Cidades

02 08 12
Cabedelo iniciou um novo marco urbano com a inauguração do shopping Público


Inaugurado com uma cerimônia em que foi mostrado num documentário, o antigo estado, o atual e como ficará ao final da obra, orçada em cerca de 8 milhões de reais (recursos próprios) o Shopping Público Municipal foi entregue no dia 29/06 à população em suas duas etapas, faltando agora, a terceira.

Considerado o maior shopping e o mais moderno do Estado em nível público, a obra entregue pelo prefeito José Francisco Régis, tem um porte de 07 mil metros quadrados e “conservou” os aspectos antigos do mercado público, mesclado com tecnologias e contornos atuais, preservando ainda o nome do ex-prefeito, Francisco Figueiredo de Lima.

Segundo o engenheiro Marinésio Ribeiro, responsável pela obra, todo o complexo terá estacionamento, áreas de carga e descarga, baterias de banheiros incluindo unidades para portadores d necessidades especiais, câmaras frigorificas, administração, divisões de comércio e serviços por seguimentos, praça de alimentação com área para shows contemplativos do por do sol, iluminação e ventilação semelhantes a natural, além de 302 lojas com disjuntores e portabilidade telefônica (individual). – É uma obra para ficar marcada na história desta cidade, sintetizou Ribeiro.

No discurso em nome do Poder Legislativo, o vereador Jonas Pequeno disse que estava feliz pelo Município receber um empreendimento de qualidade e que com recursos próprios sem a ajuda externa, o prefeito tenha conseguido erguer o que certamente mudou o aspecto urbano da cidade, principalmente, depois que toda a obra estiver concluída. – É magnifica, prefeito, eu me sinto honrado pelo convite e como Cabedelense, orgulhoso por saber que nós temos verdadeiramente um Mercado Público, sintetizou o parlamentar.

O secretário Eliomar Santos (Obras Públicas) deixou claro que conhecia mercados na Europa, América Latina, Estados Unidos, dentre outros continentes e países, mas obra como a que a prefeitura entregou de graça aos comerciantes de Cabedelo, com recursos próprios e de caráter não privado, mas público; só em Cabedelo ele viu. – Prefeito, isto aqui é uma coisa magnifica que se cada cidadão prestar bem atenção, não existe similar no brasil. Eu agradeço-lhe a oportunidade ter participado da construção deste shopping. Parabéns e que todos possam desfrutar com urbanidade e respeitando o propósito nobre com que se construiu esse Mercado, concluiu o secretário.

Para o prefeito Zé Régis, o fato de Cabedelo receber uma obra daquele porte significa para ele que o Povo de Cabedelo merece muito mais. – Eu me sinto como o Jonas falou, muito feliz! Primeiro porque apesar da campanha difamatória contra nós que fazemos esta administração, ninguém construiu mais casas para pessoas carentes do que nós! Ninguém honrou religiosamente o pagamento em dia de nossos funcionários como fazemos e faremos até o dia 31 de dezembro. Valorizamos mão de obra de Cabedelo e geramos muitos empregos aqui mesmo.

À exemplo, esse belíssimo documentário que os senhores e senhoras assistiram no telão foram feitos por filhos de Cabedelo: o fotografo e cinegrafista Daniell Mendes e o radialista e jornalista Marcos Matias, ambos tem um histórico de ótimos serviços prestados ao nosso povo e quero registrar aqui publicamente. Temos um portal mantido por essa equipe da Comunicação Social que abastece os nossos munícipes com o mundo de informação verdadeira, diferente daqueles que nos caluniam dia a dia.

Enfim, senhores; quero externar minha gratidão aos operários, secretários, diretores, coordenadores... à todos que nos acompanharam nessa batalha. Desejo uma boa noite à todos e vamos conhecer o novo Mercado que inclusive fizemos questão de manter o nome do ex-prefeito Francisco Figueiredo de Lima, porque respeitamos à quem ajudou a escrever a História desta cidade querida, finalizou o prefeito.

O cerimonial da @secomcabedelo cuidou de todos os detalhes da cerimônia com a supervisão do jornalista Ramalho Pinto, a apresentação do radialista Marcos Matias, reportagens e apoios técnicos dos coordenadores (radialista e jornalista) Silvino Cesar, dos radialistas Elias Martins, Josvan Macau, dos coordenadores Tuca Ramalho e Thiago silva.

Foram homenageadas as famílias dos senhores José da Silva (ex-administrador in memorian), representado por seu filho Ednaldo e irmãs; A senhora Aleginalda Maciel e uma das filhas do também ex-administrador do Mercado, Aderaldo Ferreira Maciel (in memorian), fundador do bloco “Bem-Te-Vi”. O evento contou no ‘corte’ da fita inaugural e descerramento da placa, do senhor Francisco Figueiredo de Lima Filho (Chiquinho) e sua irmã Jáira Figueiredo.

Estiveram presentes ainda o vice-prefeito Sebastião Plácido de Almeida, secretária do Trabalho e Ação Social Eneide Régis, Fabiana Régis (Finanças), Cel Vieira (Segurança e Defesa Social), Clemido Gomes(Esportes e Turismo) Geilson Pinheiro(Ouvidor Geral), Ironildo Oliveira(ex-secretário da Saúde de Cabedelo), Walber Farias Marques(Pesca e Meio Ambiente), Ramalho Pinto(Comunicação), dentre outras autoridades.


