COMPOSITORES | COMPOSERS

Moreira, António Leal


António Leal Moreira (1758-1819) nasceu em Abrantes e ingressa no Seminário da Patriarcal aos oito anos. É aluno notável e assume funções, com apenas dezassete anos,de ajudante-substituto do Mestre de Capela do Patriarcado, na altura João de Sousa Carvalho. Terminados os estudos, assume o cargo de organista da Igreja da Patriarcal. A sua grande estreia como compositor foi a missa da cerimónia de aclamação de D. Maria I, em 1777. Assume as funções, mais tarde, de Mestre de Capela da Patriarcal e de Mestre de Capela Real (ver nota abaixo). Escreveu inúmeras óperas, nomeadamente para o Real Palácio de Queluz. Assume funções de director do Teatro da Rua dos Condes, dirigindo variadíssimas obras como de Paisello e Cimarosa. Inaugurado o Real Teatro de São Carlos, é convidado a dirigi-lo até ceder o lugar a Marcos Portugal em 1800. O seu bailado 'A Felicidade Lusitana' é estreado na inauguração deste teatro. O seu prestígio como compositor foi também reconhecido internacionalmente, tendo sido estreada em Turim e reposta no Scala de Milão a sua ópera 'Il desertore Francese'.


NOTA

Sobre o facto de ter ou não ter sido Mestre de Capela, a musicóloga Cristina Fernandes deixou-nos este esclarecimento:

«António Leal Moreira nunca foi Mestre de Capela da Patriarcal, nem da Capela Real, pelo menos não foi encontrada até agora nenhuma fonte primária que o comprove. O equívoco deve-se ao facto de Ernesto Vieira ter confundido a data em que passou a Mestre efectivo do Real Seminário de Música da Patriarcal em 1787 com uma hipotética nomeação como mestre de capela que, ao que tudo indica, não chegou a existir. E a partir daí toda a gente repetiu... No entanto, Leal Moreira tinha as funções de "Compositor de música sacra" para a Patriarcal e a Capela Real da Ajuda pelo menos desde 1780. O cargo musical mais importante ligado à Casa Real portuguesa e às estruturas musicais sob a sua alçada não era, contudo, o de Mestre de Capela (este tinha apenas funções de coordenação e de direcção musical "marcação do compasso"), mas sim o de Compositor e Mestre de Suas Altezas Reais (ou seja de professor da família real). Foi este último, o cargo de compositores como Domenico Scarlatti, David Perez, João de Sousa Carvalho ou Marcos Portugal e não de mestres de capela.»

 26.06.2010


António Leal Moreira (1758-1819)




opus


música dramática

  • Bireno ed Olimpia – 1782
  • Siface e Sofonisba – 1783 – BA
  • L’Imenei di Delfo – 1785 – BA
  • Ascânio in Alba – 1785 – BA – BPE
  • Esther (oratória) – 1786 – BA – BPE
    • ouvir excerto | listen to excerpt 1
  • Artemisa Regina di Caria – 1787 – BA – BN – BPE
  • Gli Eroe Spartani – 1788 – BA
  • Gli Affeti del Génio lusitano – 1789  – BA – BPE
  • Saloia Namorada ou O Remédio é Casar (farsa) – 1793
  • Il Natale Augusto (serenata) – 1793 – BNBPE
  • Os Voluntários do Tejo (serenata) – 1793
  • A Vingança da Cigana, drama jocoso em um acto – 1794 – BN – TNSC
  • L’Eroina Lusitana – 1795 – BN
  • La Serva Riconoscente (ópera-bufa) – 1798
  • Il Desertore Francese (ópera-bufa) – 1800 – BPRVV
  • Castelo de S. Jorge

obras em depósito na Biblioteca Nacional

  • In Festo S. Joannis Baptista, precursor Domini venit a 4 concertato – 1776
  • Te Deum laudamus – 1786
  • Credo 1803
  • Kyrie, e Gloria – 1803
  • 2 Sinfonias
  • Credo a 4 e instrumental – 1805
  • Missa a 4 vozes e instrumental – 1805
  • Missa para S/B e órgão – 1809
  • 6 Missas a 4 concertata – (uma de 1813, 2 inc)
  • Absolvições para as exéquias de D. Maria I – 1816
  • Novena de S. Vicente de Paulo – 1817
  • Veni Sponsa Christi a duo – 1817
  • 3 Kyrie, e Gloria – 1818
  • Credo, Sanctus, e Agnus Dei a 4 vozes eórgão – 1818
  • Moteto in festo inventionis Sancto Crucis a 4 vozes e órgão para se cantar na Capella do Bom Jardim – 1818
  • Matinas de S. Pedro a 4 vozes concertatas
  • Antiphona B. M. V. sub tuum prosidium confugimus a 4 concertato
  • Antiphona sub tuum presidium confugimus
  • Credo a 8
  • Domine Deus a Solo de C, tirado da Missa
  • Kyrie e Gloria
  • Laudate Dominum omnes gentes a 4 concertado
  • Magnificat a 4 vozes e instrumental
  • Matinas de quinta-feira santa para Tenores e Baixos
  • Matinas para o dia da Natividade de Nª Sª da Conceição
  • Matinas de Nª Sª da Conceição a 4 vozes e instrumental
  • 2 Missas (uma inc), 1 Missa a duo e 2 Missas a 4 e instrumental
  • Da Missa de C
  • Da Missa de F
  • Moteto hoc dies a 6 concertato para o dia de Páscoa
  • Psalmo laudate Dominum a 4 concertado
  • Responsório primeiro de N. S. da Conceição (matinas)
  • Responsório primeiro
  • Salmo Confitebor tibi Domine e Quoni am exaudiste a 4 concertado
  • Salmo In exitu Israel a 4 concertado e órgão
  • Sub tuum praesidium a 4
  • Te Deum
  • Veni Sponsa Christi, dueto de S e B
  • Vésperas alternadas
  • Vésperas de Nossa Senhora a 4 vozes e órgão
  • Credo a 4 vozes e instrumental
  • Ária: “Ah mi riduce a piangere”, com instrumental
  • A Vingança da Cigana, cavatina de Camila para Ms
  • 2 Modas do Zanbumba
  • Modinha
  • Saloia Insolente, dueto
  • Scena com instrumental
obras em depósito na Biblioteca da Ajuda

