As viagens marítimas nas histórias em quadrinhos

Nilton Serra (T-34/E2A2/Módulo Impresso/Ciclo Básico)


As viagens marítimas nas Histórias em Quadrinhos

Nilton M. Serra

 

• Tema da proposta:

            As Grandes Navegações do séc. XIV, XV e XVI em História em Quadrinhos.


• Público a ser envolvido:

            Trabalhar com as 6ª séries/7º anos.

Pode-se desenvolver a atividade nas áreas de História, Artes, Geografia e Língua Portuguesa.


• Mídias a serem utilizadas

Livros Didáticos, Gibis, Internet, Softwares de processadores de texto como o Word, Google Earth e Atlas geográfico.


• Objetivos (descrever o foco de aprendizagem que pretende propiciar aos alunos),

- Trabalhar desenvolvendo o sentido de cooperação entre o grupo da sala;

- Melhorar o rendimento, através da interação, dos alunos que estão com dificuldades;

Fazer com que os alunos se aproximem da história do período estudado, produzindo um discurso claro, objetivo e criativo, atentando ao modo de falar (uso da linguagem e domínio da Língua Portuguesa), à geografia mundial, à localização dos continentes, às roupas do momento histórico estudado, aos costumes e à cultura de europeus e índios, além dos meios de transporte utilizados, fazendo com que, cada aluno, componente de um grupo, seja responsável por uma ou várias tarefas do trabalho, estimulando e desenvolvendo, assim, habilidades e competências em várias áreas cognitivas.


• Justificar o porquê destes objetivos e como a utilização das tecnologias escolhidas pode reforçá-los.

A sala de aula é um espaço de tensões e que gera desigualdades. Neste sentido, o professor, como mediador, pode aliviar as tensões ou até extingui-las para que a sala trabalhe indiretamente valores éticos e de solidariedade. Uma dessas formas é o trabalho em grupo, com a formação de equipes heterogêneas, conscientizando os alunos sobre a importância da ajuda mutua para a realização do trabalho.

A internet e os meios impressos (no caso os gibis) são tecnologias que poderão ajudar na integração/interação entre os componentes do grupo no que diz respeito ao desenvolvimento da atividade em sala de aula, pois, através deles, o aluno terá uma ferramenta que o auxiliará na compreensão do mundo em que vive, onde poderá observar a importância da questão do diferente, das distâncias, do consumo, do predatismo capitalista etc.

Além disso, está mais que comprovado por teóricos acadêmicos e na prática pedagógica cotidiana que as História em Quadrinhos (ou HQs), são instrumentos de transmissão de conhecimento.

De acordo com o pedagogo Azis Abrahão (s/d apud MOYA, 1977, p. 147), junto à educação convencional, há também um aprendizado indireto. Neste entender, a História em Quadrinhos acaba sendo um veículo de aprendizagem capaz de atingir uma finalidade instrutiva (direta e central) e junto com diversos assuntos e noções, produzindo, inclusive, o interesse pela leitura.

Para o professor Roberto Elísio Santos (2003), o potencial didático-pedagógico dos Quadrinhos envolve: Incentivo à leitura; Utilização de livros didáticos; Aprendizado de línguas estrangeiras; Discussão de temas; Dramatização; Educação popular etc.


• Metodologia:

1 - Dividir a sala em grupos heterogêneos, de acordo com o rendimento, indo do aluno que tem mais facilidade para o que tem menos facilidade na apreensão dos conhecimentos (em uma sala de 30 alunos, dividi-se em seis grupos de cinco integrantes).

2 - Fazer uma votação interna em cada grupo, onde eles próprios escolherão o representante do grupo, aquele que mediará o contato entre o professor e os integrantes, além de incentivá-los e liderá-los no trabalho.

3 - Levar Gibis (de Turma da Mônica à mangás), para os alunos se afeiçoarem à proposta.

4 – PESQUISA: As pesquisas para a criação do trabalho serão breves, sendo que a primeira consistirá nos atores principais da navegação (Pedro Álvares Cabral, Cristóvão Colombo, Vasco da Gama e Bartolomeu Dias), além dos países protagonistas das Grandes Navegações no fim da Idade Média (Portugal e Espanha), e também do mundo que irá se descortinar para os europeus (América, África e Ásia). Para esta fase, usaremos textos e mapas (impressos e, se possível, o software Google Earth). Na segunda fase da pesquisa, os alunos procurarão sobre os meios de transportes marítimos: Caravelas, Naus etc. Na terceira, os objetos que utilizavam nos navios: ampulheta, sextante, bússola, astrolábio, cartas de navegação, etc. E, por fim, a quarta parte da pesquisa consistirá na análise do choque de culturas entre os europeus e os outros povos do mundo que entraram em contato no período. As pesquisas deverão ser feitas na escola: em livros e na internet. Serão utilizados textos, livro didático, internet e o atlas geográfico.

