Educação Ambiental

Ecologia (do grego: οἶκος, Oikos, "casa";-λογία,-logia, "estudo de") é o estudo científico interdisciplinar da distribuição e abundância de organismos e suas interações com o meio ambiente. O ambiente de um organismo inclui todos os fatores externos, incluindo os abióticos, como clima e geologia, e fatores bióticos incluindo os membros da mesma espécie e de outras espécies que compartilham o mesmo habitat. Se a biologia como ciência geral da vida é vista como uma hierarquia de níveis de organização, a partir de processos moleculares para chegar às células, tecidos e órgãos e, finalmente,   ao indivíduo, à população e ao ecossistema, então o estudo dos últimos três níveis pertence ao contexto da ecologia.

Exemplos de objetos dos estudos ecológicos incluem: processos populacionais incluindo o comportamento reprodutivo, a mortalidade, as migrações e a bioenergética, as interações interespecíficas como predação, competição, parasitismo e mutualismo, estruturas comunitárias de vegetais e animais e sua função e resiliência, e ciclos biogeoquímicos. Devido a sua grande extensão, a ciência ecológica está fortemente relacionada a outras disciplinas. Assim, a ecologia molecular aborda questões ecológicas utilizando ferramentas da genética, da paleoecologia, da arqueologia, e frequentemente os teóricos da ecologia utilizam modelos matemáticos complexos para descrever os ecossistemas e seus elementos.

Além de ciência teórica, a ecologia também é uma ciência altamente aplicada. Grande parte da gestão dos recursos naturais, como a silvicultura, a pesca, a vida selvagem e a conservação do meio ambiente está diretamente relacionada às ciências ecológicas e muitos problemas da agricultura, do desenvolvimento urbano e da saúde pública são subsidiados por considerações ecológicas.
 
O termo "ecologia" também foi apropriado por algumas ideologias filosóficas como a ecologia social e ecologia profunda, também é utilizado como sinônimo para meio ambiente natural ou ambientalismo. Da mesma forma, "ecológico" significa meio ambiente saudável. Wikipedia

"A educação ambiental tornou-se lei em 27 de Abril de 1999. A Lei N° 9.795 – Lei da Educação Ambiental, em seu Art. 2° afirma: "A educação ambiental é um componente essencial e permanente da educação nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e modalidades do processo educativo, em caráter formal e não-formal”... Ajudar a compreender com clareza a existência e a importância da interdependência econômica, social, política e ecológica nas zonas urbanas e rurais. Proporcionar a todas as pessoas a possibilidade de adquirir os conhecimentos, o sentido dos valores, as atitudes, o interesse ativo e as aptidões necessárias para proteger e melhorar o ambiente...“. Rui Gaibino: Educação Ambiental,.e Marcos temporais da educação ambiental

"... A Educação Sócio-Ambiental tem como objetivo criar e aperfeiçoar relações entre a pessoa e sua vizinhança...” Educação Sócio-Ambiental” .. A poluição pode ser considerada a liberação de elementos, radiações, vibrações, ruídos e substâncias ou agentes contaminantes em um ambiente, prejudicando os ecossistemas biológicos ou os seres humanos ..": Wikipedia

“O projeto Apoema - Educação Ambiental iniciou a partir da apresentação de uma proposta metodológica para a inserção da EA à rotina escolar nas séries iniciais da educação básica, através do livro "Planejamento Ambiental para Professores da Pré-escola à Terceira Série do Primeiro Grau" (nomenclatura vigente na época da edição/97)”. Projeto Apoema

O Programa Ambiental: A Última Arca de Noé, foi criado em agosto de 1995, por Antonio Silveira R. dos Santos, então juiz de direito na ativa ... Atualmente, se impresso, o site daria mais de 8 mil páginas ... O Programa Ambiental mantém, ainda, para consultas e estudos, um riquíssimo acervo áudio visual arquivado em mais de 600 CDs de vídeos e sons da natureza, produzidos por seu criador Antonio Silveira, utilizado as mais modernas tecnologias na área de gravação de sons e imagens, material que também serve para ilustrar as palestras.Programa Ambiental: A ÚLTIMA ARCA DE NOÉ

“A poluição sonora em algumas escolas é tanta que pode levar ao estresse e até à perda de audição. Mas, com medidas simples, é possível diminuir a barulheira na classe ".CUIDADO! Barulho demais faz mal à saúde

"Professores e alunos da cidade de São Paulo são vítimas de situações extremas de poluição sonora nas escolas, normalmente localizadas próximo de locais barulhentos, como grandes avenidas. A constatação vem de um levantamento prévio realizado em escolas municipais pela equipe de Saúde Auditiva da Prefeitura. Em algumas medições, o nível de ruído ultrapassou os 100 decibels (dB) - a Organização Mundial de Saúde (OMS) ressalta que índices adequados para a aprendizagem devem ficar entre 38 e 48 dB".Barulho no pátio de recreio eqüivale ao de um helicóptero no momento do pouso

Projeto de Lei que define controle da emissão sonora em área urbana é aprovado por comissão da Câmara Federal.(Novembro/2005)

Introdução ao Conforto Acústico Ambiental

O que é um decibel?

Postado por Vicente Risi Junior



Subpáginas (1): Arquivos
Comments