  • 2 Laudate pueri a 4 vozes e órgão – 1776
  • Missa a due orchestre, vozes e instrumental – 1793
  • Matinas de Sto. António a 4 vozes e órgão – 1797
  • Coenantibus illis a 4 vozes e órgão – 1798
  • Missa a vozes e instrumental – 1803
  • Sinfonia em Si b M – 1803 (orq)
  • 2 Magnificat, um a 4 vozes e órgão; outro a 4 vozes e instrumental
  • 2 Missas a 4 vozes e órgão
  • Nisi Dominum a 4 vozes e instrumental
  • Vésperas de Nossa Senhora a 4 vozes e instrumental
  • 2 Subvenite, Sancti Dei um a 4 vozes e órgão; outro a 4 vozes e instrumental
  • Ave Maria Stella (vésperas de Nossa Senhora) a 4 vozes e instrumental
  • Confitebor tibi Domine a 4 vozes e órgão
  • Credidi propter quod locutus sum a 4 vozes e órgão
  • 2 Dixit Dominus, um a 4 vozes e órgão; outro a 4 vozes e instrumental
  • In exitu Israel a 4 vozes e instrumental
  • Laetatus sum a 4 vozes e instrumental
  • Lauda Jerusalém a 4 vozes e instrumental
  • Laudate pueri a 4 vozes e órgão
  • Laudate pueri a 4 vozes e instrumental

obras em depósito na Biblioteca de Mafra

  • Missa a 6 órgãos – 1807
  • Kyrie e Glória a 4 vozes, coro e 6 órgãos – 1807
  • Credo, Sanctus e Agnus Dei a 4 vozes e 6 órgãos – 1807
  • Matinas de sexta-feira santa a vozes, coro e órgão (inc)
  • Vésperas alternadas de Nossa Senhora (Laudate pueri e 3 Salmos) a 2 vozes, coro e 4 órgãos
  • Sinfonia a 6 órgãos
obras em depósito na Sé de Lisboa

  • Responsório para a Páscoa 4 vozes e órgão – 1771
  • Stabat Mater para a festa das dores a 4 vozes e instrumental – 1771
  • 2 Magnificat a 4 e órgão (um de 1771)
  • Credidi propter quod a 4 vozes e órgão – 1774
  • Confitebor tibi Domine a 5 vozes e órgão – 1774
  • Confitebor tibi angelorum a 4 – 1775
  • Nisi quia Dominós a 4 – 1776
  • Salmo: “Ad te levarei oculos meos” a 4 – 1776
  • 6 Missas a 4 e órgão (um de 1776)
  • Confitebor angelorum a 4 vozes e órgão – 1778
  • 8 Motetes 4 vozes e órgão (um deles a 6 e órgão) – 1779 /1778 / 1780; os outros sem data
  • Matinas do SSmo Coração de Jesus 4 vozes e órgão – 1791
  • Credo a 4 e instrumental – 1800
  • 2 Responsórios para a festa de Sto. António a 4 vozes e instrumental – 1809
  • Responsório para as 5 absolvições a 4 vozes e instrumental – 1816
  • 3 Laudate Dominum, dois a 4 vozes e órgão (um inc); um a 4 vozes e instrumental
  • Nisi Dominus a 4 vozes e órgão
  • Vésperas “In fstis Sanctorum” a 4 vozes e órgão
  • Te Deum e Tantum ergo de Santa Ana a 4 vozes e instrumental
  • Dixit Dominus a 4 vozes e órgão
  • 2 Confitebor tibi Domine a 4 vozes e órgão (um inc)
  • Confitebor tibi Domine a 4 vozes e instrumental
  • Beatus vir a 4 vozes e órgão
  • Beatus vir a 4 vozes e instrumental
  • 2 Magnificat a 4 e instrumental
  • 3 Missas a 4 e instrumental
  • Missa a 5 e órgão
  • Antífona Ave Regina a 4 vozes e instrumental
  • Antífona Sancta Maria Sucurre Miseris a 4 vozes e órgão
  • Antífona B. M. V. sub tuum praesidium a 4 vozes e órgão
  • Antífona Sub tuum praesidium a 4 vozes e instrumental
  • 3 Responsórios para festa dos Apóstolos Pedro e Paulo a 4 vozes e órgão (um deles inc)
  • Responsório 4º do SSmo Coração de Jesus a 4 vozes e órgão
proveninentes da Irmandade de Sta. Cecília:
  • 5 Absolvições a 4 vozes e instrumental
  • Missa a 4 e instrumental
provenientes do Fundo do Seminário de Santarém:
  • Missa para cerimónia da aclamação de D. Maria I – 1777
  • Responsório para a festa dos Santos Apóstolos a 4 e órgão
  • Credo a 4 e instrumental
  • Responsórios para se cantarem na sexta-feira santa a 4 vozes e órgão
  • Confitebor a 4 e órgão
  • 2 Missas a 4 e instrumental
  • Verso a solo de B e órgão
  • Beatus Vir a 4 e órgão
  • Te Deum a 4 e instrumental
  • Matinas de S. Pedro e S. Paulo a 4 vozes e órgão
obras em depósito na Biblioteca Pública de Évora

