Sanga do Meio continua sofrendo com

 

a omissão e o descaso da população

 

e dos órgãos públicos

 

registros realizados em 23 de abril de 2007 - 18hs

A situação de agressão ambiental não é de hoje. Nas últimas duas décadas os problemas de esgotos e lixos nas sangas de Tapes tem sido uma constante. Os entulhos que são jogados pelos moradores acabam contribuindo para o assoreamento e conseqüente morte do córrego.

Tais crimes ambientais há muito tempo estão sendo denunciados, que acabaram inclusive realizando um estudo (diagnóstico) da situação dos recursos hídricos na cidade. Tal estudo teve de ser reformado a pedido da FEPAM que encontrou falhas na elaboração dos dados. Mesmo com estudos, urge seja necessário uma ação mais concreta, com a retirada destes lixos e entulhos que se encontram dentro da sanga.

Veja outras épocas desta sanga e outros recursos:

2005

2006

Arroio Teixeira

Sanga das Charqueadas

Esgotos nas Praias

 

Enquanto as burocracias e falta de comando na Secretaria de Meio Ambiente local permanecerem, pouco será feito para salvar esta ou outras sangas do município, com isso acarretando graves prejuízos ambientais para a coletividade.