Matéria: @secomcabedelo
Reportagem: Silvino César/Marcos Matias/Daniell Mendes
Fotos Galeria: Daniell Mendes/ Elias Martins/ Marcos Matias/ Thiago Silva

28 07 12
Prefeitura de João Pessoa divulga mais pontos de internet grátis
Reestruturação também prevê instalação de 36 câmera de trânsito.
Projeto deve ser concluído até outubro, segundo a prefeitura.

A Prefeitura de João Pessoa divulgou nesta sexta-feira (27) a instalação de mais 36 câmeras de monitoramento, 20 pontos de internet e 260 pontos de conexão em prédio públicos espalhados pela capital paraibana. Não foi divulgado uma data exata de conclusão das instalações, embora, a previsão da prefeitura seja a de que até o mês de outubro todos os equipamentos estejam funcionando perfeitamente.

A implantação dos novos equipamentos faz parte da reforma do projeto Jampa Digital, que foi alvo de denúncias neste ano. O projeto é da prefeitura de João Pessoa, mas executado com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). Com as novas câmeras, a ruas de João Pessoa passaram a ser monitoradas por 68 câmeras, uma vez que, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) já administra 32 câmeras.


Segundo o superintendente da Semob, Nilton Pereira, além de ampliar as áreas que passam por monitoramento de trânsito, o sistema também auxiliará na fiscalização da ocupação urbana da cidade e do meio ambiente. A lista de novos pontos incluem a instalação de internet gratuita na Praça do Coqueiral, em Mangabeira, e na Praça da Amizade, no Rangel. Confira a lista completa dos novos pontos abaixo.

Para ele, o monitoramento eletrônico é uma ferramenta indispensável nos dias atuais, colaborando positivamente na mobilidade das grandes cidades. “A tecnologia de monitoramento remoto por câmeras é primordial para o trânsito de João Pessoa, por isso estamos investindo na compra e instalação de mais equipamentos”, disse.

Conforme o coordenador da Unidade Municipal de Tecnologia da Informação (UMTI) da Prefeitura de João Pessoa, Adrivagner Dantas, alguns dos novos pontos já tinham conexão com a internet, mas, por apresentarem falhas, estão passando por uma revisão total. “Já vistoriamos em torno de 100 locais, e devemos finalizar esse trabalho até o final de julho, restabelecendo todo o serviço”, afirmou ele. Nesses locais, o acesso do prédio à internet é sem fio, mas a rede interna funciona com cabos. Dantas disse ainda que, nos últimos três meses, foram corrigidas algumas falhas nos pontos de internet pública que já haviam sido instalados, a exemplo da orla de Tambaú.

O projeto Jampa Digital está orçado em R$ 6.256 milhões, sendo que R$ 4.756 milhões foram repassados pelo Governo Federal, por meio do MCT, e R$ 1,5 milhão é uma contrapartida da PMJP. Já foram gastos, até o momento, exatos R$ 5.279.991,00 com a aquisição de equipamentos, o que corresponde a 84,40% do valor total. Os R$ 996.143,00 restantes, referentes à prestação dos serviços, só serão pagos no final da implantação do projeto. Os recursos não utilizados estão em conta de aplicação.

Pontos de internet pública em João Pessoa

Orla de Tambaú – em frente ao Hotel Tambaú
Orla de Tambaú – em frente à feirinha de Tambaú
Orla de Tambaú – em frente ao Bob’s
Orla de Tambaú – em frente à Toka da Esfiha
Orla de Tambaú – em frente à sorveteria Pigelatti
Orla de Tambaú – Busto de Tamandaré Tambaú
Terraço panorâmico da Estação Cabo Branco
Praça do Coqueiral (Mangabeira)
Praça Bela (Funcionários II)
Praça Soares Madruga (Valentina)
Ponto dos Cem Réis (Centro)
Praça Pascoal Carrilho (Geisel)
Praça da Amizade - Rua 2 de Fevereiro (Rangel)
Praça da Mangueira - Rua Maria do Socorro Fonseca (Alto do Mateus)
Praça da Paz - Rua Empresário João Rodrigues Alves (Bancários)
Paço Municipal (Centro)
Praça Lauro Wanderley - Av. Mauricio Furtado (Oitizeiro)
Praça Cristo Redentor - Rua ten. Mota Cristo (Cristo Redentor)
Praça do Castelo Branco - Rua José Martins da Silva (Castelo Branco)
Centro Administrativo Municipal (Água Fria)

