Machado, Augusto


Augusto de Oliveira Machado (1845-1924)



Augusto de Oliveira Machado (1845-1924)



OPUS

Canções

  • Valsa Elisa, para soprano e piano (também conhecida como Les Amours de Jeunesse), texto em italiano (1866)
  • Duas Romanzas, com texto em português (1867/1868)
  • Romanza, texto em italiano (1873)
  • Pourquoi Faut-il, em francês (1880)
  • Bluette, em francês (1885)
  • Perco-me por Ella, sobre texto de Camões (1898?)
  • Peça para Voz e Guitarra (1899)
  • Era uma vez... (1900)
  • Arietta (1915)
  • Vocaliso (1915)
  • Tão Alto Fui Erguendo o Sonho Meu (1922)
  • Alma Minha Gentil, sobre soneto de Camões (sem data)
  • Lux Perpetua, texto de Henrique Lopes de Mendonça, écloga em memória de D. João da Câmara (sem data)
  • Olé, Olé, texto de Thomaz d'Eça Leal (sem data)
  • Porque Estás Hoje Zangada? (sem data; existe uma versão orquestrada)
  • Margarida, texto de Eça Leal (sem data; existe uma versão orquestrada)
  • Tinha Três Filhas o Abade, texto de Z. Marco (sem data)
  • Arietta (Beleza isto não tem); texto em português (sem data)
  • Serenade, em francês (sem data)
  • Valse-Impromptu, em francês (sem data)
  • Strofe, em italiano, obra com acompanhamento orquestral (sem data)

Operetas

  • O Sol da Navarra, ópera burlesca; texto de Alfredo Ataíde (1870)
  • A Cruz de Ouro, opereta em dois actos (1873)
  • O Degelo (libreto traduzido e adaptado por Antero de Quental e Jaime Batalha Reis) (1875)
  • Os Frutos de Ouro: Féerie, em três actos; libreto de Francisco Palha (1876)
  • A Guitarra, em um acto (libreto de Eça Leal) (1878)
  • Maria da Fonte, em três actos (libreto de Jaime Batalha Reis) (1879)
  • A Vendedeira de Pérus: ópera cómica em três actos e quatro quadros (libreto de Eduardo Garrido) (1880)
  • Inês de Castro (1883)
  • Piccolino (1889)
  • A Leitora da Infanta, em três actos (tradução do libreto por Eça Leal) (1893)
  • Os Filhos do Capitão-Mór, em dois actos (1896)
  • O Tição Negro, farsa lírica em três actos; libreto de Henrique Lopes de Mendonça (1902)
  • O Rapto de Helena, em dois actos (1902)
  • Vénus: Peça Fantástica; libreto de Acácio Antunes (1905)
  • O Espadachim do Outeiro, ópera cómica em três actos; libreto de Henrique Lopes de Mendonça (1910)
  • A Triste Viuvinha (1912)
  • Vida Mundana (1914)
  • Rosas de Todo o Ano: Episódio Lírico (1920)
  • A Filha do Diabo (1868? 1889?)

Óperas

  • Lauriane: Grand Opéra em Quatro Actos; libreto de Jean-Jacques Magne e A. Guiou, a partir do romance Les Beaux Messieurs de Bois-Doré de George Sand e Paul Merice (1883)
  • I Doria, em quatro actos; libreto de Ghislanzoni (1887)
  • Mário Wetter, em dois actos e um intermezzo; libreto de Leoncavallo (1898)
  • La Borhesina, comédia lírica em quatro actos (1909)
  • Paola Vicente, ópera em quatro actos; libreto de Ghislanzoni (1909)

Obras Corais e Corais-Sinfónicas

  • Ego Erose, para coro e orquestra (1869?)
  • Tantum Ergo, para coro e orquestra (1869)
  • Missa, para solistas, coro e orquestra (1869)
  • Ode Sinfónica, Camões e os Lusíadas, para tenor e barítono solo, coro e orquestra (1880)
  • Marcha Triunphal, para coro e orquestra (1882)
  • Hymno Marcha, para coro e orquestra (1895)
  • Hymno, para coro e orquestra (1896?)
  • Petit Choeur, para voz feminina e orquestra de câmara
  • Petenera, para coro feminino e orquestra de câmara
  • Cantiga, para coro feminino e orquestra de câmara
  • Era Uma Vez Três Frades, para coro a cappella (1897)
  • Hymno das Escolas para voz e piano (uma versão para conjunto de sopros) (1906)

Música para Teatro

  • O Auto dos Esquecidos; para uma peça de José de Sousa Monteiro (1898)
  • Judas: Música de Cena (1908?)
Música para Piano



LIGAÇÕES | LINKS

[em português]
Informação na Wikipédia

[in english]

Comments