Sete de Espadas

Nasceu em 1 de Fevereiro de 1921 na Chamusca, com o nome de Manuel José da Piedade Lattas.
Inciou a sua carreira como orientador de secções em 12 de Janeiro de 1947 no Jornal de Sintra com uma secção deseignada Mistério e Aventura, título que viria a dar a outras secções que viria a orientar ao longo da sua vida dedicada ao policiário.
Em 1975 foi o responsável pelo renascimento e popularização entre a juventude deste passatempo com a secção Mistério Policiário  na revista de banda desenhada Mundo de Aventuras.
Morreu em 9 de Dezembro de 2008.
Usou também o nome de Ruy de Villalba
Secções que orientou
Mistério e Aventura ( Jornal de Sintra)
Mistério e Aventura (Vida Mundial Ilustrada)
Mistério e Aventura (Camarada)
Mistério e Aventura ( Guião)
Mistério e Aventura ( Lente)
Mistério e Aventura ( Jornal do Sporting)
Mistério e Aventura (Quebra-Tolas)
Mistério e Aventura ( O Crime)
Édipo ... e a Esfinge (O crime)
Mistério e Aventura ( Selecções BD)
Mistério e Aventura (Crime)
Em Fim de livro (Xis)
O Crime não compensa( O mundo Automobilístico)
Na Pista da Verdade ( Ordem Nova)
Mistério Policiário (Mundo de Aventuras)
Com o pseudónimo de D. Misterioso orientou a secção Página Dezassete ( Cavaleiro Andante)
 
Marcou presença na secção  É o leitor um bom detective? da revista Altura.
Marcou presença na secção Mistério e Aventura da revista Guião
Torneio de Preparação
Produção
1º lugar

Marcou presença na secção Mistério e Aventura da revista Vida Mundial Ilustrada
Marcou presença na secção Mistério e Acção do jornal Átomo
Marcou presença na secção Enigma Policial da revista Auditorium.

I Torneio Policial
 Produção
3º lugar
 
Marcou presença na secção Enigma Policiário da revista Passatempo
Torneio de Abertura
3º lugar na Classificação geral
7º lugar em As melhores