A juventude e a Igreja

A juventude mora no coração da Igreja e é fonte de renovação da sociedade.Da mesma forma que dizemos que os jovens são o futuro do amanhã,pode-se dizer que a juventude é o futuro da Igreja.
Os jovens de todos os tempos e lugares buscam a felicidade.Ao analisar essa situação,a Igreja continua olhando para os jovens com muito mais amor,mostrando-lhes o verdadeiro Mestre-Caminho,Verdade e Vida-que os convida a viver com ele.
Jesus envia a Igreja ao mundo para dar continuidade à sua obra de salvação."Evangelizar constitui,de fato,a grça e a vocação da própria Igreja,a sua mais profunda identidade.Ela existe para evangelizar,ou seja,para pregar e ensinar,ser o canal do dom e da graça de Deus"(EN 14-Evangelii Nuntiandi).
Junto aos jovens,ela quer ser um meio através do qual eles percebam que são filhos amados de Deus e irmãos de todos.De modo que a fé seja apresentada e transmitida à juventude como um encontro pessoal e amoroso com Deus,que toma feições humanas na pessoa de Jesus Cristo,nosso Salvador e Redentor.                                                  
Os jovens são capazes de entender e acolher com alegria a Boa Nova que transforma a partir do interior de cada um de nós e ao nosso redor.
A juventude representa um enorme potencial para o presente e o futuro da sociedade e da Igreja de Cristo como discípulos e missionários do Reino de Deus.
"São sensíveis a descobrirem sua vocação a ser amigos de Cristo.São chamados a ser "sentinelas da manhã",comprometendo-se na renovação do mundo à luz da Palavra e do Plano de Deus"(DA-Documento de Aparecida).
No mundo em que vivemos atualmente nossa juventude se encontra perdida devido a inúmeros fatores que a leva para caminhos tortuosos,tais como a prostituição,o tráfico de drogas,aos assassinatos,etc.
Cabe a cada um de nós nos responsabilizarmos por nossos jovens,de forma que possamos prestar a eles uma ajuda,um amparo,um ombro amigo.Devemos inseri-los aos poucos em nossas comunidades eclesiais e paróquias,de modo a introduzi-los no seguimento de Jesus.
Ensinando-os a vivenciar os Sacramentos,a humildade e a responsabilidade social.Mas sobretudo,enfatizar que para servir a Cristo é preciso dizer SIM de coração aberto e sincero e,se entregar por inteiro ao mistério salvívico de Deus.Pois para ser servo é necessário vivenciar o discipulado na vida em comunidade,na família,no namoro,na escola,etc.E,que assim,possam entender que o serviço de amor a Deus,só ocorre e se realiza plenamente se houver espiritualidade.
A Igreja nos oferece várias formas de servir a Deus:
-No namoro santo;
-No matrimônio;
-No sacerdócio,etc.
Pois ambas possuem o mesmo valor aos olhos de Deus,afinal ambos são meios de Salvação.
Comments