Modelagem de Sistema da Informação

Modelagem de Sistemas de Informação - Unip

A Modelagem de Sistemas de Informação é uma disciplina do curso de Sistemas de Informação e a meu ver representa um peso significativo no total do curso. Em  Modelagem de Sistemas de Informação estudamos as técnicas, metodologias e conceitos usados para projetar sistemas de informação.


No meu cursos de Sistemas de Informação na UNIP, eu tinha grande interesse nesta disciplina, porém, achei que ela foi tratada de forma superficial. Os conceitos de OO – Orientação a Objeto foram visto de forma muito básica, infelizmente!

Para aqueles que irão ainda cursar  a disciplina de Modelagem de Sistemas de Informação, segue algumas informações sobre o conteúdo desta matéria.

UML
UML é usado para modelagem e padronização de Sistemas de Informação. A grande vantagem do uso da UML é a sua abrangência e clareza, tornando possível modelar sistemas de qualquer porte ou complexidade sem precisar recorrer a outras metodologias.

As notações da linguagem UML são: Visões,  modelos de elementos, diagrama de caso de uso, diagrama de classe, diagrama de seqüência, diagrama de estado, entre outros.

Análise e orientação a objeto
A  Análise e orientação a objeto é no meu entendimento a coisa certa a fazer em Modelagem de Sistemas de Informação. O conceito OO como é conhecido, utiliza conceitos que as pessoas conhecem e isto pode inclusive ajudar no aprendizado.

Os conceitos de OO são: atributos, classes, objetos, herança, associações, agregação, composição, encapsulamento, métodos, polimorfismo e interface. Muitas coisa? Um pouco, mas como já disse, eu a considero ideal para modelarmos sistemas.

Análise Essencial e  Análise Estruturada
Para muitos elas estão ultrapassadas, não foi o que a Unip – Universidade Paulista entendeu e inseriu no curso de sistemas de informação. Outras universidade ainda usam também. Mas por que estaria ultrapassadas?

A análise orientada a objeto de certa forma substitui a Análise Essencial e Estruturada, por isto usei o termo ultrapassadas, mas o conceito funciona como sempre funcionou. O principal elemento desta análise é o Diagrama de Fluxo de Dados (DFD).

Conceitos de Banco de Dados
Conceitos de dados e informação, evolução no armazenamento dos dados, bancos de dados distribuidos, sistema gerenciador de banco de dados (SGBD), etc. Estes foram os aspectos relacionados a banco de dados analisados na disciplina Modelagem de Sistemas de Informação na UNIP.

Como este assunto é um pouco complexo, achei que os professores da Unip deveriam ter aprofundado um pouco mais no assunto, mas de qualquer forma valeu.

Ferramentas Case
Ferramentas Case são usadas para modelar ou criar os modelos sejam eles quais forem, isto é, trata-se de softwares específicos para a criação de diagramas, debuggers, entre outros.

O meu professor da Unip deu uma lista de ferramentas CASE que estão classificadas assim:

Modelagem de processos de negócios:

Aris Toolset
Mega Suite
Provision

Modelagem de análise e desenho do sistema:

Rose
Paradigm plus
GdPro
System Architect
Powerdesigner

Programação de aplicativos

Visual Basic
Delphi
Powerbuilder

Modelagam de banco de dados

System Architect
Erwin
Powerbuilder

Teste

Suite TestStudio
TestWorks

Gestão de projetos

Project da Microsoft
Juggler

Outros assuntos que são abordados na disciplinas de Modelagem de Sistemas de Informação são: Arquitetura dos sistemas de informação, tamanho do Software, qualidade no desenvolvimento de sistemas, entre outros.

Fica aí esta dica para quem pretende cursar Modelagem de Sistemas de Informação. Outras disciplinas estão sendo analisadas no post sobre Sistemas de informação.

Comments