Câmeras de monitoramento

Feirinha de Tambaú (Tambaú)
Av. José Américo de Almeida com Av. Cabo Branco (Cabo Branco)
Giradouro da Avenida Josefa Taveira (Mangabeira)
Cruzamento da BR230 com Av. Tancredo Neves (Manaíra)
Av. Cruz das Armas, em frente à Maternidade Frei Damião (Cruz das Armas)
Em frente à Churrascaria A Gauchinha (Ernani Sátiro)
BR230, em frente ao Estádio Almeidão, rotatória de acesso ao Geisel
Av. Josefa Taveira, nas imediações da Praça Cristo Rei (Mangabeira)
Praça do Coqueiral (Mangabeira)
Rotatória da Estrada da Penha com PB 008 (Altiplano)
BR230 - viaduto, acesso para o Oitizeiro (Oitizeiro)
Conjunto Gervásio Maia
Parque Solon de Lucena (anel interno próximo às paradas de ônibus)
Ponto de Cem Réis (Centro)
Cruzamento da Av. B. Rohan com Av. Guedes Pereira (Centro)
Terminal de Integração
Condomínio Val Paraíso, Carrefour e Bessa Shopping - R. Francisco
Leocádio Ribeiro Coutinho (Bessa)
Av. Getúlio Vargas x Tabajaras (Centro)
Mercado Central - Av. Dom Pedro II (Centro)
Praça do Alto do Mateus (Alto do Mateus)
Praça da Amizade - Av. 2 de Fevereiro (Rangel)
Bifurcação Av. Epitácio Pessoa X Ruy Carneiro
Encontro da BR230 com Rua Francisco Leocádio e Rua Coutinho (Aeroclube)
Av. Epitácio Pessoa x Av. Amazonas (Bairro dos Estados)
Av. Cruz das Armas x R. Maria Amélia Torres (Cruz das Armas)
Av. Sérgio Guerra , em frente ao Shopping Sul (Bancários)
Praça da Paz (Bancários)
Feira de troca da pracinha em frente à CBTU (Varadouro)
Av. Ministro José Américo de Almeida x Av. Rui Barbosa - canteiro central em frente a PneuMix - (Torre)
Rua Eugênio Toscano – 4ª rua por trás do Paço Municipal (Centro)
Praça Soares Madruga (Valentina)
Av. Epitácio Pessoa x General Bento Gama
Terraço da Estação Cabo Branco
Cinco Bocas (Mandacaru)
17 07 12
Carros de som devem ter licença da Semam para propaganda eleitoral

Os proprietários de carros de som, trios elétricos e motocicletas, entre outros, que atuarão com propaganda eleitoral, têm que retirar Licença Ambiental ou Autorização Ambiental na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam). Para os veículos que circularão apenas durante a campanha eleitoral, será emitida a Autorização Ambiental. Já para os carros de som que circulam em qualquer período do ano é necessária a retirada da Licença Ambiental.

O valor do pagamento da Guia de Recolhimento é calculado com base na Unidade de Referência Fiscal (Ufir), considerando as características do veículo e a potência do equipamento de som. Não está autorizada a propaganda eleitoral em equipamentos de som instalados nos porta malas de carros de passeio.

Depois de dar entrada na documentação, os técnicos da Semam farão a aferição do som. A chefe da Divisão de Fiscalização da Semam, Anna Patrícia Ferreira de Araújo, explicou que é preciso respeitar o limite de horário, das 8h da manhã às 22h, todos os dias da semana, estabelecido pela Resolução nº. 23.370/2011, do Tribunal Superior Eleitoral.

Outras informações podem ser obtidas na Semam, pelo telefone 3218-9200, ou na sede da secretaria, localizada no Centro Administrativo Municipal (CAM), na Rua Diógenes Chianca, 1777, em Água Fria, das 14h às 18h, horário de atendimento ao público.

Documentação – Os usuários devem dar entrada na documentação na Divisão de Fiscalização da Semam, levando:
Documentos pessoais;
Documento do veículo como o DUT, que traz a especificação do Detran (se é trio elétrico, recreativo, reboque, motocicleta equipada com caixa de som, de acordo com a resolução do Contran);
Foto demonstrando o veículo, o equipamento de som e a placa, devidamente inspecionado e carimbado pelo Detran;
Cópia do Certificado de Segurança Veicular (CSV), nos casos de motocicletas;
Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) do responsável elétrico e mecânico, nos casos de veículos com três eixos;
Autorização do proprietário do veículo para utilização do mesmo como veículo de propaganda;
Comprovação do vínculo entre o solicitante e o proprietário, quando o veículo estiver em posse de terceiros (casos de alugados ou com contrato de compra e venda);
Guia de Recolhimento, emitida na Semam, devidamente quitada.
14 07 12
Área de preservação é saqueada frequentemente
Denúncia Exclusiva
 
Todos que passam na BR 230 podem ver, quase na entrada da Cidade de Cabedelo, a Mata do Estado (Google Mapas), um local de preservação permanente e assim deve ser conservada. 

 
O que nos constrange é ver que 80% da grade colocada para impedir a entrada de pessoas e a saída de animais silvestres foram subtraídas de forma marginal, podemos ver que são cortadas com alicates e levadas para venda ou para serem utilizadas por pessoas que não tem o menos respeito com o bem público e se apropriam indevidamente do que não é seu. 

 
Além da visível ausência da grade, o local esta sujeito a todo tipo de interferência do Ser Humano, inclusive o desmatamento para todos os fins, o que vem a comprometer a Área de Preservação. 

Certo de que o local aberto pode ser palco de inúmeros ilícitos e tendo o conhecimento de que existe um efetivo de guardas florestais, agentes e fiscais do IBAMA e outros órgãos que por ali trafegam todas as horas do dias, não se justifica a falta de manutenção e a colocação de uma proteção cercando o local. Até por que não adianta colocar cerca de proteção na frente da BR e na lateral nunca ter sido colocado nada para impedir a invasão de pessoas e a saída suicida dos animais. É praticamente chover no molhado. 



