leitura: eu recomendo...”, “concursos de produção de textos” e  “entrevistas”.

2- Apresentação do projeto aos alunos, pais e membros da comunidade escolar a ser realizada pela coordenação e direção da escola;

3- Escuta de diferentes programas de rádio: levantamento de algumas das características desta linguagem. Neste momento focar a importância e representatividade das vinhetas musicais;

4- Discussão de vídeos sobre o tema rádio escola disponíveis em http://www.youtube.com. Se não houver conexão à internet, utilizar o DVD nº 26 da série TV Escola, também disponível em http://www.dominiopublico.gov.br;

5- Produção de vinheta musical por diferentes grupos: produção e suporte escrito, levantamento de recursos sonoros possíveis (trechos de canções, palmas, som de objetos e etc.) ensaios, gravação e posterior escuta para votação em assembléia para eleição da vinheta do programa;

6- Leitura e discussão com o grupo de trecho do material Módulo Básico da Mídia Rádio: capítulo “Categorias de rádio”, pág. 61;

7- Escuta de algumas emissoras e classificação. Levantamento das emissoras conhecidas;

OUTUBRO:

8- Leitura de textos de ficção para que componham o momento “hora da história”;

9- Seleção pelo grupo dos leitores e das histórias selecionadas: levantar questões como quem serão nossos ouvintes, que recursos ajudam na hora da leitura, como a entonação, pausas...

10- Decisão com o coletivo de professores de possíveis premiações aos vencedores, formato e rotinas da comissão julgadora (os materiais utilizados na Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa poderão nos subsidiar). Se possível, convidar professores, gestores, ex-alunos e funcionários que já atuaram na unidade.

11- Apresentação às turmas do concurso de produções de texto por faixa etária:

·                1º ao 3º ano do E.F.: em grupos de três alunos a produção de um conto de fadas;

·                4º e 5º anos do E.F.: em grupos a produção de uma lenda;

·                6º e 7º anos do E.F.: em grupos a produção de um conto de mistério;

·                8º e 9º anos do E.F.: em grupos a produção de um texto informativo sobre o rádio;

12- Leitura dos alunos de “bons” textos destes gêneros que farão parte do concurso, gravação e veiculação junto com informações acerca dos marcadores e características destes gêneros. Por conta do tempo o professor da oficina de Ética levará estas informações;

13- Discussão com as turmas quanto aos aspectos característicos de cada gênero do concurso;

14- Organização dos grupos e pesquisa na biblioteca de textos pertinentes;

15- Pesquisa e coleta de informações, produção em grupos, revisões  dos textos com apoio dos professores;

16- Exposição de todos os textos em painéis;

17- Escuta de rádios com entrevistas. Se possível gravar aquelas que possam ser do interesse dos alunos. Levantar características deste gênero, pois nas próximas etapas serão organizadas entrevistas com diferentes personalidades: sugere-se, dentre outras que os grupos achar adequadas, ex-alunos, políticos da região, moradores antigos do bairro, professores, funcionários e alunos.

NOVEMBRO:

18- Reunião da equipe sugerida para a avaliação dos textos e seleção dos vencedores;

19- Leitura, gravação e produção de comentários sobre as produções selecionadas;

20- Divisão dos grupos para seleção dos entrevistados e temas abordados;

21- Planejamento das entrevistas e seleção de questões importantes;

22- Organização dos grupos para a entrevista;

23- Realização da entrevista e gravação;

 

DEZEMBRO:

24- Fechamento do projeto neste ano com mensagens, depoimento e canções produzidas nos grupos;

 

Resultados esperados:

·                Envolvimento de todas as classes na divulgação de textos produzidos na escola;

·                Sensibilização da comunidade escolar no sentido de perceberem a escola também como produtora de cultura;

·                Conhecer e realizar uma aproximação com esta mídia para posterior ampliação das ações.

 

Período de realização:

De Setembro à  primeira semana de Dezembro de 2009.

 

Critérios e formas de avaliação:

·                envolvimento dos alunos, das famílias e de todos os envolvidos;

·                ampliação das capacidades de comunicação dos alunos.

Sobretudo nas reuniões de trabalho coletivo (HTPC), discutir e avaliar o envolvimento da comunidade escolar com o projeto, envolvendo nesta análise o Conselho de Escola e a APM. É importante garantir momentos para discussão dos rumos deste projeto durante sua execução e, durante a avaliação institucional ao final do ano, decidir sobre a sua continuidade e ampliação das ações.
 
                        Evandro Machado (T-21/Ativ4/Módulo Rádio/Ciclo Básico)
Comments