ROTUNDA DA AREOSA


 

Página Inicial

 

A «Rotunda da Areosa» caracteriza-se por ser simultaneamente um ponto de cruzamento de importantes eixos viários, e também o lugar de encontro dos limites dos diferentes concelhos que compõem a área metropolitana do Porto. Repare-se, a «Rotunda da Areosa», está no limite periférico da dita cidade consolidada do Porto, no limite do Concelho da Maia, no limite de Gondomar, no enfiamento do Concelho de Matosinhos. No entanto, coincidência ou não, chega-se à conclusão que neste caso ser periférico a cada uma destas zonas, é estar no centro de todas elas.

… Ainda ninguém parece ter-se apercebido de tal vantajosa condição, ou será que já?
O valor imobiliário desta zona é baixo, não existem planos de requalificação, e sendo esta uma zona com uma forte conotação suburbana (que se explica também pela condição de vizinhança com alguns dos bairros sociais mais degradados do Porto), reina aqui, o parcial desinteresse dos grandes «empreendedores» políticos, privados, públicos, comerciais... se calhar ainda bem...


A verdade é que nem por isso a «Rotunda da Areosa» deixa de ser um dos espaços de uso mais interessantes da cidade. Tal acontece, porque por força de camadas sociais com poder de compra menor, (tais como a comunidade migrante, e outras pessoas que sofrem igualmente problemas de exclusão que derivam desta condição), a Areosa acaba por ser mais do que um espaço dormitório da cidade, e o seu «precário» espaço público, a «Rotunda», transformou-se num singular espaço de vivência diária, cuja dinâmica urbana supera qualitativamente qualquer um dos espaços ultra-projectados de custos milionários, mas que carecem maioritariamente do uso que os efective. 

Nesta «rotunda» as pessoas construíram os seus negócios e actividades, em estabelecimentos próprios, a céu aberto, ou ainda utilizando o viaduto como tecto, mais ou menos lícitos, a realidade é que a cidade aqui não parou, e não precisou de mirabolantes programas fundiários, ou outro tipo de fetiches autárquicos populistas. Foi por causa das pessoas.

Rotunda da Areosa (PDF)