Rua João Targino Delgado, sem qualquer tipo de proteção, aberta a quem quiser!

Veja a opinião de pessoas que vivem e passam todos os dias pelo local: 

“É comum e notório vermos pessoas, à noite, de madrugada, de dia, cortando as grades e retalhando em pequenos pedaços para vender, outros retiram grandes pedaços para com certeza colocarem em suas próprias cercas, denunciamos, ligamos para 190 e nada acontece.” Reclamou um morador da vizinhança. 

 
“Queremos providencias urgentes, pois não podemos conviver com a insegurança de pessoas estranhas, entrando e saindo da mata, sabe-se lá para que e com que fim. Ficamos todos, a mercê do acaso. Eles podem até matar alguém aí e ninguém encontra.” Observou uma dona de casa que passava pelo local. 

 
“Nós que moramos aqui perto, temos que passar por aqui sempre acompanhados, é muito arriscado para quem faz caminhada, corrida, trafegar por aqui, estamos todos, sujeitos a violências, imaginem as jovens mulheres que podem ser levadas para o local aberto e serem vítimas de todos os tipos de violências, estupros e até de morte.” Falou um senhor que faz caminhada todos os dias pelo local. 

Segundo a nossa o
bservação técnica: 

1) O local deve ser protegido por um tipo de material que não possa ser vendido, assim evita a retirada com esse fim; 

 
2) Rondas devem ser feitas no entorno e dentro da mata por efetivo da guarda florestal e guarda municipal, evitando e coibindo o fluxo de pessoas, acostumadas a entrarem na mata por qualquer que seja o motivo;

3) Um trabalho de conscientização dos moradores do entorno com panfletos, estimulando a ligarem para diversos números de órgão responsáveis para que assim se possa ter a certeza que algo será efetivamente feito com o número de protocolo para que se possa acionar o Ministério Público quando se fizer necessário.

É importante se dar a importância necessária ás nossas reservas florestais, pois elas são os pulmões que purificam o ar que respiramos e de nada adianta um pulmão poluído e doente. 
Solicitamos providencias dos órgãos responsáveis e que a Secretaria de Meio Ambiente do Município seja parceira nas reivindicações para solucionar esse fato lamentável em nossas reservas florestais, certo que não se trata apenas de um fato isolado, todos os locais de preservação sofrem com a invasão e retirada ilegal da fauna e flora.

Matéria Exclusiva: Portal Cabedelo Notícia – Imagens: Fred William

02 08 12
João Pessoa ganhará casas, ruas, USFs, escolas e mercado reformados
 
O prefeito Luciano Agra anunciou nesta terça-feira (31) as obras e ações da Prefeitura Municipal de João Pessoa que serão entregues à população neste mês de agosto, aniversário de 427 anos de fundação da cidade. O anúncio aconteceu durante solenidade de abertura dos trabalhos da Câmara Municipal, que contou com a presença de 17 parlamentares, auxiliares da gestão, conselheiros e articuladores do Orçamento Democrático (OD) e moradores da Capital.

Em seu pronunciamento, Agra destacou que a prefeitura preparou um calendário especial de inaugurações para o aniversário da cidade, assim como aconteceu no ano passado. Para este ano, serão diversas obras nas áreas de saúde, moradia, educação e infraestrutura a serem entregues em diversos bairros da cidade.

Segundo ele, foi programada uma lista de ações que estão sendo finalizadas pelo Governo Municipal, como um conjunto de presentes para a população da terceira cidade mais antiga do país, durante o seu mês de aniversário. “Uma das primeiras será o início das obras de urbanização do Timbó, que receberá investimentos de R$ 9 milhões. Será uma resposta da prefeitura a uma demanda muito aguardada pelas famílias daquela comunidade”, disse ele.

Outra obra a ser oficialmente entregue neste mês será o novo Mercado de Cruz das Armas, que foi totalmente reformado, recebendo investimentos de mais de R$ 3,2 milhões. Na lista, também serão inauguradas as praças dos bairros do Costa e Silva e Geisel; a Lavanderia da Comunidade Padre Hildon Bandeira; e, no Alto do Mateus, o novo Centro da Juventude.

Na área de Educação, a prefeitura entregará oficialmente as reformas e ampliações de escolas nos bairros do Padre Zé, Jardim Veneza, Bancários e Cristo. Todas elas quase duplicaram sua capacidade, ganhando também ginásio coberto para a prática de esporte.


Luciano Agra também anunciou que em agosto serão entregues cerca de 200 novas casas construídas pelo Programa de SubsídioHabitacional (PSH), em vários bairros da Capital. A prefeitura ainda iniciará as obras de construção do novo residencial no Jardim Veneza, dentro do programa Minha Casa Minha Vida II.

Obras e ações – Na área de saúde, o Governo Municipal fará a entrega das obras do Centro de Práticas Integrativas e Complementares, nos Bancários (para atender aos usuários do SUS, com práticas alternativas de atendimento complementar à saúde), e a nova sede do Centro de Imunização, que deverá funcionar no bairro da Torre.

Também serão inauguradas em agosto a nova Unidade de Saúde da Família no bairro do Bessa, e as reformas de outras já existentes nos bairros da Penha e do São José. O gestor também fará entrega oficial das obras de reforma da Farmácia do Instituto Cândida Vargas, em Jaguaribe.

