(4) Maharishi Responde a 15 Perguntas


Mente Silenciosa, Mente Quieta

Uma entrevista com Maharishi Mahesh Yogi

Por Kathy Juline
Maharishi: Para responder a isso, temos que olhar para a própria natureza da criação. A criação tem dois lados: inteligência, que é a causa de tudo, e as manifestações da inteligência, que são os aspectos físicos e psicológicos do nosso mundo. Uma vez que a Meditação Transcendental aborda directamente a inteligência, em vez das manifestações da inteligência, ela resolve os problemas introduzindo harmonia e bem-estar ao nível mais básico, e não lidando com os próprios problemas. É por isso que é tão eficaz.

Considere este exemplo. O jardineiro fornece água à raiz de uma árvore. Essa água, esse alimento, atinge depois todas as partes da árvore - folhas, ramos, flores, fruto - através da seiva. Podemos pensar na seiva como algo análogo à inteligência e nas folhas verdes ou flores amarelas como algo análogo às manifestações da inteligência. As folhas e as flores são a inteligência da seiva, depois de ter sido transformada. Portanto, a inteligência - como as folhas e flores de uma árvore - aparece como as inúmeras e diversas formas da vida manifestada. Essas manifestações incluem todos os aspectos da existência, do material e fisiológico, passando pelo psicológico, o intelectual e o espiritual. Todos estes aspectos da vida vêm das transformações da inteligência.

Na meditação, encontramo-nos directamente com esta inteligência essencial. Portanto, temos a possibilidade de alimentar todos os seus outros níveis e, assim, todos os níveis da manifestação, de uma forma que está harmoniosamente relacionada com todo o universo.