MEDICINA CHINESA, O QUE É?
É uma medicina que propõe analisar a pessoa através de um diagnóstico distinto da Medicina Ocidental e proceder ao tratamento por meio das várias disciplinas que a englobam. Provém de um acumular de conhecimento e prática clínica com cerca de 2 mil anos de história escrita. Actualmente está em franca expansão em todo o mundo, sendo promovida pela própria Organização Mundial de Saúde (OMS).

EM QUE CONSISTE?
A Medicina Chinesa possui métodos de prevenção, diagnóstico e tratamentos próprios. FitoterapiaAcupuncturaDietética, TuiNa e QiGong são alguns dos seus mais importantes ramos, visam promover e recuperar a saúde através:
    • da prescrição de Materia Medica
    • da acção sobre os canais e pontos de acupunctura, 
    • aconselhamento alimentar, 
    • massagens,
    • exercício.

Ao contrário do que se possa pensar, o que faz a diferença na Acupunctura não são as agulhas mas os canais e os pontos escolhidos. Só depois se decide a técnica a ser aplicada, que poderá passar pela inserção de agulhas muito finas de utilização única, laser, estimulação eléctrica, moxibustão, sangrias, ventosas, etc.

A Fitoterapia consiste na utilização de preparados de Materia Medica não sintetizada, seguindo fórmulas muito antigas, tendo um papel tão ou mais importante que a própria Acupunctura

A consulta é fundamental pois permite estabelecer o diagnóstico personalizado de Medicina Chinesa. A observação da língua, a toma do pulso e a palpação do abdómen são métodos auxiliares de diagnóstico importantes. No entanto, sempre que tenha acesso, o paciente deverá fazer-se acompanhar de exames relacionados com os seus problemas de saúde, tais como radiografias, TAC, ressonâncias magnéticas, electrocardiogramas, análises ao sangue e urina, etc. De seguida são elaboradas prescrições personalizadas de Fitoterapia e de Acupunctura.

A ACUPUNCTURA DÓI OU TEM EFEITOS SECUNDÁRIOS?
Não, quando aplicada por profissionais qualificados, competentes e experientes que facilmente controlam qualquer desconforto que possa surgir durante o tratamento. Nestas condições a Acupunctura é segura, podendo apenas surgir pequenos efeitos secundários próprios ao tratamento como relaxamento e sonolência após as sessões, ligeiro agravamento de algumas queixas numa fase inicial, pequeno sangramento em alguns pontos utilizados, etc…

POSSO FAZER SE ESTIVER GRÁVIDA?
Sem dúvida! A Acupunctura é um tratamento de excelência para grávidas, pois está indicada para muitas das queixas que surgem durante a gravidez

A QUEM SE DESTINA A MEDICINA CHINESA?
Embora já seja reconhecida pela sua eficácia no tratamento da dor, ou mesmo para a perda de peso, gorduras localizadas e/ou celulite, tem, no entanto, uma área de actuação muito mais vasta. Deve ser aplicada em pessoas de todas as idades, sempre que haja necessidade de melhorar a sua qualidade de vida.