Outra novidade para o mês de aniversário da cidade são as novas sedes próprias de atendimento do programa Bolsa Família e do Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra.

Para finalizar a programação, ainda estão previstas a inauguração para a população de aproximadamente 40 ruas pavimentas em vários bairros da Capital; uma nova liberação de empréstimos pelo Empreender-JP; a entrega de novos veículos para a Emlur; e a realização do evento O “Augusto das Letras”, que vai homenagear o paraibano, autor do livro “Eu”, obra que este ano completa um século.

Agosto também contará com o plantio de novas árvores pela PMJP. “Serão 427 árvores plantadas só no mês de agosto, dentro do programa ‘João Pessoa Mais Verde’, em homenagem à nova idade da Capital paraibana”, ressaltou Luciano Agra .
SECOM-JP
28 07 12
João Pessoa terá 68 câmeras de monitoramento até o mês de outubro


A cidade de João Pessoa ganhará mais 36 câmeras de monitoramento até o mês de outubro, totalizando 68 equipamentos espalhados por toda a Capital e contribuindo com a fiscalização do trânsito e a segurança pública. Atualmente, o município possui 32 câmeras monitoradas pela Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob).

A instalação dos novos equipamentos faz parte do programa Jampa Digital, que prevê ainda a implantação de 20 pontos de internet sem fio e 260 pontos de conexão em prédios públicos. As câmeras de monitoramento serão operadas pela Semob, em parceria pela Guarda Municipal e Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb).

Segundo o superintendente da Semob, Nilton Pereira, além de ampliar as áreas que passam por monitoramento de trânsito, o sistema também auxiliará na fiscalização da ocupação urbana da cidade e do meio ambiente.

Para ele, o monitoramento eletrônico é uma ferramenta indispensável nos dias atuais, colaborando positivamente na mobilidade das grandes cidades. “A tecnologia de monitoramento remoto por câmeras é primordial para o trânsito de João Pessoa, por isso estamos investindo na compra e instalação de mais equipamentos”, disse.

Programa – O Programa de internet pública e gratuita Jampa Digital estará funcionando completamente até o mês de outubro, com 20 pontos de internet sem fio, 260 pontos de conexão em prédios públicos e 36 câmeras de monitoramento. O projeto é da Prefeitura de João Pessoa, executado com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).


Os serviços de internet sem fio já estão disponíveis à população em praças, no terraço panorâmico da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes e no trecho da orla que vai do Hotel Tambaú ao Busto de Tamandaré.

Problemas sanados – Duzentos e sessenta prédios públicos, como escolas, postos de saúde, estações digitais e centros de cidadania, entre outros órgãos da PMJP, estão tendo o restabelecimento do acesso à internet, dentro do Jampa Digital. Conforme o coordenador da Unidade Municipal de Tecnologia da Informação (UMTI) da PMJP, Adrivagner Dantas, os pontos já tinham conexão com a internet, mas, por apresentarem falhas, estão passando por uma revisão total.

De acordo com ele, muitas escolas passaram por reformas e outras mudaram de endereço. Em outros prédios, a conexão não estava adequada. “Já vistoriamos em torno de 100 locais, e devemos finalizar esse trabalho até o final de julho, restabelecendo todo o serviço”, afirmou ele. Nesses locais, o acesso do prédio à internet é sem fio, mas a rede interna funciona com cabos.

Dantas disse ainda que, nos últimos três meses, foram corrigidas algumas falhas nos pontos de internet pública que já haviam sido instalados, a exemplo da orla de Tambaú, e a implantação de nove pontos novos. “Houve também a ativação da estação rádio base do bairro do Alto do Mateus, que auxilia no funcionamento da rede”, explicou.

Ele afirmou que o trabalho está dentro das metas estipuladas, mas as chuvas têm atrapalhado as atividades de campo, chegando a provocar interrupção nos dias de chuvas mais intensas.
 Saiba mais
23 07 12
SMS e Semob promovem ações alusivas ao dia do motorista e motociclista
 
De 24 a 27 de julho vários setores da cidade estarão mobilizados pela semana do motorista e motociclista. A ação é resultado de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), com apoio de diversas entidades, objetivando alertar a sociedade civil sobre a crescente incidência de acidentes e mortalidade no trânsito.

Dentre as ações promovidas, haverá distribuição de material educativo com a população e colocação de banners nas autoescolas, bem como material educativo e faixas em concessionárias. Segundo Rogéria Chelly Diniz, uma das organizadoras do evento, no primeiro dia do evento, a equipe da SMS e parceiros estarão em seis autoescolas, oferecendo material educativo. “Nessa ação, profissionais habilitados orientarão sobre os serviços e a segurança no trânsito”, disse.

Ações – As ações acontecerão diariamente, a partir das 8h30 desta terça-feira (24), com entrega de panfletos e orientações sobre educação no trânsito. O local será o Terminal de Integração do Varadouro, próximo ao ponto de táxi. No mesmo dia, a partir das 14h, a ação educativa acontece no Parque Solon de Lucena, Lagoa.

