A escola que eu vejo

Ana Paula Janoni (T-40/52_Módulo Gestão/Ciclo Básico)

Tema da proposta:

A escola que eu vejo” – Trabalhando com fotografia na Educação Infantil

 

Autoria:

  • Educadora Ana Paula Janoni Aleixo Silva.

 

Público a ser envolvido:

  • Educação Infantil – (4 e 5 anos), educadoras das respectivas salas, coordenador pedagógico, diretora, estagiária de Pedagogia e toda comunidade escolar (EMEIEF “Profª Anna Bonagura de Andrade”, Batatais, SP).

 

Mídias a serem utilizadas:

  • Câmera fotográfica digital, computador, material impresso, DVD (mídia e tocador), TV, Data Show.

 

Objetivos:

  • Desenvolvimento da imagem do meio escolar através da ludicidade, utilizando a imagem fotográfica produzida pelas próprias crianças;
  • Interessar-se e demonstrar curiosidade pelo mundo social e natural, formulando perguntas, imaginando soluções para compreendê-lo, manifestando opiniões próprias sobre acontecimentos, buscando informações e confrontando idéias (RCNEI, 1998, vol 3, p175);
  • Promover autonomia e identidade através das próprias produções inseridas no coletivo;
  • Desenvolver a noção de pesquisa junto às crianças, demonstrando a importância da mesma na construção do conhecimento;
  • Estabelecer algumas relações entre o meio ambiente e as formas de vida que ali se estabelecem (RCNEI, 1998, vol 3, p175);
  • Valorização de atitudes de manutenção e preservação dos espaços coletivos e do meio ambiente (RCNEI, 1998, vol 3, p184);
  • Utilização das mídias (Câmera fotográfica digital, computador, material impresso e DVD - mídia e tocador – TV e Data Show) como aliadas no processo educacional.

 

Justificativa:

 [...] o homem lhe perguntou: "O que é uma história?" O espelho lhe respondeu: "São pequenos nós, maneiras de ser atadas e reatadas, modos de ser reunidos, como você e eu, estamos, neste momento." Acrescentou: "Minha história não é apenas a sua, a de seu pai e de sua mãe, a história do

feto que você foi e – antes disso – a história do nascimento da animalidade e a história da emergência da vida; [...] Todas essas histórias são escritas em mim e em você, mesmo que elas não sejam, dentro de nós, imediatamente legíveis." O espelho, então, estremeceu e, em seguida, esfacelou-se no chão. Perante o homem, havia apenas uma fotografia. (Samain, 1998, p. 11).

Nas interações que estabelecem desde cedo com as pessoas que lhe são próximas, com o meio e a cultura, as crianças revelam seu esforço para compreender o mundo em que vivem, as relações contraditórias que presenciam e, por meio, principalmente de uma ação lúdica explicitam suas condições de vida e seus anseios e desejos. Na vida real não há simplificações: "é tudo ao mesmo tempo agora”. (Programa Interação KidSmart e os RCNEIs).

Neste contexto a fotografia se mostra como uma ferramenta importante na compreensão pela criança do mundo em que vive, de forma lúdica e prazerosa. 

Assim, o presente projeto busca a integração de uma importante ferramenta para a educação: a fotografia com as demais mídias (supra mencionadas, a construção de imagens sobre o ambiente escolar e, sobretudo, autonomia na produção das atividades.

 

Metodologia:

  • Em roda de conversas, mostrar várias fotografias de lugares (sobretudo, ambientes escolares) e fazer perguntas às crianças sobre o que é aquele material (imagem fotográfica0, o que vêem, a importância de um ambiente escolar saudável, preservação do mesmo, entre muitas outras relacionadas com o tema;
  • Apresentar algumas respostas, às questões anteriores, por meio de discussão oral e de imagens, sobretudo, no que se refere, à fotografia (produção, utilidade, etc.);
  • Posteriormente, apresentar o projeto, explicando que cada criança produzirá, no mínimo, 2 fotografias do ambiente escolar, de lugares que gostam (bonitos, se sentem bem) e lugares que não gostam (que poderiam ser diferentes para serem melhores), utilizando elas próprias a câmera fotográfica digital, demonstrando com isso a importância de se observar o ambiente no qual vivemos e produzirmos material para tal.

