Anti-semitism as a Sickness of the Soul

Portolani Books Volume 1: Anthology 

A PERSONAL STATEMENT 

by Patrícia Lança

______________________ 

This is a bi-lingual version of a text first published in Portuguese in the blog: 

O insurgente

 

 VINTE CONSIDERAÇÕES SOBRE UMA DOENÇA DA ALMA:  o anti-semitismo como defeito moral e intelectual


TWENTY CONSIDERATIONS REGARDING A SICKNESS OF THE SOUL: anti-semitism as a moral and intellectual defect

*****



__________________________________________________

 

1. O anti-semitismo, como qualquer outra obsessão xenófobica é uma doença da alma, porque corrói e subverte os nossos sentimentos de solidariedade humana.

Anti-semitism, like any other xenophobic mania, is a sickness of the soul because it corrodes and undermines our feelings of human solidarity.

2. O anti-semitismo, porém, é a pior dessas doenças porque é a mais antiga e a que mais estragos e sofrimento têm causado tanto às vítimas como aos perseguidores.

Anti-semitism is, however, the worst of these sicknesses because it is the oldest and the one which has caused the most damage both to its victims and to its authors.

3. O preconceito contra os judeus tem a sua origem no ódio persistente da sociedade pré-industrial ao capitalismo.

Prejudice against the Jews originates in the persistent hatred of pre-industrial society for capitalism.

4. Os judeus, tendo sido expulsos da sua terra pelos romanos como castigo pela sua revolta contra o império, espalharam-se por todo o mundo conhecido e sobreviveram através do comércio.

The Jews, having been expelled from their land by the Romans in punishment for revolting against the empire, spread all over the known world and survived through trade.

5. Sendo um povo em que todos eram alfabetizados, foram muito bem sucedidos nos negócios.

As they were a literate people they were very successful in commerce.

6. Sendo um povo monoteísta e com as suas sagradas escrituras tinham um cimento poderoso para conservar a sua identidade e as ligações entre as suas comunidades.

As a monotheistic people with their divine scriptures they possessed a powerful cement for conserving their identity and links among their communities.

7. Os camponeses de maneira geral odeiam e invejam os mercadores e os intrusos.

Peasants generally hate and envy traders and intruders.

8. Os nobres improdutivos e dedicados à caça e à guerra sempre procuraram empréstimos onde havia dinheiro, quer dizer entre os judeus.

Unproductive nobles devoted to hunting and war always sought loans where there was money, that is to say among the Jews.

9. O devedor de maneira geral não gosta do credor.

The debtor generally dislikes the creditor.

10. A melhor maneira de liquidar as dívidas era de incitar os camponeses (que também tinha as suas próprias dividas) a pilhar os bens dos judeus e correr com eles. Daí a frequência dos pogroms.

The best way to liquidate debts was to incite the peasants (who also had their own debts) to plunder and expel the Jews. Hence the frequency of pogroms.

11. Foi o próprio Marx quem disse que os judeus sentiram no capitalismo como peixes na água.

Marx himself said that the Jews took to capitalism like ducks to water.

12. Foi o florescimento do capitalismo que trouxe a emancipação dos judeus.

It was the flowering of capitalism that brought emancipation to the Jews.

13. O saudosismo dos tempos medievais pré-capitalistas anda muitas vezes em paralelo com o anti-semitismo.

Nostalgia for the pre-capitalist Middle Ages often goes hand-in-hand with anti-semitism.

14. A expulsão dos judeus da península ibérica foi uma das principais causas da decadência das outrora grandes potências: foi a expulsão da sua classe média. Quem veio a beneficiar foram os países baixos e a Inglaterra.

The expulsion of the Jews from the Iberian Peninsula was one of the main causes of the decay of the two once-great powers: it signified the expulsion of its middle class. Those who benefited were the Netherlands and England.

15. As contribuições materiais, morais, culturais e científicas dos judeus para o progresso de humanidade, proporcionalmente ao seu número excedem de longe as contribuições de qualquer outro povo.

The material, moral, cultural and scientific contributions made by the Jews to the progress of humanity in proportion to their humber far exceeds that of any other people.

16. A doença do anti-semitismo, quando encontrada em gente culta tem geralmente a sua origem no sentimento de inveja e a consciência de mediocridade. São estes impulsos atávicos que explicam o histerismo antijudaico dos islamistas.

The disease of anti-semitism, when encountered among educated people usually has its origin in a sentiment of envy and consciousness of mediocrity. These atavistic impulses explain the anti-Jewish hysteria of islamists.

17. A expressão anti-anti-semitismo é um nonsense. O que existe é a aversão ao anti-semitismo, uma posição perfeitamente fundamentada e partilhada por todas as pessoas sensatas. O que não quer dizer que seja desejável que essa aversão fosse traduzida em legislação. Não se pode legislar sobre os preconceitos ou a imbecilidade.

The expression anti-anti-semitism is nonsense. What exists is aversion to anti-semitism, a perfectly justified position and one that is shared by all people of good sense. Which is not to say that it is desirable that this aversion be translated into legislation. It is impossible to legislate about prejudice and imbecility.

18. Em toda a parte os judeus são os melhores imigrantes, com a mais baixa taxa de criminalidade e das mais altas de produtividade.

Jews everywhere are the best immigrants, with the lowest rates of criminalitiy and the highest of productivity.

19. Israel é uma pequena ilha ocidental e de progresso num oceano medieval.

Israel is a tiny island of the western world in a medieval ocean.

20. O dever de todas as pessoas de bem é de defender Israel e o seu povo.

It is the duty of all men and women of good will to defend Israel and its people. 

 

BACK TO HOMEPAGE