Na quarta-feira (25), quando é comemorado o Dia do Motorista, será realizada uma blitz educativa, das 16h às 18h, na Avenida Epitácio Pessoa, em frente ao Supermercado Extra. Já no dia 27 (sexta-feira), Dia do Motociclista, será realizada uma motorriata, da Praça da Independência ao Busto de Tamandaré. O evento começa às 16h.

Parceiros – Esta iniciativa tem como parceiros o Detran, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Guarda Municipal, o Departamento de o Estradas de Rodagem (DER), o Corpo de Bombeiros, o Sest Senat, a Polícia Solidária, o BPTran, Comitê de Acidentes e Violências, o Samu, a Associação de Motociclistas, o Sindicato dos Taxistas, auto-escolas e concessionárias. 
Confira na tabela o cronograma de atividades
17 07 12
Paraíba ganha escola técnica pública em saúde
Foto: José Marques/Secom-PB

A Paraíba ganhou a primeira escola técnica pública em saúde. O governador Ricardo Coutinho inaugurou na manhã desta segunda-feira (16), em Sapé, a Escola Estadual de Ensino Médio e Profissionalizante Professora Cloris Torres de Oliveira, que vai oferecer inicialmente os cursos Formação Técnica de Agente de Saúde, Técnico em Saúde Bucal, além de Técnico de Enfermagem, por meio de cooperação técnica entre as secretarias de Educação e de Saúde.

O Governo do Estado investiu mais de R$ 1 milhão para construir e para equipar a escola técnica em Sapé. Foram investidos R$ 886 mil e mais de R$ 180 mil com equipamentos para os laboratórios de informática, enfermagem, ciências e a biblioteca climatizada. As aulas dos cursos de formação técnica começam no mês de agosto e as inscrições já estão abertas no próprio estabelecimento de ensino para os estudantes que terminarem o Ensino Médio de 16 municípios na região.

O governador Ricardo Coutinho disse que a escolha de Sapé para abrigar a escola técnica em saúde se deu pelo vácuo que existe na região de formação de recursos humanos nesta área. “O Sistema Único de Saúde (SUS) emprega muita gente neste Brasil e vamos formar um polo em saúde para a formação de mão de obra de Sapé, Cruz do Espírito Santo, Sobrado, Mari, Guarabira e Pirpirituba. Hoje os estudantes destes municípios só conseguem uma formação se pagarem R$ 400 para estudar numa escola técnica privada em João Pessoa. Essa é uma realidade difícil para muita gente”, observou.

Novas Escolas Técnicas – Ricardo Coutinho anunciou que vai abrir licitação de escolas técnicas estaduais do “Brasil Profissionalizado” em Mamanguape, Bayeux e João Pessoa e, em seguida, para as cidades de Cajazeiras, Cuité e São Bento. Ele destacou que o perfil das escolas será definido de acordo com a potencialidade de cada região. “Queremos fazer um mix de oportunidades para os nossos estudantes e para que a Paraíba se encontre economicamente de acordo com as suas potencialidades regionais”, ressaltou.
Foto: José Marques/Secom-PB
 
12 07 12
Boiada no Portal do Poço

Durante todo o ano essa boiada passa logo cedo nas manhas e ao final da tarde. Mas um momento ficará sempre marcado em nossas memórias, é no inverno, tudo alagado, parecendo um pantanal, na avenida principal, por onde os veículos não conseguem passar a boiada passa, levantando no lugar da poeira a água que faz um barulho peculiar, inesquecível, que fica em nossa mente, e com certeza será uma das muitas belas memórias de um tempo em que não tínhamos, saneamento básico, ruas calçadas, sistema de drenagem das águas das chuvas e que podíamos ver cardumes de peixes, passeando pelas ruas e no final do inverno muitas mulheres e homens se espojando na lama para pegar camarão com as mãos e outras colhendo caramujos, é uma memória engraçada pois estamos em pleno ano 2012 tempo de altas tecnologias e outros progressos, mas aqui, no Portal do Poço, em Cabedelo o tempo não passa.
Texto e imagens: Fred William
08 07 12
CAOS PARA OS MORADORES DO PORTAL DO POÇO EM CABEDELO
Em Cabedelo, no Portal do Poço, um pequeno Bairro está praticamente se afogando debaixo das águas da chuva, aliás, como todos os anos acontecem.
Foto: Em Cabedelo, no Portal do Poço, um pequeno Bairro está praticamente se afogando debaixo das águas da chuva, aliás, como todos os anos acontecem.  Esperamos que essa nova leva de políticos possam ser sensíveis a essa problema que atrasa o nosso desenvolvimento sócio econômico e impede que se possa investir mais em moradia e empresas para gerar mais divisas para o nosso município. Isso como está é colaborar para o atraso das pessoas e um desrespeito como os contribuintes em todas as esferas do governo. Durante anos fizemos essas mesmas denúncias, durante anos a imprensa tem registrado em matérias de TV o mesmo cenário, mas o Ministério Publico não se manifesta e muito menos os gestores, o que temos de fazer para demonstrar o nosso repúdio? Interditar a BR e forçar os veículos a terem de passar por dentro de nosso bairro para entenderem que dessa forma não se pode viver de forma sadia em um município que não deveria ter nenhuma rua sem drenagem ou calçamento?
Esperamos que essa nova leva de políticos possam ser sensíveis a essa problema que atrasa o nosso desenvolvimento sócio econômico e impede que se possa investir mais em moradia e empresas para gerar mais divisas para o nosso município. Isso como está é colaborar para o atraso das pessoas e um desrespeito como os contribuintes em todas as esferas do governo.
 
