(13) Maharishi Responde a 15 Perguntas


Mente Silenciosa, Mente Quieta

Uma entrevista com Maharishi Mahesh Yogi

Por Kathy Juline
Maharishi: A Meditação Transcendental não envolve intelecto.  Ela é uma experiência da mente,  desde os níveis activos até ao nível unificado. É apenas uma experiência inocente da mente activa e uma experiência inocente da mente quieta, mente silenciosa.

Com algumas outras práticas de meditação, no entanto, em particular aquelas em que o intelecto procura Deus através da lembrança das qualidades ou nomes ou virtudes de Deus, o intelecto é estimulado e começa a desenvolver-se. Desenvolve-se assim, cada vez mais, na presença de Deus, na glória de Deus, na dignidade de Deus, na graça de Deus, na natureza misericordiosa de Deus. Pode então surgir um ponto em que o intelecto está no seu estado natural e compreende a percepção ilimitada de Deus, a natureza misericordiosa de Deus, a presença de Deus. O intelecto, ao procurar Deus - intelectualmente - pode reconhecer o seu estatuto natural na medida em que a mente acorda para o facto de ser ilimitada. 

O intelecto, assim, conduz a pessoa para o estado quieto, uma experiência não-intelectual de puro ser. o Intelecto pode acabar por ficar envolvido por todas as qualidades exaltadas de Deus à medida que chega ao seu estado natural, o nível da inteligência fundamental. Isso será o mesmo que a Consciência Transcendental, a união que reconhece a dignidade ilimitada da luz de Deus, o sentimento de Deus, a experiência da realidade ilimitada, inteligência pura. Mas essa não é a abordagem da Meditação Transcendental, que não opera através do intelecto.