Lixão da Camélia

 

registros realizados em 23 de abril de 2007 - 17hs

Máquina da prefeitura retira deste buraco e cobre lixos alguns metros adiante.

O lixo acumulado neste local, não obedece a norma para compactação dos resíduos, afim de impedir a produção do metano e chorume, provinientes da decomposição dos lixos.

Muitas moscas existem neste ambiente, além de cachorros e outros insetos e o cheiro é insuportável.

O local onde as terras são retiradas, acabam recebendo lixos também, mas sem proteção necessária para evitar contaminação.

A lagoa de Tratamento...

Junto a uma área distante 300 metros de onde são colocados os lixos, ficam as lagoas de tratamento do chorume.

Um dos telhados no local desabou por sobre a bacia de tratamento, provavelmente durante algum ventaval, visto a estrutura estar com madeiras podres.

Pagina Anterior