Durante anos fizemos essas mesmas denúncias, durante anos a imprensa tem registrado em matérias de TV o mesmo cenário, mas o Ministério Publico não se manifesta e muito menos os gestores, o que temos de fazer para demonstrar o nosso repúdio? Interditar a BR e forçar os veículos a terem de passar por dentro de nosso bairro para entenderem que dessa forma não se pode viver de forma sadia em um município que não deveria ter nenhuma rua sem drenagem ou calçamento?


As casas invadidas pelas águas que demoram meses para baixar o nível e secar.


O risco em que estão expostos nossos filhos e familiares, nenhum prefeito ou vereador vai poder pagar- é uma questão de se provocar o ministério público para que obrigue o Estado e o Município a resolver essa questão.


   Pense que junto desse alagamento estão animais peçonhentos, dejetos de fossas que transbordam, etc. etc. etc. 
Denuncia de Cabedelo Notícia - Por: Fred William
 
22 06 12
Fora do páreo: Cabedelo não receberá fábrica de veículos por “falta de estrutura viária”

Os municípios de Santa Rita e Alhandra, além da região entre Campina Grande e Queimadas ainda estão no páreo para receber a primeira fábrica de veículos da Paraíba, do grupo Caoa. O município de Cabedelo ainda chegou a ser cogitado, mas foi descartado por falta de estrutura viária, conforme revelou nesta quinta-feira (21) o gerente da Hyundai Caoa de João Pessoa, Danilo Tyrone.

Ele confirmou que a maior probabilidade é que os veículos produzidos sejam da marca chinesa Great Wall, mas que “ainda pode mudar”. Pois ainda estão em negociação.

Com o anúncio, ficam de fora da disputa os municípios de João Pessoae do Conde, que também pleiteavam sediar o empreendimento. Segundo o gerente da Hyundai Caoa, a implantação da fábrica deverá aumentar em aproximadamente cinco mil veículos de grande porte trafegando nas rodovias do Estado, principalmente no entorno do município sede. “O município que está sendo mais cotado é Alhandra, por causa da proximidade com o porto (de Cabedelo), a estrutura viária e também a capacidade de crescimento junto com a fábrica”, comentou.

Danilo informou que a visita do presidente e fundador do grupo, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, à Paraíba, que estava prevista para o próximo dia 25, não está confirmada porque alguns representantes de secretarias e órgãos públicos provavelmente não estarão presentes no Estado. “Mas também não está cancelada. Estamos organizando todos os preparativos para definir a melhor data”, disse.

Juntamente com Carlos Alberto, virá à Paraíba uma comitiva de empresários que fazem parte da cadeia de produção automotiva, além dos técnicos e engenheiros que avaliarão as condições físicas dos municípios que serão visitados.

O Grupo Caoa é o maior revendedor da Ford na América Latina. Além da marca, o grupo também tem revendas Subaru, que comprou de Benjamin Steinbruch, e é importador exclusivo da Hyundai. Conforme Carlos Alberto, a unidade irá fabricar seis modelos de veículos, um deles nacional. O projeto inicial prevê a atração de até 40 empresas fornecedoras diretas. O investimento será da ordem de R$ 600 milhões e, conforme projeção do empresário, a expectativa é de que, aproximadamente, 80 mil empregos diretos e indiretos sejam criados.

Jornal Correio da Paraíba
23 05 12
João Pessoa X Cabedelo: Interpa afirma que os dois municípios têm diferença de limite territorial


A Paraíba tem 223 municípios e quase todos tem problemas com a definição dos limites territoriais e pelo menos 60 prefeitos já pediram ao Interpa e ao IBGE, que seja feito um novo mapa redefinindo os limites territoriais do município.

A informação é do presidente do Instituto de terras e Planejamento Agrícola do estado da Paraíba – Interpa, Nivaldo Magalhães, acrescentando que o Instituto já tem um convênio com o IBGE visando a solução do problema.

Ele explicou que a lei que define os limites territoriais dos municípios paraibanos é de 1949, quando o estado tinha apenas 41 municípios e com o passar dos anos os municípios foram se dividindo e dando origem a novos municípios e novos aglomerados urbanos sugiram dando origem a localidades, distritos e com o crescimento as cidades.

Nivaldo explicou que já foram detectados problemas nos limites territoriais de menos 50 ou 60 municípios. Ele explicou que o problema só surge quando os prefeitos descobrem que um determinado vilarejo ou distrito esta fora dos limites do município e esta sendo mantido pela prefeitura.

Outro fator apontado por ele é o valor das cotas do Fundo de Participação dos Municípios cujo valor é definido com base na população e o repasse de outros verbas para a saúde e educação e o colégio eleitoral, que vai incidir na disputa dos votos em uma eleição.

Nivaldo disse que só existem três formas de resolver o problema, através de um acordo entre os municípios envolvidos e a solução da pendência de forma amigável; na justiça com a instauração de um processo ou com a realização de um plebiscito para consultando a população da localidade em disputa com quem eles desejam ficar.