5 - Num segundo momento, deverá ser estimulada pelo professor a apresentação dentro do grupo do material que foi encontrado na pesquisa para que seus componentes troquem informações. Será feito, dentro de cada grupo, a eleição da história do navegador que pretenderão trabalhar. A seguir, começa o debate de ideias para o trabalho, e, por fim, o trabalho em si.

6 - Os grupos serão livres na forma como apresentarão o resultado do trabalho (Se em cartolina, gibi, livro etc.).


• Atores e papéis que deverão desempenhar:

No grupo, embora haja apenas um representante escolhido por eles, todos deverão contribuir com pesquisa nos livros e internet, ideias, construção da história, desenho e pintura da HQ (se for o caso), além de outras atividades que o grupo se programar a fazer.

 

• Etapas/ações/dinâmicas a serem realizadas, detalhando o uso das mídias nas atividades propostas,

1ª Etapa: Divisão dos grupos e apresentação do roteiro que deverá ser pesquisado / com ação direta do professor.

2ª Etapa: Reunião dos grupos para a divisão de tarefas a serem pesquisadas; manuseio e observação de História em Quadrinhos / liberdade nos grupos.

3ª Etapa: Pesquisa (livros e internet) / com ação indireta do professor (orientação).

4ª Etapa: Troca de informações sobre o material pesquisado dentro do grupo com a criação de um relatório para ser entregue pelo grupo ao professor, com a seleção do navegador que irão trabalhar / com ação indireta do professor (orientação).

5ª Etapa: Debate sobre o trabalho e sua montagem / com ação indireta do professor (orientação)

                        - Criação do roteiro baseado no material pesquisado: falas, história etc.

                        - Criação de um projeto (rascunho), daquilo que o grupo pretende (orientá-los para a importância de projetar antes de se começar a fazer).

6ª Etapa: Início do trabalho no material pretendido pelo grupo (cartolina, sulfite etc.) / com orientação para escrever, se possível, os diálogos e textos da HQ no computador / ação indireta do professor (orientação).

7ª Etapa: apresentação final do trabalho / Com resultados da avaliação feita pelo professor.

 

• Resultados esperados:

            Desenvolvimento das Competências Leitora (Pesquisa) e Escritora (Criação dos diálogos) dos componentes do grupo, para a criação da História em Quadrinhos.

Apreensão de um dos períodos mais importantes da história mundial em que vai se consolidar o Capitalismo e o Contato entre diversos povos, tido, para muitos, como o início da Globalização.

Além disso, maior entrosamento entre os alunos da sala, rompimento de preconceitos e rotulações entre eles, criando o espírito de cooperação.

 

• Período de realização / Sujeito a mudanças no decorrer das aulas, de acordo com o rendimento das turmas.
1ª Etapa: aula 01;

2ª Etapa: aula 02;

3ª Etapa: aulas 03, 04 e 05;

4ª Etapa: aulas 06 e 07;

5ª Etapa: aulas 08 e 09;
6ª Etapa: aulas 10, 11, 12, 13 e 14.

7ª Etapa: aula 15.

            Total de 15, ou seja, se houver só três aulas por semana, a atividade se dará em aproximadamente um mês e meio. Se outras disciplinas integrarem o projeto, o período diminui, mas a quantidade de aulas pretendidas continua a mesma.

 

• Critérios de avaliação,
       Avaliação contínua:

- Pesquisas;

            - Cooperação / Interação em grupo;

            - Participação na atividade;

            - Resultado da atividade (Ideia, Criatividade, Produção de Texto, Estética)

            - Produção de um relatório final individual;

 

• Forma de socialização das produções

            Cada grupo irá falar como se deu a pesquisa, o que aprendeu, como montou o trabalho e se o que se pretendia, se realizou.

            Os trabalhos circularão pela sala ou serão fixados de forma que todos vejam a produção.

 

• Bibliografia

MOYA, A. Shazam! São Paulo: Perspectiva, 1977.

SANTOS, R. E. A História em Quadrinhos em sala de aula. Trabalho apresentado no Núcleo de Comunicação Educativa, XXVI Congresso Anual em Ciência da Comunicação, Belo Horizonte, 02 a 06 de setembro de 2003.






Comments