Página inicial

Olá, esta é minha página pessoal. Veja na barra lateral conteúdo para alunos e colaboradores.
 
Dúvidas, CLIQUE AQUI ou email para mailto:harmach@uol.com.br

DICAS:

Alunos de TCC - Pós-Graduação: link http://www.lhmachado.com/manual-de-orientacao-para-posa-graduacao

Artigos orientados (como exemplo de produção acadêmica) link http:www.lhmachado.com/artigos-orientados

Método é um vocabulário de origem grega e resulta da soma das palavras meta(resultado que se deseja atingir) e hodós (caminho). É, portanto, o caminho para chegar aos resultados pretendidos.


Curva de Laffer





 

Canal Livre debate a crise econômica na Europa -- parte 1

 

Canal Livre debate a crise econômica na Europa -- parte 2

 

Canal Livre debate a crise econômica na Europa -- parte 3

 

Canal Livre debate a crise econômica na Europa -- parte 4

 

Canal Livre debate a crise econômica na Europa -- parte 5

 Os vídeos sobre o debate da crise econômica na Europa são de propriedade da REDE BANDEIRANTES S/A disponíveis no YOUTUBE. Maiores informações em http://www.band.com.br/


IBGE: Divulgado o resultado do Censo 2010

 

Fluxo Circular da Renda - Prof. Faganelo from Mauricio Faganelo on Vimeo. Acesse o Blog do Prof. Faganelo (www.mauriciofaganelo.com.br)


Prof. Luiz Henrique M. Machado
 
Blog do Prof. Luiz Henrique

Notícias de Economia & Finanças

  • [O GLOBO] Por dentro do PIB Entenda como se mede o desempenho da economia brasileiraPOR CLARICE SPITZ29/05/2015 8:00 ATUALIZADO 29/05/2015 9:15Link: http://oglobo.globo.com/economia/por ...
    Postado em 29 de mai de 2015 19:42 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
  • [Locatelli] Frações Financeiras 55 – Você sabia que a Instrução 409 vai acabar? Posted on 04/06/2014 by cesarlocatellihttp://www.f2br.com/cesarlocatelli/?p=948A Instrução 409 da CVM é a principal regulamentação dos fundos de investimento no Brasil. O ...
    Postado em 9 de set de 2014 21:27 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
  • [Carta Maior] A forma como se ensina economia nas universidades é anacrônica e está “presa numa cápsula do tempo”. O protesto nas universidades por um no ensino da economiaA forma como se ensina economia nas universidades é anacrônica e está “presa numa cápsula do tempo”.Por Helena Oliveira ...
    Postado em 3 de dez de 2013 19:19 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
  • Innovation Scorecard (ISC) Avaliação do desempenho do processo de inovação de uma empresaPublicado em 09/20/2013 por Irani Cavagnoli em (http://gestaoeinovacao.com/)Inspirados no modelo BSC ( balanced scorecard)  a equipe ...
    Postado em 27 de out de 2013 15:47 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
  • [Locatelli] Você sabe investir em Títulos Públicos via Tesouro Direto? Link: http://www.f2br.com/cesarlocatelli/?p=273Posted on 14/06/2012 by cesarlocatelli  O Tesouro Nacional emite, para financiar sua dívida, títulos prefixados, como a LTN – Letra do ...
    Postado em 1 de jul de 2013 14:05 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
  • [Locatelli] Como as empresas captam recursos http://www.f2br.com/cesarlocatelli/?p=586Como as empresas captam recursos: 10 exemplos Posted on 14/03/2013 by cesarlocatelli A Revista Captações de Recursos – Coletânea de Casos é ...
    Postado em 1 de jul de 2013 14:01 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
  • [Blog] Inovação inversa: quando o mundo emergente cria o melhor Inovação inversa: quando o mundo emergente cria o melhor  link: http://faircompanies.com/news/view/inovacao-inversa-quando-o-mundo-emergente-cria-o-melhor/ É possível que as inovações mais ...
    Postado em 14 de jun de 2013 11:39 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
  • Inovação Reversa - Coletânea de Artigos Epoca Negócios: http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,ERT108949-16366,00.htmlInteligência / Inovação A inovação reversa A maioria das pesquisas de empresas globais acontece na matriz, mas para ...
    Postado em 11 de mar de 2013 11:02 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
  • [Amcham] Infraestrutura deficitária e burocracia do sistema tributário desafiam agronegócio brasileiro Pesquisa Amcham: Infraestrutura deficitária e burocracia do sistema tributário desafiam agronegócio brasileiro Representantes do agronegócio debateram na Amcham os desafios do setor A infraestrutura logística defasada, o sistema tributário burocrático ...
    Postado em 18 de set de 2012 11:26 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
  • [Ricardo Amorim] Socorro! Estamos exportando consumidores (07/2012) Socorro! Estamos exportando consumidores (07/2012)     link: http://www.istoe.com.br/colunas-e-blogs/colunista/35_RICARDO+AMORIM.Revista IstoÉ 07/2012 Por Ricardo Amorim     Na semana passada fui ...
    Postado em 13 de ago de 2012 16:10 por Luiz Henrique Mourão Machado Machado
Exibindo postagens 1 - 10 de 103. Exibir mais »


 

Valor Econômico

 

Stock portfolio

O URL específico do gadget não foi encontrado

Google Scholar


“Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor bênção com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A  criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar superado. Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que às soluções. A verdadeira crise é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de  não querer lutar para  superá-la.”

Albert Einstein.

 
 
 
 

Google Calendar Viewer

 
Marxismo e Socialismo real
 
Bem compreendidas as noções econômicas e de Estado do Marxismo podemos perceber que os países que se reivindicaram socialistas, o chamado socialismo real, não aboliram o Estado, sinal de que não aboliram as classes sociais, o trabalho assalariado e, portanto a mais-valia, nem distribuíram a produção como descrito em Crítica ao Programa de Gotha e, não obstante, em Ideologia Alemã, Marx afirma ainda que Max Stiner mantém a propriedade privada no comunismo ao defender o trabalho assalariado nele.
 
Assim essas sociedades, dentro da lógica marxista, mantiveram as principais características do capitalismo inclusive os seus principais traços característicos descritos em o capital. Por isso diversos autores, em especial do esquerdismo e do Comunismo de Conselhos defendem que esses países criaram um Capitalismo de Estado, isto é, um capitalismo que existia dentro do Estado.
 
Lênin e Trotsky, no entanto, defenderam que essas sociedades eram superiores por terem abolido a propriedade privada, mas acabaram se tornando uma espécie de Estado Operário Burocraticamente Deformado e por isso bastava se derrubar a burocracia.
 
Autores modernos defendem também que essas sociedades não eram uma coisa nem outra, ou mesmo um misto de varias dessas sociedades.
 
O modo de Produção comunista - Marx e Engels elaboraram minuciosamente o modo de produção comunista. Segundo eles o comunismo seria dividido em duas fases. Durante a primeira fase, o socialismo, Marx propõe a divisão da produção segundo o trabalho, pois primeiro não haveria produção suficientemente para distribuir segundo as necessidades, segundo a mentalidade coletiva ainda estaria vinculada a moral burguesa e, por isso, o homem não poderia trabalhar a quantidade de horas que quisesse pela sua própria consciência e mesmo assim iria requerer mais do que os outros.(...)Outra polêmica é em relação a estatização.
 
O Bolchevismo, diferente das outras correntes marxistas, defendem a estatização como sinônimo de socialização, mas Marx e Engels defendiam apenas a segunda. No próprio Socialismo Utópico ao Cientifico, Engels critica os que acreditam que estatizar é construir o socialismo.


Comments