112) Execução de Bate Choco

PARA SEGUIR NA PAGINA CLIQUE NO LINK ABAIXO


112) Execução de Bate Choco

PROCEDIMENTO OPERACIONAL

BATE-CHOCO

1. GENERALIDADES:

Compreende bate-choco a atividade de retirada dos blocos e lascas de rocha que se encontram praticamente soltos na superfície do talude ou em encostas, paredes de túneis ou escavações após desmonte de rocha.

1.1 - Vistoria previa ao local das atividades:

É sempre indicado elaborar uma vistoria técnica ao local dos serviços para poder avaliar o local do bate choco, cadastrando os pontos mais críticos numa planilha que se possa ter o controle efetivo da criticidade dos locais de risco, para que seja feita uma análise preliminar da atividade podendo se avaliar melhor as condições de risco. 

2. NORMAS E DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

· NR-35 - Trabalho em Altura;

3. MATERIAIS

Não se aplica.

4. EQUIPAMENTOS

Embora não haja nenhuma restrição de equipamentos mecânicos, manuais ou ferramentas para a operação de bate-choco, geralmente, o serviço deve ser feito com a utilização de ferramentas manuais como alavancas, chibancas ou outro meio para a retirada de blocos de rocha soltos ou instáveis.

Ferramentas Manuais para bate choco

Vídeo do YouTube



Deve se ter o cuidado durante o bate choco da atividade não ser feita logo abaixo da área do bate choco visto ao risco de desprendimento do bloco que pode cair sobre o funcionário no momento da verificação.

A alavanca deverá ser maior que a área de queda avaliada e ficar distante a pelo menos 45 graus sendo que caso o bloco a ser pesquisado venha se desprender e cair não atingir o funcionário no raio de giração avaliado para o risco da queda.

Em locais de difícil acesso, deverão ser adotados equipamentos e ferramentas alternativos como andaimes

5. OBJETIVO

Estabelecer padrões básicos de Segurança para atividades de bate-choco, indicando os riscos e os impactos
que poderão ser gerados e os procedimentos a serem adotados.

6. APLICAÇÃO

Aplicável às atividades executadas com bate-choco em taludes e tuneis, seja lateralmente como mesmo no teto.

7. NORMAS E DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

NR 01 – Disposições Gerais
NR 06 – Equipamento de Proteção Individual
NR 07 – Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional


8. DEFINIÇÕES E SIGLAS

APR: Análise Preliminar de Risco;
PTE: Permissão para Trabalhos Especiais;
ART - Anotação de Responsabilidade Técnica
ASO - Atestado de saúde ocupacional
EPC - Equipamento de proteção coletiva
EPI - Equipamento de proteção individual

9. CAPACITAÇÃO

1.1 Treinamentos

Os colaboradores que irão iniciar as atividades com as ferramentas deverão passar por um treinamento de integração e manuseio das ferramentas. Além disso, passar por um processo de acompanhamento nas atividades, a fim de assegurar a segurança de todos os colaboradores nas atividades.

10. INSTRUÇÃO DE TRABALHO – BATE-CHOCO

10.1 O bate-choco deverá ser permanentemente orientado e supervisionado por um geólogo e/ou engenheiro geotécnico, que deverá estar presente no local enquanto durar a execução dos serviços orientando os encarregados de frente.

10.2 Realizar analise das características do entorno da área destinada à atividade de bater choco seja manual ou mecanizada observando a existência de trincas ou deslocamentos, deverá ser feita com a participação de todos os envolvidos, deverá ser assinada por todos os empregados da contratada, permanecendo disponível para consulta a qualquer momento.

10.3 Realizar plano de perfuração de forma a garantir que todas as etapas da obra tenham antecipação para a prevenção de bate choco manual ou mecânico.

10.4 Realizar a delimitação da área ao entorno da área que será realizada o bate choco.

10.5 Realizar inspeção das ferramentas como chibanca, marreta, alavancas entre outros.

10.6 Realizar escoramento com madeira maciça, perfis metálicos, cambota metálica ou outros materiais com capacidade de conter o peso do material.

10.7 Realizar a retirada do material após bate choco e destiná-los a uma distância de 200 metros ou a ser definida pela equipe operacional (Engenheiro, Mestre de obras, encarregado e responsável pela área de segurança da contratada).

10.8 Realizar drenagem para que não haja risco de desmoronamento da área trabalhada.

10.9 Realizar análise de partículas em suspensão, gás ou agente agressivo capaz de trazer riscos
ocupacionais e provocar acidentes com máquinas e equipamentos.

10.10 Realizar análise ambiental para garantir a permissão de trabalho para todos os colaboradores
que irão realizar a atividade de bater choco seja manual ou mecânico.

10.11 Para a realização de serviços com equipamentos energizados deverá ser realizada proteção
dos circuitos de alimentação com relés de detecção de corrente de fuga e aterramento. As distâncias
de segurança determinadas deverão ser rigorosamente respeitadas.

10.12 Realizar avaliação de ausência de tensão nos pontos desenergizados.

10.13 A atividade de bate choco acima de 1,5 metros deverá ser montado andaimes, esses deverão estar de acordo com os critérios estabelecidos na NR-18 item 18.15, ou seja, deverão ser montados por profissional habilitado, ser providos de guarda-corpo, com as seguintes medidas 1,20m de altura, com travessão intermediário de 0,70 m e rodapé de 0,20 m etc.

10.14 As atividades no interior de túnel deverão ter iluminação artificial de acordo com a NR 5413.

10.15 Realizar a sinalização dos locais que apresentarem risco e também para delimitação de áreas de serviço, armazenamento de materiais, equipamentos, trânsito de veículos, máquinas e colaboradores.

10.16 Analisar a possibilidade de substituir bate choco manual por equipamento tipo jumbo ou similar de perfuração devido à interação remota neutralizando o risco de acidente ou incidentes com colaboradores minimizando e eliminado o risco de acidentes.

Bate choco com equipamento mecanizado

Vídeo do YouTube




11. CONSIDERAÇÕES SOBRE MEIO AMBIENTE

Todas as atividades necessárias para o desenvolvimento e previsão de serviços considerados nos projetos deverão ser realizadas em conformidade com a política, objetivos, metas e requisitos dos documentos regulamentares da lei, de modo a buscar a melhoria do desempenho pessoal, a prevenção de acidentes e incidentes, a prevenção de desvios ambientais e a melhoria do desempenho em relação à Saúde e Segurança do Trabalho.

12. CONSIDERAÇÕES DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL

Todas as atividades necessárias para o desenvolvimento dos projetos deverão ser realizadas em conformidade com a política, objetivos, metas e requisitos dos documentos regulamentares da lei, de modo a buscar a melhoria do desempenho pessoal, a prevenção de acidentes e incidentes, a prevenção da poluição e a melhoria do desempenho em relação à Saúde e Segurança do Trabalho.

Para realização de trabalhos em altura, acima de dois metros, os colaboradores terão que ter o treinamento de NR35 e estarem presos a ancoragens, linhas de vidas, entre outros de acordo com a norma.
Comments