Banhado da Avenida Camaquã

 registros realizados em fevereiro 2005

Banhado situado na Avenida Camaquã sofreu desde 2004 com a deposição de lixo (entulhos) feita pela Prefeitura de Tapes, sem licenciamento e agredindo o meio ambiente e animais silvestres.

 

Após várias denúncias no ano de 2004 ao Ministério Público e na

Delegacia de Polícia Cívil de Tapes, a Prefeitura suspende a

colocação de entulhos no local, sendo reiniciada pela Nova

Administração em Janeiro de 2005, que foi denunciada ao Secretário

Estadual do Meio Ambiente e FEPAM, sendo autuada em março

de 2005 com ordem para limpeza do Banhado e recuperação da

área degradada.

Após a autuação da FEPAM em março de 2005, a Prefeitura realizou a limpeza em 30 de abril do mesmo ano, sendo que o local se encontra em recuperação e retornando ao ambiente de antes das agressões.