"INTÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO" - "Então", em paulistês, típico das paulistas do sexo
feminino, cumprimentando um paulista do sexo masculino com um carro que
lhes excita.

"QUER QUE EU LIGO?" - "Quer que eu ligue?" em paulistês, uma das variações
do português muito comum em São Paulo.

"MAGÍÍÍÍÍÍNA" - "Imagine" em paulistês, significa qualquer coisa, ou seja,
não significa nada.

"AS MINA TÃO PAGANDO UM p*** PAU" - "AS MINA" são as mulheres, com o plural
típico paulista (não tente utilizar na capital paulista o que você aprendeu
sobre plural nas escolas fora de São Paulo, você não será compreendido).

"PAGANDO PAU", em paulistês, seria o ato de uma ou mais mulheres mostrar
em, em olhares, gestos ou expressões corporais, que desejam sexo.

"É UM ASSALTO!" - É o mesmo do que em qualquer lugar do país, só que em São
Paulo o assalto não aparece no Jornal Nacional e, por isso, os paulistas
tentam acreditar que eles não existem.

"CHACINA" - Versão paulista de "limpeza étnica desejável", que faz parte do
programa de extermínio de nordestinos (baianos), patrocinado pela população.

"VAI CHOVER" - Aviso cifrado que significa a proximidade de caos urbano,
trânsito, enchente, correria, pânico, afogamentos, inundações, violência,
assaltos, saques e outras coisas corriqueiras em períodos de precipitação
pluviométrica.

"BAIANO" - Qualquer pessoa nascida no nordeste e que não está por perto, já
que, por perto, ninguém tem coragem de dizer isso.

"ARRASTÃO" - Maior obra de ficção anti-carioca já criada, a prova da
existência da criatividade paulista, até então desconhecida.

"PARMERA" - Palmeiras, time de futebol comprado por uma leiteria italiana e
que tem como símbolo um porco.

"CURÍNTCHA" - Corínthians, time de futebol mais popular do estado, que
consegue coisas incríveis como colocar por volta de 6.000 pessoas num dos
estádios ainda não interditados de São Paulo.

"CUZÃO" - Paulista do sexo masculino sem dinheiro.

"GATO" - Paulista do sexo masculino com dinheiro.

"DEUS GREGO" - Paulista do sexo masculino com muito dinheiro e que trabalha
tempo suficiente para a sua mulher contratar um personal trainer.

"MINA LEGAL" - Mulher paulista que você consegue impressionar com seu
carro, em geral encontrada no banco de trás, aguardando o momento de falar
futilidades ou tirar a roupa (no escuro).

"PUTA" - "Muito". Ex: "Puta frio", "puta calor" ou "puta trampo".

"CARRO NOVO" - Prótese peniana.

"CHOPPS" - Versão paulista de "chopp", só que quente.

"SHOPPING IGUATEMI" - Versão paulista de praia, onde os desocupados se
encontram, levando seus cartões de crédito para passear.

"SBT" - Versão paulista de TV Globo.

"ANA MARIA BRAGA" - Versão paulista de Xuxa.

"DINEI" - Versão paulista de jogador de futebol, na qual posar pelado para
revista gay "não tem nada a ver".

"VAMPETA" - Versão paulista mais radical de Dinei.

"MARCELINHO CARIOCA" - Prova incontestável da superioridade do jogador
paulista.

"SÍLVIO LUÍS" - Versão paulista de locutor de futebol.