PAIOLZINHO

Manoel Del Rio,  advogado, assessor jurídico de movimentos sociais


Projeto Habitacional “Paiolzinho”: 2.600 unidades pelo Minha Casa Minha Vida

22/10/2015

Na terça-feira ( 20/10) estive em Brasília, apresentando o projeto habitacional "Paiolzinho" ao Ministro das Cidades, Gilberto Kassab. Este é um empreendimento do Programa Minha Casa Minha Vida, com 2.600 unidades. Pela dimensão do projeto exige excepcionalidade e por isso levamos direto ao Ministro. 

A agenda foi organizada pelo Deputado Nilto Tatto. Além de nós, um grupo de prefeitos do interior do estado, também participou da audiência, buscando resolver questões de suas cidades. O Ministro acolheu a nossa proposta e disse que vai analisar e se empenhar para sua concretização. 

O Deputado Federal Nilto Tatto vai acompanhar a tramitação do projeto no Ministério das Cidades e manterá a FLM informada do andamento. Aqui em São Paulo, vamos organizar as famílias que podem conquistar sua moradia neste empreendimento.

A luta é sempre!


Manoel Del Rio   - Advogado e Assessor Jurídico de Movimentos Sociais 

 Contatos: manoeldelrioblas@gmail.com, Twitter:@ManoelDelRio, Facebook:Manoel Del Rio  II  



_______________________________________________________


Projeto Habitacional “Paiolzinho” caminhando a passos largos

03/02/15 às 15:21

Proprietário já assinou opção de venda da área e o projeto já está sendo elaborado. Além das 2 mil moradias o projeto prevê a reserva de uma grande área verde, um CEU e espaço para equipamentos institucionais.  Nesta segunda-feira, a coordenação da FLM avaliou os impactos do projeto Minha Casa Minha Vida Entidades, naquela região da Zona Leste.

Secretaria de Habitação assina termo de cooperação  para  construção de 2 mil unidades habitacionais no “Sitio Paiolzinho”, em Cidade Tiradentes

em 07/01/2015

“Esse projeto é muito importante para viabilizar moradia popular e assim ajudar no combate ao déficit habitacional da cidade através do Programa Minha Casa Minha Vida Entidades, que representa um segundo caminho do Minha Casa Minha Vida para suprir a demanda habitacional”, afirmou Manoel Del Rio, membro fundador e assessor de habitação da Associação Auxílio Mutuo da Região Leste.”

Serão 2 mil unidades construídas na região da Cidade Tiradentes por meio do Programa Minha Casa Minha Vida – Entidades.

A Secretaria Municipal de Habitação, por meio do secretário de habitação, José Floriano, assinou nesta segunda feira, dia 22, o primeiro Termo de Cooperação para a viabilizar 2 mil unidades habitacionais no Empreendimento Sitio Paiolzinho, em Cidade Tiradentes. O termo prevê o apoio técnico da secretaria com questões relacionadas ao licenciamento do projeto. O empreendimento será viabilizado por meio do Programa Minha Casa Minha Vida – Entidades e a entidade organizadora é a Associação de Auxílio Mútuo da Região Leste.

A secretaria vai atuar com a orientação técnica e acompanhamento do processo de licenciamento, assim como o monitoramento mediante reuniões periódicas com a entidade organizadora. A entidade, por sua vez, vai elaborar o projeto, aprovar nos órgãos competentes, e em seguida contratar o empreendimento e acompanhar até a emissão do Certificado de Conclusão.

“Esse projeto é muito importante para viabilizar moradia popular e assim ajudar no combate ao déficit habitacional da cidade através do Programa Minha Casa Minha Vida Entidades, que representa um segundo caminho do Minha Casa Minha Vida para suprir a demanda habitacional”, afirmou Manoel Del Rio, membro fundador e assessor de habitação da Associação Auxílio Mutuo da Região Leste.

Ao todo a secretaria prevê a construção de 11 mil unidades destinadas às entidades em terrenos próprios das entidades ou municipais. Isso corresponde a 20% da meta de que prevê a entrega de 55 mil unidades.

O PMCMV – Entidades, do Governo Federal, permite que a entidade selecionada indique a demanda, no entanto, é necessário que a entidade esteja habilitada no Ministério das Cidades e participe de um processo de chamamento público, segundo a portaria do Ministério das Cidades n°595/2013.

A entidade organizadora do empreendimento Sitio Paiolzinho está habilitada e credenciada no Ministérios das Cidades.

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/habitacao/noticias/?p=188005


_________________________________________________-



Secretaria de Habitação assina termo de cooperação  para  construção de 2 mil unidades habitacionais no "Sitio Paiolzinho", em Cidade Tiradentes

07/01/2015

“Esse projeto é muito importante para viabilizar moradia popular e assim ajudar no combate ao déficit habitacional da cidade através do Programa Minha Casa Minha Vida Entidades, que representa um segundo caminho do Minha Casa Minha Vida para suprir a demanda habitacional”, afirmou Manoel Del Rio, membro fundador e assessor de habitação da Associação Auxílio Mutuo da Região Leste."

Serão 2 mil unidades construídas na região da Cidade Tiradentes por meio do Programa Minha Casa Minha Vida – Entidades.

 A Secretaria Municipal de Habitação, por meio do secretário de habitação, José Floriano, assinou nesta segunda feira, dia 22, o primeiro Termo de Cooperação para a viabilizar 2 mil unidades habitacionais no Empreendimento Sitio Paiolzinho, em Cidade Tiradentes. O termo prevê o apoio técnico da secretaria com questões relacionadas ao licenciamento do projeto. O empreendimento será viabilizado por meio do Programa Minha Casa Minha Vida – Entidades e a entidade organizadora é a Associação de Auxílio Mútuo da Região Leste.

 A secretaria vai atuar com a orientação técnica e acompanhamento do processo de licenciamento, assim como o monitoramento mediante reuniões periódicas com a entidade organizadora. A entidade, por sua vez, vai elaborar o projeto, aprovar nos órgãos competentes, e em seguida contratar o empreendimento e acompanhar até a emissão do Certificado de Conclusão.

“Esse projeto é muito importante para viabilizar moradia popular e assim ajudar no combate ao déficit habitacional da cidade através do Programa Minha Casa Minha Vida Entidades, que representa um segundo caminho do Minha Casa Minha Vida para suprir a demanda habitacional”, afirmou Manoel Del Rio, membro fundador e assessor de habitação da Associação Auxílio Mutuo da Região Leste.

 Ao todo a secretaria prevê a construção de 11 mil unidades destinadas às entidades em terrenos próprios das entidades ou municipais. Isso corresponde a 20% da meta de que prevê a entrega de 55 mil unidades.

 O PMCMV - Entidades, do Governo Federal, permite que a entidade selecionada indique a demanda, no entanto, é necessário que a entidade esteja habilitada no Ministério das Cidades e participe de um processo de chamamento público, segundo a portaria do Ministério das Cidades n°595/2013.

 A entidade organizadora do empreendimento Sitio Paiolzinho está habilitada e credenciada no Ministérios das Cidades.

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/habitacao/noticias/?p=188005

Comments