Gestão em Saúde


Gestão das listas de espera em Oftalmologia

Introdução 

 

 

 

 

 

 

 

 

A procura de serviços de oftalmologia

 

 

 

 

As principais fontes da procura de serviços de oftalmologia são

 

 

 

 

Diminuir a procura dos serviços de oftalmologia induzida pelos Médicos de Família

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 MÉDICONTACTO - SERVIÇOS MÉDICOS, LDA.

O serviço – consulta de oftalmologia – como bem económico, que é, portanto escasso e necessário; obedece obviamente á lei da oferta e da procura.

Assim, qualquer gestor bem intencionado, poderoso e desejoso de agradar a gregos e troianos, terá necessariamente que alterar as forças relativas do lado da oferta e do lado da procura.

Do lado da oferta, além de agilizar a eficácia organizacional também se pode estimular os recursos humanos a aumentar a produtividade, e aqui não mais raciocinamos, pois pensamos que este campo de batalha é o preferido dos poderosos, onde jogam e dão cartas.

E do lado da procura?


Como sem “omeletes não se fazem ovos”, também não acreditamos que, com a verificada escassez de oftalmologistas e respectivos serviços, se consiga aumentar significativamente a produtividade destes serviços. Urge pois diminuir a procura de tais serviços.

 

1-Procura dos serviços de oftalmologia induzida pelos Médicos de Família.

2- Procura dos serviços de oftalmologia induzida pelos funcionários a laborar na organização prestadora destes serviços

3-Procura dos serviços de oftalmologia induzida pelo próprio oftalmologista.


Elaborar um decreto lei segundo o qual o Médico de Família, enquanto funcionário do serviço nacional de saúde não lhe é permitido realizar consultas médicas com a finalidade de passar atestados médicos de aptidão para obter a carta de condução, assim como os congéneres.

Se tais consultas quiser fazer, elas serão consideradas a titulo de amizade pessoal e não entrarão na contabilização da produtividade.

De facto qualquer utilizador abusador, que pretendendo um atestado para a seu belo prazer obter carta de condução, logo vai ao Médico de Família exigir tal atestado, isto é; só quer que o médico preencha os papeis.

Obviamente que, se tal utilizador abusador tiver um par de óculos logo, o médico, referencia para consulta de oftalmologia, ou seja vai aumentar a lista de espera, em oftalmologia. Se tais consultas forem “proibidas” no serviço nacional de saúde serão uns grandes milhares de consultas a menos que os oftalmologistas terão de realizar.

O Médico de Família é quem controla a tensão arterial, a tensão emocional e tantas outras tensões.

Também a pressão intra ocular e outras patologias oftalmológicas podem ser controladas pelo médico de Família.

Se os políticos libertarem o médico de Família das meras consultas do prazer: de conduzir, de caçar, de mergulhar, do desporto etc. pois poderão acrescentar a este profissional competente novas consultas do foro oftalmológico. O numero de consultas em oftalmologia diminuirá significativamente.

Se o médico de Família enviasse ao hospital todos os doentes com hipertensão arterial que serviços iriam entupir?

Pois é . Diminuir a procura. Eis a solução alternativa.

 

Temos ideias. Se pretender os nossos serviços. Contacte-nos!   -   MÉDICONTACTO