  • 5 Vilancicos, para a festa do Sacramento com 5 coros a 4 coros com vls, trs, obs, e basso
obras em depósito na Sé de Évora

  • Tantum ergo a 4 e instrumental – 1799
  • 2 Missas a 4 concertatas (uma de 1799)
  • Missa pequena
  • Missa a 4 concertata com órgão
  • Missa de Gsolreut de capela a 4 e órgão
  • Credo a 4 e órgão
  • Credo a 4 e instrumental
  • Confitebor a 4 e instrumental
  • Laudate pueri Dominum a 4 concertata per bassi
  • Beatus vir a 4 concertato e órgão
  • Dixit Dominus a 4 concertato e órgão
  • Laudate pueri a 4 e instrumental
  • Laudate Dominum a 4 e instrumental
  • Confitebor a 4 concertato e Beatus vir com instrumental
  • 3 Te Deum a 4 e instrumental
  • Hodie concepta est a 4 com instrumental
  • Sub tuum praesidium a 4 e órgão
  • Magnificat a 4 concertato e órgão (tb com instrumental)
  • Final do Glória para duo de S com órgão
  • Operatus est bonum a 4 vozes e órgão
  • Haec dies quam fecit Dominus a 6 e órgão
  • Tantum ergo a 4 e órgão
  • Ó salutaris hóstia, duo de S e instrumental
  • Terceto de “O Desertor Francês” com instrumental
obras em depósito no Palácio Real de Vila Viçosa
  • Sequência a 4 concertato – 1771
  • Sinfonia – 1805
  • Missa a 4 vozes com instrumental – 1805
  • Laudate pueri a 4 concertato
  • Laudate pueri Dominum, B solo
  • Beatus vir a 4 concertato
  • Credidi a 4 concertato
  • Dixit Dominum a 4 concertato
  • 2 Confitebor a 4 concertato
  • Magnificat a 4 concertato
  • Credo Sanctus e Agnus Dei, 3 vozes graves, solos e 6 órgãos
  • Responsório a 4 concertato
  • Antigona sub tuum praesidium a 4 concertato
  • Moteto haec dies a 6 cocertato, 2S, 2C, T e B
  • Moteto in transfiguratione D. N. Jesu Christi a 4 concertato
  • Moteto para a festa del SSmo. Cuore di Gesú a 4 concertato
  • Laudate Dominum a 4 concertato
  • 2 Missas a 4 concertata
  • Missa a 4 vozes (só Kyrie e Glória)
  • Missa a 5 concertato
  • Dixit Dominus
  • Laudate pueri
  • Elogio com baile, coro a 4 vozes e instrumental
  • Ária: “Eu pobre coitada”
  • Il Serraglio l’Osmano (ópera de Giuseppe Gazzaniga, adornada de várias peças de António Leal Moreira)

Abreviaturas:

BA – Biblioteca da Ajuda
BPE – Biblioteca pública de Évora
BN – Biblioteca Nacional
BPRVV – Biblioteca do Palácio Real de Vila Viçosa
TNSC – Teatro Nacional de São Carlos

S – Soprano
Ms – Meio-Soprano
C – Contralto
T – Tenor
B – Baixo

vls – violinos
obs – oboés
trs – trompetes
orq – orquestra

inc – incompleto
tb – também


Produzido por AL © 2006
Última Actualização - 30.11.2007

(Informação por António Ferreira,

retirada do seu sítio pessoal que pode ser consultado clicando aqui)





LIGAÇÕES | LINKS

[em português]
Info na Wikipédia
Info por António Ferreira

[in english]

Sinfonia em Ré

retirado de | from portuguesemusic
Comments