O presidente do Interpa contou que para a redefinição do limite territorial, os prefeitos devem estar de comum acordo, para em seguida dar entrada num processo junto ao Interpa e IBGE, que enviam técnicos para a localidade em disputa para fazer um novo desenho do mapa municipal.

Citando exemplo de municípios ainda já houve o questionamento dos limites, ele citou João Pessoa e Cabedelo, Bananeira e Solanea, Bayuex e Santa Rita, Sumé e Serra Branca, Esperança, Areal e Lagoa de Roça e outros municípios.

Redação Soltando o Verbo com Jonas Batista do Portal Paraíba

23 05 12
Porto começa a operar com malte e recebe carga de 11 mil toneladas


O Porto de Cabedelo, pela primeira vez, está operando com malte. O navio Vitória, de bandeira Maltesa, vindo da Argentina, está descarregando uma carga de 11 mil toneladas de malte para atender a demanda de uma grande indústria cervejeira na Paraíba e em outros estados. A operação começou na tarde desta segunda-feira (21) e será concluída na próxima sexta-feira (25). O produto está sendo armazenado em seis silos implantados no porto. Juntos, eles têm capacidade de 36 mil metros cúbicos de armazenagem, garantindo uma movimentação extra no porto de mais 100 toneladas/ano. No período de 15 a 20 dias, mais de 400 caminhões transportarão o malte para a fábrica da AmBev, no distrito industrial de João Pessoa. O produto também seguirá para unidades da empresa no Ceará, Maranhão e Pernambuco.

O vice-governador Rômulo Gouveia visitou o Porto de Cabedelo na tarde desta terça-feira (22) para conferir a operação de descarga das primeiras 11 mil toneladas de malte, um novo produto que passa a integrar as atividades daquele importante equipamento, que já operava com combustíveis, insumos do cimento e trigo.

Rômulo Gouveia destacou a importância da nova atividade no porto, que em 2011 cresceu 30%, e reafirmou que o porto é viável e tem demanda. “Nós temos demanda e o governo está buscando investimentos junto ao Governo Federal. Para se ter uma ideia, 10% da movimentação do porto de Suape, em Pernambuco, são de empresas paraibanas, então isto significa dizer que na hora em que o Porto de Cabedelo for colocado à disposição do empresariado paraibano, reestruturado, eles vão estar aderindo”.

O vice-governador revelou que o governador Ricardo Coutinho e ele, com a ajuda da bancada federal paraibana, têm somado esforços no sentido de reestruturar o Porto de Cabedelo como a retomada da dragagem e de outras ações. O terminal pesqueiro, inaugurado em 2010 pelo Governo Federal e ainda não colocado em funcionamento, é outro pleito do Governo da Paraíba junto ao Ministério dos Portos.

O presidente da Companhia Docas da Paraíba, Wilbur Holmes Jácome, revelou que a nova atividade no porto representa uma vitória. “Você tem mais atracação no porto, mais ICMS, mais postos de trabalho sendo gerados, mais caminhões para transportar as cargas, então você tem uma cadeia econômica que começa a dar sinergia a um novo momento do porto depois de crescer 30% o ano passado”, comemorou. “A chegada do malte é mais uma oportunidade para as pessoas de Cabedelo poderem trabalhar, os operadores portuários oferecerem seus serviços e manter essa cadeia produtiva de recebimento e distribuição de cargas”, concluiu Wilbur.

O vice-presidente da Companhia Docas da Paraíba, Antonio Ricardo de Andrade, destacou que o mais importante é que a operação só foi possível graças ao empenho do Governo do Estado, que se esforçou em atender a demanda, no caso específico, a AmBev. Mas a estrutura vai servir para outras operações. A operação malte e cevada para a indústria AmBev gerou mais 35 empregos no porto. “A Paraíba ganha com o emprego direto, indireto, gerando renda”, destacou. O navio Vitória tem comprimento de 195 metros e 23 metros de boca. Nesta terça-feira, 33% da carga já havia sido retirada do navio.

Nova estrutura – O Porto de Cabedelo vai ganhar uma nova estrutura. A garantia foi dada durante audiência do presidente da Companhia Docas da Paraíba, Wilbur Holmes Jácome, com o Ministro dos Portos, Leônidas Cristino, recentemente em Brasília. O encontro aconteceu um dia depois do gabinete do governador Ricardo Coutinho protocolar, na Secretaria Especial de Portos, o projeto básico de construção do terminal de múltiplo uso, que inclui a reforma do cais.

Segundo Wilbur Jácome, o encaminhamento dos trabalhos chega em um bom momento, já que o porto atinge mais um resultado positivo. Em abril, movimentou 189.207 toneladas, incrementando em cerca de 4,5% os dados atingidos em 2011. A perspectiva para maio é ainda maior, com mais de 200 mil toneladas.

O Ministro Leônidas garantiu total apoio à construção do terminal de múltiplo uso. Outra boa notícia foi com relação ao serviço de dragagem que está paralisado. Por causa de problemas jurídicos entre a Secretaria de Portos e a construtora responsável pela obra, o Governo Federal vai fazer uma nova licitação. Segundo técnicos da SEP, esse processo deve levar pelo menos seis meses para ser retomado.

Fonte: Secom PB


Subpáginas (1): Bairros de Cabedelo
Comments