Acessem também nossos Blogs:

http://osverdestapes.blogspot.com/

http://osverdes-ativistas.blogspot.com/

http://osverdes-rs.blogspot.com

http://osverdes-paraiba.blogspot.com

http://osverdes-bahia.blogspot.com

OS VERDES no

Click aqui e veja os vídeos


NOSSO SITE:

Estatuto

Apresentação

Galeria de Fotos

Galeria de Textos

Arquivo Geral de Publicações

Lei n° 9605/98

Ecologizar, verbo que ainda não existe em dicionários, expressa a ação de introduzir a dimensão ecológica nos vários campos da vida e da sociedade

Numa cultura ecologizada, cada cidadão internaliza valores e comportamentos ecologicamente responsáveis, reduzindo as necessidades de controles externos para se obter um ambiente saudável e equilibrado.

PARCEIRA

PARCEIRA

AFILIADA

Tatiana e a despedida do arco-íris 
Por Karina Miotto
Tatiana de Carvalho, coordenadora da campanha da Amazônia do Greenpeace, faleceu, após uma queda na cachoeira Poço Azul, nos arredores de Brasília. Tinha apenas 36 anos de vida. Seu corpo será velado em São Paulo. A seguir, texto da jornalista Karina Miotto, que a conheceu, presta uma homenagem a Tatiana.
Saiba mais >>> Click aqui

Mãe Terra recebe sua Filha
A mãe Terra recebeu em seu corpo, no retorno natural de nossa curta existência neste planeta, uma de suas mais queridas e generosas filhas. 
Em 04 de maio de 2012, a poucos dias, quando lembraremos os dez anos da passagem de José Lutzemberger (14/05/2002), foi entregue à mesma terra que nos concebeu seres humanos, o corpo da ambientalista ativista pelos direitos sociais, indígenas e ambientais, a senhora Hilda Zimmermann, 89 anos.
Nascida em 25 de abril de 1923, esta ativista militou e aderiu todas as causas que julgava serem úteis à sociedade e as pessoas, fossem elas crianças de rua, índios ou a natureza que ela ensinou ser ‘patrimônio’ a ser cuidado por todos.
Hilda, após oito décadas de vida devotada as causas, continuava participativa e militante, fazendo parte de Mesas de Autoridades, como na Fundação do MoGDeMA/RS, no ano de 2008, ou nas ruas em 2010 aproximando-se do Partido Verde no período em que Marina Silva esteve na sigla.
Foi uma ‘sonhática’, como muitos tantos, quase 20 milhões de brasileiros que sabem que nosso progresso só ocorrerá quando a palavra “desenvolvimento sustentável” deixar de ser usada como um chavão na boca dos mesmos neoliberais de sempre e ‘ecologistas’ de ocasião, quando muitos pintam seus produtos de ‘verdes’ ou querem imitar algo que não se aprende na escola normal, mas sim na escola ‘dos sábios e da vida. ’
Quando o ‘desenvolvimento sustentável’ na prática seja cultura e não obrigação ‘da moda’, quem sabe se descortinará um mundo melhor que acreditamos irá existir.
Leia mais, click aqui