Pós-doutorado

Estudo sobre a Sazonalidade e principais forçantes da circulação da Baía de Todos os Santos
Resumo do Projeto: A Baía de Todos os Santos é a segunda maior baía do Brasil e esta situada ao lado da terceira maior metrópole do país, abrigando, em seu entorno, uma população superior a 3 milhões de indivíduos, 10 terminais portuários de grande porte, um grande parque industrial e petroquímico. A importância econômica, social e ambiental da BTS para o estado da Bahia e para o Brasil é evidente, bem como a sua suscetibilidade a impactos antropogenicos.

Estudos que venham a ampliar o conhecimento oceanográfico da região são justificáveis não apenas como resposta à curiosidade cientifica, mas também como base para um melhor manejo da BTS, visando à preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável da região. Infelizmente tais estudos são ainda restritos.

Neste contexto, o presente projeto visa utilizar o modelo Regional Ocean Modeling System (ROMS) para investigar a sazonalidade da circulação sub-inercial da Baía de Todos os Santos (BTS), quantificar e qualificar as principais forçantes da circulação e do processo de troca com a plataforma. Além disso, pretende-se estudar o processo de transporte e dissipação dos materiais provenientes de cada tributário da BTS e sua sensibilidade aos diferentes forçantes. Ao final do projeto, teremos uma versão tridimensional do modelo ROMS pronta para ser operacionalizado para a região da BTS.
Início: Janeiro de 2011.

Supervisor: Dr. Carlos Lentini

Instituição Executora: Grupo de Oceanografia Tropical (GOAT)/ Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Financiamento: CNPq



Comments