 

Atores e papéis que deverão desempenhar:

  • Educadoras: apresentadoras e mediadoras do projeto;
  • Alunos: produtores do material a ser exposto;
  • Estagiária de Pedagogia: auxiliar no manuseio da câmera digital fotográfica e na produção das fotografias pelas crianças;
  • Coordenador pedagógico e Diretora: disponibilização de material midiático e outros para o desenvolvimento do projeto;
  • Comunidade escolar: apreciação da material fotográfico produzido pelas crianças.

 

Proposta das etapas/ações/dinâmicas a serem realizadas, detalhando o uso das mídias nas atividades propostas:

1ª Etapa:

  • Assinatura pelos pais e/ou responsáveis de termo de consentimento para utilização de imagens das crianças no presente projeto;
  • Roda de conversas para: investigação de conhecimentos prévios e problematização dos assuntos (conforme descrito na metodologia), utilizando para tal fotografias pré-selecionadas de vários ambientes escolares.

 

2ª Etapa:

  • Explicações sobre a manipulação da câmera digital fotográfica e formulação de combinados para a execução da atividade;
  • Trabalho de campo: produzindo as fotos.

 

3ª Etapa:

  • Descarregando as fotos no computador e selecionando as mesmas (Laboratório de Informática);
  • Gravando as fotografias, em mídias DVD, sob a forma de slides;
  • Impressão das fotografias selecionadas para composição do painel para exposição;
  • Produção do painel com as fotografiass produzidas sobre os ambientes escolares
  • Apresentação prévia para as educadoras, crianças, coordenador pedagógico e diretora do DVD produzido, utilizando a TV e o tocador de DVD;
  • Apresentação do painel com as fotografias (demonstrado pelas crianças com mediação das educadoras) e exibição do DVD no Data Show para toda comunidade escolar.
  • Entrega dos DVDs com o material fotográfico produzido pelas crianças, aos pais.

 

4ª Etapa:

  • Auto-avaliação do projeto (crianças e educadoras);
  • Auto-avaliação e reflexões sobre o projeto em reunião de HTPC (educadoras, coordenador pedagógico e diretora);
  • Registro escrito detalhado dos resultados atingidos com o desenvolvimento do presente projeto (educadoras).

 

Resultados esperados:

  • Propiciar práticas na formação dos alunos de modo que estes se vejam e se sintam seres históricos;
  • Possibilitar à criança “a capacidade de se conduzir e tomar decisões por si próprio, levando em conta regras, valores, sua perspectiva pessoal, bem como a perspectiva do outro” (RCNEI, 1998, v. 2, p.14);
  • Identificar, segundo a opinião das crianças observadas no material fotográfico, os espaços do ambiente escolar nos quais elas mais se sentem bem e aqueles que precisam ser melhorados, inclusive com propostas/sugestões de mudanças por elas mesmas.

 

Período de realização:

  • 1 mês (2ª quinzena de novembro e 1ª quinzena de dezembro de 2009).

 

Critérios de avaliação:

  • Auto-avaliação sobre o material produzido (fotografia, vídeo, etc.) por meio de roda de conversas, com perguntas mediadas pela educadora;
  • Observação da explicação dada pelas próprias crianças (com mediação da educadora) do painel com as fotos produzidas, à comunidade escolar no dia da Reunião de Pais;
  • Enquete no Blog da escola (http://educaeaba.blogspot.com) sobre o projeto.

 

Forma de socialização das produções:

  • Produção de painel com as fotografias impressas produzidas pelas crianças e lançamento do DVD com este material, reproduzido em Data Show, em reunião de país e professores.

 

Referências do material pesquisado:

 

  • Brasil. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil / Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998. Vol. 2 e 3: Formação pessoal e social e Conhecimento de Mundo.

 

  • DUBOIS, Philippe. O Ato Fotográfico e outros ensaios. 10.ed. Campinas-SP: Papirus, 2007.

 

 

  • SAMAIN, Etienne (org.). O fotográfico. São Paulo, Hucitec, 1998.

 

 

Batatais, 21 de novembro de 2009.


Comments