111) Recuperação e reforço de Túnel

PARA SEGUIR NA PAGINA CLIQUE NO LINK ABAIXO



111) Recuperação e reforço de Túnel

1. OBJETIVO 

Execução de obra recuperação de um TÚNEL 

2. FASES DO PLANO 

O Plano de Execução da Obra será elaborado descrevendo a metodologia executiva dos principais serviços bem como logística e mobilização.


2.1. Mobilização/Canteiro de obras

Os acessos serão feitos através de rodovias federais e estaduais localizadas próximas ás frentes de serviço e estradas não pavimentadas a serem melhoradas durante a mobilização e mantidas operantes durante a execução para que seja possível a chegada de insumos e equipamentos para a realização dos serviços.

O canteiro de obras principal será instalado em área  próximo aos emboques, uma estrutura secundária de apoio também será construída do outro lado, estes serão dotados de: 

Escritório de obra com móveis

Estações de trabalho computadorizadas,

Escritório para fiscalização igualmente mobiliado,

Refeitório para fornecimento de almoço, provido de mesas, cadeiras, lavador de mãos e água potável. 

Almoxarifado de peças e ferramentas, depósito de materiais, demais instalações para água gelada,

Sanitários químicos,

Coleta seletiva, 

Depósito intermediário de resíduos,

Baia para produtos químicos

Kit de mitigação.

Com a devida liberação do canteiro de obras e Ordem de Serviço, serão instaladas:

 as placas de sinalização, conforme ROF, para início das atividades no interior do túnel.

 A seguir descrição dos serviços a serem realizados.


2.2. Bate choco

O serviço de bate choco será realizado com o apoio de plataforma elevatória sobre trilhos, tendo como necessidade a execução deste para liberação das demais frentes de trabalho.


2.3. Limpeza com hidrojateamento


O serviço será executado também com apoio de plataforma elevatória sobre trilhos e bomba profissional de alta pressão. Não serão liberadas áreas para concreto projetado sem antes concluída esta limpeza no trecho.


2.4. Perfuração para tirantes


Os serviços de perfuração nas paredes do túnel serão executados com carreta perfuratriz PW 5500. As perfurações na abóboda serão realizadas com perfuratriz pneumática manual RH575 ou similar com auxílio de plataforma.

Para transporte de materiais, ferramentas e acessórios serão utilizados tróleis dotados de freio.

A obra terá inicio pelos emboques do túnel com direção ao centro do mesmo, sendo:

No 1o emboque com duas equipes de perfuração e uma equipe de concreto projetado, trecho este com maior número de tirantes a serem executados.

No outro emboque com 01 equipe de perfuração e uma de concreto projetado. Os compressores serão instalados fora do túnel, medida esta para eliminar a emissão de gás carbônico no interior do túnel por estes equipamentos.

Caso a poeira ou solo venham contaminar o lastro da ferrovia, será adotado sistemas de proteção com manta geotêxtil.


2.5. Instalação de tela


Primeiramente serão executadas as perfurações para ancoragem, (grampos), nas paredes do túnel, perfurações estas realizadas por martelete manual pneumático, as perfurações da abóboda serão realizadas com o apoio da plataforma elevatória sobre trilhos.


2.6. Concreto projetado


Assim como na perfuração, os compressores para este serviço serão instalados fora do túnel, região próxima aos emboques. 

O equipamento utilizado para a projeção do concreto será a bomba CP-10SU, posicionada no interior do túnel. No emboque Cubatão ficará posicionada livre no solo e abastecida com pá carregadeira, no 1o emboque e será posicionada abaixo de uma plataforma que receberá uma caçamba abastecida de concreto sobre ela, esta caçamba transportada por caminhão munck ferroviário até a bomba de concreto projetado.


2.7. Limpeza da reflexão de concreto projetado:

Será utilizado manta geotêxtil para proteção do lastro nas áreas onde haverá concreto projetado, diariamente ao fim deste serviço o material proveniente da reflexão será retirado com apoio de carregadeira, caso por algum motivo não seja possível a retirada diária em sua totalidade, o restante será retirado no inicio do próximo intervalo.

2.8. Iluminação

O túnel será iluminado distintamente para duas situações, sendo elas: Uma como iluminação de trajeto, que será a iluminação necessária para trabalhadores e equipamentos transitarem, será dotada de refletores com espaçamento de 25,00m munidos de lâmpadas de 400w. A outra situação será a iluminação das frentes de serviço que será realizada por torres equipadas com quatro refletores e também lâmpadas de 400w, sendo uma torre para cada frente macro de serviço.Para atendimento da demanda de iluminação os geradores ficarão posicionados fora do túnel, com o mesmo objetivo de não impactar a região interna do túnel com gás carbônico.

3. Cronograma


Um cronograma deverá ser elaborado prevendo-se o prazo previsto e o dimensionamento do número de equipes para acompanhamento e programação da obra.

4. ELABORAÇÃO DO PLANO 


Visto a extensão do túnel, optou-se em construir duas frentes de apoio, canteiros de obras, um em cada emboque, com o objetivo de facilitar a logística de entrada e saída após os intervalos bem como o atendimento ás frentes de trabalho que darão inicio conforme já citado, nos dois emboques do túnel.


4.1. PLANO DE ATAQUE DA OBRA 

Conforme já descrito neste Plano de Execução de Obra, teremos frentes simultâneas nos dois emboques sentindo á parte central do túnel. As perfurações serão realizadas por equipamentos pneumáticos sobre esteiras e também manuais. Conforme vistoria in loco as perfuratrizes serão mantidas no interior do túnel em áreas de escape, respeitando o gabarito, com isso otimizando o tempo para produtividade descartando a necessidade de entrada e saída dos equipamentos a cada intervalo.

Assim como a perfuração, o concreto projetado também será realizado á partir de cada emboque, em um deles a bomba será abastecida por pá carregadeira, no outro será abastecida por caçamba transportada por caminhão munck. O lastro será protegido com manta geotêxtil para prevenir contaminação do mesmo pela reflexão do concreto.

Os compressores e grupo geradores necessários para alimentar nossos equipamentos serão instalados fora do túnel como forma de evitar emissão de gás carbônico no interior deste e também manter a área livre para movimentação de pessoas e equipamentos, conseguindo desta maneira maior segurança para os colaboradores envolvidos nas atividades.

Como plano de emergência para a retirada de equipamentos que possam apresentar defeitos sobre a linha, (plataformas elevatórias e perfuratrizes), teremos disponíveis, inclusive para outras atividades, duas pás carregadeiras que através de cintas, cabos e/ou correntes removam estes equipamentos com segurança para fora do túnel.


4.2. EQUIPAMENTOS MÍNIMOS PREVISTOS PARA EXECUÇÃO DA OBRA:


Geradores: 
Retro escavadeira: 
Perfuratrizes PW 5500: 
Compressores: 
Van/microônibus: 
Veículos leve:
Bombas de concreto projetado: 
Plataformas elevatórias: 
Pás carregadeira: 
Marteletes pneumáticos: 
Bombas de hidrojateamento:



4.3. DIMENSIONAMENTO E "LAYOUT" DE INSTALAÇÕES 
Comments