70) CONTENÇÃO EM TERRA ARMADA

O projeto de um muro de terra armada exige dois tipos de verificações, as relativas ao dimensionamento interno dos diversos elementos componentes da estrutura e as respeitantes ao dimensionamento externo.

De modo semelhante ao que acontece com qualquer obra de suporte de terras, no dimensionamento externo incluem-se as seguintes verificações:
1 – capacidade de carga do terreno de fundação;
2 – estabilidade em relação ao deslizamento pela base;
3 – estabilidade geral do conjunto composto pela obra e pela fundação.


ORIGEM DA TERRA ARMADA

A invenção da tecnologia Terra Armada por Henri Vidal, em 1960, é até hoje reconhecida como uma das grandes inovações da engenharia civil. A brilhante intuição e o dinamismo de Vidal fizeram surgir um grupo de empresas Terra Armada, disseminadas pelo mundo inteiro, grupo este conhecido como Tèrre Armée Internationale, ou Grupo TAI. Hoje, são mais de dois milhões de metros quadrados de estruturas Terra Armada, construídas pelo Grupo TAI nos cinco continentes. 

Terra armada:

Os elementos de reforço são tiras metálicas, que recebem tratamento especial anticorrosivo. Estas tiras são presas a blocos cônicos de concreto que protegem a face, para evitar o deslocamento excessivo. Estes blocos de concreto não possuem função estrutural.

Para a execução da Terra Armada é seguido os seguintes passos:

  1. Preparo e concretagem das formas para execução das escamas de concreto armado da terra armada;
  2. A montagem é basicamente uma operação de terraplenagem com a rapidez da construção, dependendo do ritmo em que a terra possa ser espalhada e compactada;
  3. Aplicação lateral das escamas pré-moldadas de concreto, ou malhas eletrosoldadas;
  4. O processo se repete e segue um ciclo simples;
  5. É feita a colocação de escamas que são os painéis pré-moldados de revestimento;
  6. Fixam-se as escamas a uma camada de armaduras, aplicando a barra de ferro que fica fixada à escama a uma quantidade significativa de concreto cônico;
  7. Então é feito o espalhamento e compactação das camadas de aterro selecionado sobre as armaduras até atingir o nível de fixação da próxima escama;
  8. O ritmo de montagem de Terra Armada é determinado pela velocidade em que o aterro é espalhado e compactado, desde que as peças pré-moldadas já estejam prontas. O tamanho da equipe de montagem, a facilidade de acesso ao local da obra e, evidentemente, as condições meteorológicas influenciam muito no processo de montagem.
Comments