EM TEMPOS DE CHUVA

EM TEMPOS DE CHUVA...

Capas e Corta-ventos para sua proteção

É IN-DIS-PEN-SÁ-VEL usar alguma proteção contra ela e contra a friagem que o corpo recebe durante algumas pedaladas. Em alguns locais que podem ser muito frios à noite, ou com ladeiras que fazem nossa diversão, também podem ser motivos para perda de calor, originando resfriados e facilitando o aparecimento de gripes. Acontece que nossa Recife é um local quente. Quase todos os dias, mesmo nos chuvosos, a temperatura não cai abaixo dos 25 graus. Nesta temperatura, a sensação térmica mesmo a 40 km/h não é inferior a 15 graus, temperatura plenamente suportável e até mesmo desejável quando se está pedalando. Portanto, uma simples capa de chuva, comum e vendida a preço de banana (tá cara, viu!) é suficiente para você poder pedalar e se proteger na chuva mais forte. Investir em técidos respiráveis como várias camadas dedicadas e a um custo elevadíssimo é desnecessário. Aqui o que importa mesmo é a resistência mecânica e a impermeabilização do material e das costuras. Mais ou menos o que você teria de ver se fosse comprar uma capa de chuva normal: "Entra água quando chove?" "O material resiste ao dia-a-dia?". Claro que se você costuma fazer pedaladas com frequencia em locais frios como os citados acima e É UM ATLETA DE PONTA, você vai mesmo precisar de uma jaqueta com tecido WINDSTOPPER, em 3 camadas, sendo uma externa em PTFE, repelente de água e resistente à abrasão. Porém, para quem apenas se diverte em passeios, resultados similares podem ser obtidos com jaquetas feitas em Wind-tex, Goretex, Simpatex, Drytex ou Consultex, todos materiais que deixam a pele por o suor para fora sem deixar a chuva e o vento entrarem.
Agora uma dica. A melhor composição que vi, em temperaturas de até 10 graus centigrados, foi camiseta de algodão simples e de mangas compridas, malha finissima de cashmere por cima, e uma jaqueta corta-vento simples, barata e a prova d'água. A pessoa fica seca e aquecida, com a jaqueta aguentando bem a abrasão. E o conjunto todo, pesa quase nada. Efeito CEBOLA! Porque não carregar peso extra também é IN-DIS-PEN-SÁ-VEL!
Comments