caes5



>>>>> POR ESTA ATUALIAZAÇÃO AGRADECIMENTO ESPECIAL A JORNALISTA LETÍCIA PIMENTA <<<<<

Estes cães estão a espera de um dono. Quando estas fotos foram tiradas pudemos observar que alguns estão muito deprimidos e alguns outros esboçam muita alegria assim que nos aproximamos.

Desconfiados, no começo, percebemos o quão carentes de amor estes cães podem ser. Ahhh, o que eles não dariam por uma vida digna em algum de nossos lares.

Por que foram abandonados? Não há resposta para tal pergunta. Muitos eram apenas "cães de guarda", esquecidos nos fundos de um quintal escuro, amarrados por uma corda, a espera de alguma compaixão. Outros foram largados à beira de uma estrada após a morte de um dono idoso, esquecidos por aqueles em quem tanto confiavam. Escorraçados pelas ruas da cidade, considerados uma ameaça a saúde pública, em uma cidade varrida pela corrupção política e moral, eles nunca terão uma chance sem nossa intervensão. Condenados a passar o resto de seus dias em canís, atrás das grades, pagando por um crime que nós cometemos.

Não são eles que devem ser temidos. São os donos criminosos, que enviam os filhos para deixá-los às portas da instituição, escondendo-se por trás de crianças. Ou aqueles que dizem trazer o cão da vizinha, que não mais o quer, enquanto arrastam seu próprio amigo para o que pode ser seu fim. Covardes, cruéis, egoístas, psicopatas, eles todos são uma verdadeira ameaça a qualquer esperança de humanidade e civilização.

Mais o que dizer destas pobres criaturas que ai estão, nos canis do CCZ? Será que seremos capazes de lhes negar a esperança de que tanto precisam? Não é essa nossa convicção.

A esperança vive por trás de cada olhar. Alguns encaram a parede, incapazes de olhar para os olhos do Homem que os traiu. Mas ao carinho dos tratadores "Já É", Moises e Daniel tantos já recuperaram sua vitalidade canina. Existem aqueles que abanam o rabinho ossudo e lambem nossos rostos agarrando um chance que não pudemos lhes dar. Quantas pessoas, neste exato momento, avaliam a possibilidade de ter um cão, sem sequer cogitar a existência daqueles esquecidos. Vamos fazer suas fotos chegar ao conhecimento de todos. Eles contam apenas conosco para terem a chance de serem amados de verdade, ao menos uma vez.

Quantos lares vazios eles poderiam preencher?

Estamos certos de que este nosso esforço não será em vão. Foram muitas as ligações para o CCZ e muitos emails recebidos. Uma pequena parcela deles representou adoção e vida nova .

Divulguem as fotos e repassem os telefones do CCZ !!!

Vamos fazer nossa parte e rezar a Deus que ilumine os caminhos destes cães.

O CCZ RJ (Centro de Controle de Zonoses do Município do Rio de Janeiro) fica no Largo do Bodegão, 150 / Santa Cruz. Se você quiser conhecer os animais ou adotar um deles ligue para 3395-1595 ou 3395-2142. Disque 4 para Controle de Animais que você poderá identificar o animal e viabilizar uma visita.








emails : mural.ccz@gmail.com
© Mural do CCZ - RJ
WebMaster - Luiz Fontenelle
Subpáginas (1): caes5
Comments