Aula Inaugural CFSd 2009 no CCV - Notícia retirada do site da PMES

postado em 18 de set de 2009 09:03 por DCBES ESPIRITO SANTO
Solenidade marca Aula Inaugural de turma recorde de soldados na PMES
15/09/2009 - 13:07

A Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) iniciou a formação da maior turma do Curso Soldados (CFSd) da história na Corporação. A recepção aos mais de 700 alunos aconteceu na aula inaugural, realizada na noite desta segunda-feira (14) no auditório do Centro de Convenções de Vila Velha, em Coqueiral de Itaparica.

Participaram do evento, o governador Paulo Hartung; o vice, Ricardo Ferraço; o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Rodney Rocha Miranda; o subsecretário de Integração Institucional, André Garcia; o comandante geral da PMES, coronel Oberacy Emmerich Júnior, dentre outras autoridades.

Após o hino nacional, conduzido pela Banda de Música da PMES, os novos alunos-soldados foram recebidos pelo comandante geral da PM, que destacou as características essenciais para a trajetória militar. “Tenho certeza de que os novos e comprometidos militares vão agregar valor ao trabalho que desenvolvemos. Que vocês, como soldados da Polícia Militar, recebam não somente a farda, mas, sim, a certeza e a seriedade no trabalho da segurança pública para a sociedade capixaba”, enfatizou.

Ele ainda ressaltou que o desafio, a partir de agora, é conciliar, na formação, três importantes características. “A sociedade capixaba merece o nosso melhor. Por isso, ao longo do curso, é preciso que a honra à Corporação e à segurança pública, a coragem para estar à frente das missões e a honestidade perante a população se tornem primordiais na trajetória militar”, finalizou o comandante geral.

O governador Paulo Hartung destacou que a formação de mais de 700 policiais de uma só vez, além de ser um fato inédito na história da Polícia Militar capixaba é mais uma ação que representa o novo Espírito Santo que vem sendo construído desde 2003. Hartung lembrou que quando tomou posse, há pouco mais de seis anos e meio, os servidores públicos estaduais estavam com os salários atrasados e o Estado estava mergulhado em uma grave crise político-institucional.

“Os resultados que estamos alcançando agora são fruto da união forjada no Espírito Santo nos últimos anos. Juntos conseguimos superar a desorganização, a delinquência político-administrativa e o crime organizado, demos a volta por cima e hoje somos um Estado que paga suas contas rigorosamente em dia, que possui um modelo de gestão moderno e eficiente, que é exemplo para o Brasil. Graças a essa organização e ao planejamento de nossas ações podemos comemorar resultados e apresentar respostas à população, como a contratação simultânea de mais de 700 policiais”, afirmou.

Hartung desejou uma carreira de sucesso aos alunos e ressaltou que os futuros soldados combatentes têm uma grande responsabilidade pela frente. “O patrão de cada um de vocês a partir de agora é o cidadão capixaba, que paga impostos e precisa ter em troca um serviço público eficiente e de qualidade. Por isso, peço o empenho e a dedicação de todos. O policial militar é um servidor público e todos os servidores têm uma missão nobre na sociedade”, destacou.

A aula inaugural foi proferida pelo secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Rodney Rocha Miranda, que destacou a importância da Corporação para a sociedade. “A polícia é o único instrumento de defesa da sociedade. Quando tudo falha, a PM está pronta para atender. Isso demonstra que todos vocês estão entrando para uma carreira de importância ímpar. Lidar diariamente com a questão da violência é desafiador, mas todos aqui serão preparados para dar uma resposta eficiente às demandas da nossa população”, disse.

Segundo Rodney, o Governo do Estado está investindo quase R$ 200 milhões na área de segurança pública em 2009, por meio da contratação de novos policiais, construção de delegacias, capacitação dos profissionais e compra de equipamentos. “Esses investimentos demonstram que estamos inovando para aumentar a percepção de segurança e a melhoria da qualidade de vida da população capixaba. Queremos entregar uma segurança melhor para o Espírito Santo”, finalizou o secretário.

A emoção e a expectativa foi grande para os alunos, que consideram a entrada na PMES uma oportunidade de crescimento e estabilidade profissional. A aluna-soldado Cristiana de Abreu, 28 anos, natural de Mantenópolis e formada em pedagogia, confirma este sentimento. “Estou ansiosa e feliz com esta oportunidade. A Polícia Militar para mim era um sonho e, hoje, diante desta oportunidade, meu objetivo é crescer na carreira militar e ser uma profissional eficaz”, relatou.

Seleção

Desde novembro de 2008, quando foi publicado o edital do processo de seleção, os candidatos aprovados para ingressar no curso foram submetidos a vários testes que englobaram desde provas de português, redação e conhecimentos gerais, a testes médicos, físico e aprovação de documentos. As aulas iniciam na próxima semana e estão previstas para encerrarem em julho de 2010.

O número de selecionados neste ano supera as seleções anteriores. O último CFSd, encerrado em outubro de 2008, formou 317 soldados. Já em 2007, foram aproximadamente 290 formandos no curso, e nos anos anteriores, entre 200 e 300 soldados.

Curso

O Curso de Formação de Soldados Combatentes contará com 40 disciplinas, que serão desenvolvidas ao longo das 1.200 horas/aulas estabelecidas na carga horária para os 740 alunos soldados. A estrutura curricular está distribuída de acordo com áreas temáticas, que são as seguintes: Sistemas, Instituições e Gestão Integrada em Segurança Pública; Violências, Crime e Controle Social; Cultura e Conhecimento Jurídico; Modalidade de Gestão de Conflitos e Eventos Críticos; Valorização Profissional e Saúde do Trabalhador; Comunicação, Informação e Tecnologias em Segurança Pública; Cotidiano e Prática Policial Reflexiva; Funções Técnicas e Procedimentos em Segurança Pública; além do Ciclo de Palestras.

Para este ano, os soldados combatentes aprovados no processo seletivo contarão com novas disciplinas. São elas: Direito Penal Militar; Policiamento Ostensivo Ambiental; Policiamento de Guardas; Direção Defensiva Policial; Preservação e Valorização da Prova; além de Atendimento a Pessoas com Necessidades Especiais. Esta última representa uma inovação para a Polícia Militar. Em outros estados esta formação, que é desenvolvida por meio de palestras, é opcional. No Espírito Santo, a formação quanto ao atendimento a pessoas com necessidades especiais consta da Estrutura Curricular, sendo, portanto, obrigatória.

Já o Curso de Formação de Soldados Músicos contará com 39 disciplinas, também distribuídas em 1.200 horas/aulas. A estrutura curricular segue as mesmas áreas temáticas citadas acima, porém com disciplinas e direcionamentos específicos para a área de atuação.


Informações Adicionais:
Assessoria de Comunicação da PMES
Tenente Coronel Ronalt Willian de Oliveira
Tel: 3380-2700
E-mail: chefe.pm5@pm.es.gov.br
Texto: Geiza Ardiçon

Assessoria de Imprensa do Governo do Estado do Espírito Santo
Daniel Simões
Tels: 27 3321 3692 / 9941 3723

Assessoria de Comunicação Sesp
Gustavo Tenório/ Kelly Badaró / Mirela Marcarini
(27) 3137-9999 / (27) 9989-7300/ 9975-7858
Comments