Curiosidades‎ > ‎

Visão Canina

Diferenças entre a visão Humana e a Canina

Como os cães enxergam o mundo? Essa pergunta é difícil de responder sem "trocar uma idéia" bem detalhada. com nosso amigo canino. Mas podemos supor como é sua visão pelas diferenças anatômicas entre nosso aparelho oftálmico e o deles.

        1) "Cachorro enxerga em Preto e Branco?"
        Esta questão foi estudada na Universidade da Califórnia, Santa Bárbara, por Neitz et al (1989) mediante uma série de experimentos, em que foram utilizados três cães, sendo dois Greyhounds italianos e um Poodle (Davis, 1998). Foi concluído que os cães têm uma espécie de daltonismo, enxergam somente alguns espectros de luz, diferentemente do ser humano que enxerga em todas as cores do arco-íris e suas nuances. Com relação à parte anatômica: A retina é revestida com cones e bastonetes nos seres humanos e cães. Os bastonetes são encontrados em maior número em ambas as espécies, porém mais em cães do que em humanos. Os bastonetes são adaptados para trabalhar melhor em locais com pouca luz e são usados para detectar movimentos. Os cones trabalham melhor quando em ambiente mais iluminados e tem a capacidade de detectar cores. A parte central da retina de cães contém 20 % de cones enquanto a do ser humano tem 100% e é chamada fóvea (Davis, 1998). Existem três tipos ou “linhas” de cones. Cada tipo de cone é particularmente sensível à luz em um estreito limite dentro do espectro eletromagnético. Isto significa que três diferentes “linhas de cones” comunicam-se com a parte visual do cérebro, o qual então compara a quantidade de sinais chegando de cada “linha” de cone. Diferentes quantidades produzem a percepção de cores diferentes. Em cães (e em humanos cegos para vermelho e verde) existem somente dois tipos de cones, portanto há menor base para comparação pelo cérebro sendo à percepção das cores mais limitada. Assim, cães vêem as cores à semelhança de ser humano daltônico, ou seja, eles são cegos para as cores vermelho-verde. Isto ocorre em 4% da população humana masculina. De forma simples, isto é devido terem somente dois tipos de cones (dicromático) em vez de três (tricromático). Finalmente, contrariando o folclore de que os cães são cegos para cores, o que realmente acontece e que os cães possuem visão limitada para as cores (Davis, 1998). 

Diferença de espectro visível entre cães e Humanos


        2) Acuidade Visual:
        Uma vez que os cães não possuem fóvea (ou área com 100% de cones), sua visão para detalhes é estimada (grosseiramente) como seis vezes menor que a de um humano médio. Televisão, revistas e detalhes do rosto aparecem como um borrão para eles. 

Os cães são míopes e hipermétropes.


       3) Visão Noturna:
         Os cães têm uma visão noturna muito melhor por duas razões:
                - Eles têm mais bastonetes (que permitem a visão noturna)
                - Eles têm uma estrutura chamada Tapetum Lucidum, que é uma superfície reflexiva atrás da retina (área que inclui as células sensíveis à luz) que reflete a luz atrás dela (dá o estranho brilho à noite).


        4) Profundidade e Campo de Visão:
          Devido à posição dos olhos na caixa craniana, o campo de visão de cada olho é de 140 no homem e de 100 nos cães.

           Cães possuem uma visão periférica melhor que humanos porisso percebem a bolinha que foi jogada com mais rapidez do que nós, mas como os detalhes não são tão bem percebidos, ela pode se perder muito próximo dele, e aí então, o olfato é o sentido que vai orientar a busca.


         5) Concluindo:
           Os cães possuem visão limitada para cores e não vêem vermelho e verde. O mesmo acontece em 4% da população humana masculina que é daltônica. Quando comparados aos humanos os cães vêem um mundo mais claro e menos detalhado. A visão periférica canina é melhor do que a de humanos, ou seja, os cães vêem mais do mundo, mas a distância não é bem determinada. Cães têm boa visão noturna e conseguem observar objetos movendo-se muito melhor do que nós.
Comments