Início

Este site está repleto de material referente à pesquisa de mestrado de Leo Souza. Caso esteja interessado em acessar o audiovisual O suicidado da sociedade, clique aquiComo parte do processo de criação há  quatro experimentos. Um experimento de montagem apresenta a transformação de linha temporal em tempo ucrônico. Este último pode ser acessado neste link. Esse primeiro experimento e a obra necessitam da instalação do software desenvolvido, que pode ser realizada através deste programa. É fundamental ler o arquivo de instruções que acompanha cada um destes experimentos. Para conhecer como funciona a montagem ucrônica veja este vídeo e para uma introdução à pintura realizada autonomamente por computador veja este outro vídeo. Nas demais páginas do site há ainda diversos materiais (obras referenciadas e imagens do processo de experimentação dos conceitos). Segue abaixo o resumo da pesquisa e os conceitos estruturantes.

---

 Partindo  da  pergunta  de  Pimentel  (2011)  sobre  como  a  tecnologia  digital pode ampliar  conhecimentos  específicos  do  campo  artístico,  foi  encontrado,  no  eixo conceitual de Couchot (1999), a proposta de que modelos artísticos e tecnológicos sejam transcendidos. Impulsionada pela prática artística, a reflexão sobre a noção de desterritorialização em Deleuze (2005) e em sua coautoria com Guattari (2008;2011) foi relacionada a uma forma de transcendência de modelos no processo de criação. Para a adequação do tratamento da desterritorialização enquanto forma de transcendência, são levantadas correlações entre modelo computacional e território artístico, agenciamento e autonomia tecnológica, buscando caracterizar o diálogo de criação com tecnologias propositoras de sentido na criação artística, chamadas aqui de  tecnologias  rizomórficas.Com  base  em  tais  correlações,  observou-se  as desterritorializações  das  noções  de  tempo,  imagem,  sujeito  e  obra audiovisual provenientes do agenciamento com tecnologia rizomórfica.  Com isso,  foi  possível demonstrar que na noção de tempo residia o ponto de articulação das noções de imagem,  sujeito  e  obra,  gerando  implicações,  com sua  desterritorialização,  na ampliação da noção de montagem e composição em Arte, possibilitando, assim, a construção da noção de montagem ucrônica.

O tratamento desse tema é realizado de forma a apresentar as tecnologias contemporâneas como propositoras de sentido no processo de criação artística. Para isso, desenvolveu-se uma fundamentação para o tratamento da cocriação artístico-tecnológica e seu aprendizado com o contínuo efeito da redefinição de conceitos artísticos o que, no âmbito deste trabalho, limitou-se à composição audiovisual e às noções de espaço e tempo na montagem. Como parte dessa fundamentação, foi definido o conceito de montagem ucrônica possibilitado pelas tecnologias contemporâneas apresentadas como, por exemplo, a pintura autonomamente realizada por computador. Esse conceito emergiu do processo de cocriação tecnoestético da obra audiovisual O suicidado da sociedade, um documentário de animação desenhado e montado autonomamente por computadores e de sua montagem em múltiplos fluxos temporais que demandou o Experimento Woyzeck.

Autor: Leonardo Souza - quilombo@gmail.com - OI Kabum! - EBA - UFMG

Orientação: Prfª Drª Lucia Gouvêa Pimentel - EBA - UFMG

Comments