AS LEITURAS OBRIGATÓRIAS

Manoel Del Rio,  advogado, assessor jurídico de movimentos sociais

LEITURAS OBRIGATÓRIAS

 06/02/2014

Localizei em um Site uma relação de livros Para Conhecer o Brasil, expostos por Antônio Cândido. Salvei e já separei alguns para ler. Vi também uma relação de filmes, que também salvei. Faltam alguns pra ver. Mas, sobre os livros fiquei com "inveja" do grande professor e homem do nosso tempo – Antônio Cândido – e resolvi apresentar minha lista de livros. Quando trabalhei para estruturar a CUT – Central Única dos Trabalhadores, organizei uma biblioteca no NEP 13 de Maio – Núcleo de Educação Popular, para os Cursos de Formação dos sindicatos. E também quando fui editor do Jornalivro, pesquisei – lendo muito – para coletar sugestões para publicações. Sempre que observo interesse por leituras de pessoas, faço uma relação de livros e digo que são leituras obrigatórias. Então, aí vai a relação de mais de 80 livros. Quando você ler todos, tem mais. Mas aceitamos indicação de outras leituras obrigatórias.

 

1- Para Grupos de Estudo. Tem mais, mas fica para outros completarem.

 - HUBERMAN, Leo - História da Riqueza do Homem.

 Livro magistral, cujo objetivo é explicar a História pelo estudo da teoria econômica e, ao mesmo tempo, explicar a Economia através do estudo da História. A formação da riqueza ao longo da história ocorreu por diversas influências sócio-econômicas. Hubermam descreve um dos primeiros grandes movimentos de formação da riqueza no Estado nacional: a concentração econômica

 - GALEANO, Eduardo - As veias abertas da América Latina.

 Na obra o autor propõe um inventário dos 500 anos da história do continente retratando as suas principais bases: a economia agrícola e mineradora dominada pelo mercado internacional, com o objetivo de gerar lucros para a potência dominadora; a pobreza social como resultado de um sistema econômico externo e excludente, que privilegia uma minoria financeiramente capaz de integrar-se aos padrões de consumo; a opressão de governos centralizadores contra as minorias, produzindo genocídios e o caos social; a exploração do trabalho e as péssimas condições de sobrevivência para a grande maioria de sua população.

 - ENGELS, Friedrick - A situação da classe trabalhadora na Inglaterra

 O autor revela o mundo urbano miserável e degradante criado pela industrialização, descrevendo a relação entre a burguesia e o proletariado das principais cidades industriais Inglaterra, como Londres, Manchester, Birmingham, Leeds entre outras, enfatizando que o que ocorre em uma destas cidades é verdadeiro para todas as outras, onde “os capitalistas se apropriam de tudo, enquanto que ao grande número de fracos, aos pobres, não lhes resta senão a própria vida, e nada mais”

 - TROTSKY, Leon - A revolução de 1905

 Na primeira parte,Trotsky analisa os acontecimentos e os movimentos que fizeram o Outubro Vermelho de 1905 o prólogo da Revolução de Outubro de 1917, na Russia. A segunda parte é dedicada ao processo instaurado pelas autoridades tzaristas contra o soviete de deputados operários de São Petersburgo, além de registrar a viagem feita por Trotsky como prisioneiro deportado para a Sibéria, e a fuga que empreendeu.

 - TROTSKY, Leon - A história da revolução Russa

 Narrada e analisada por um dos seus principais líderes, o livro A história da revolução Russa descreve desde a formação histórica da Rússia até o desenvolvimento das duas revoluções proletárias ocorridas em 1917: a de fevereiro e a de outubro.

 -CASTRO, Fidel - A história me absolverá

 Em 16 de outubro de 1953, o jovem advogado Fidel Castro pronunciava a sua autodefesa, após ser preso pelo assalto ao quartel Moncada, em Cuba, – quando tentou derrubar o então presidente e ditador Fulgêncio Batista. “A história me absolverá”, foi a última frase proferida pelo líder da Revolução Cubana e como ficou conhecido o documento que reúne este célebre discurso. Descreve o problema da terra, da industrialização, da educação, da habitação e da saúde do povo cubano. Ali, Fidel anunciou a erradicação do latifúndio, o confisco de todos os bens dos estelionatários de todos os governos e seus sucessores e herdeiros. “A História me Absolverá” se converteu no programa de trabalho do movimento revolucionário e da insurreição armada contra a tirania de Batista.

 - TZU, Sun - A arte da guerra

 O pequeno texto é um tratado militar escrito durante o século IV a.C. pelo estrategista conhecido como Sun Tzu. O tratado é composto por treze capítulos, cada qual abordando um aspecto da estratégia de guerra, de modo a compor um panorama de todos os eventos e estratégias que devem ser abordados em um combate racional. Acredita-se que o livro tenha sido usado por diversos estrategistas militares através da história como Napoleão, Zhuge Liang, Cao Cao, Takeda Shingen, Vo Nguyen Giap e Mao Tse Tung.

 -LHERING, Rudolf von - A luta pelo direito

 A Luta Pelo Direito é a obra básica do jurista positivista alemão Rudolf von Ihering, onde este expõe suas então novas idéias sobre a Ciência do Direito e seu papel na sociedade. A obra é resultante direta de uma palestra que Ihering proferiu em 1872, na Sociedade Jurídica de Viena, onde defendia que a paz (social, individual e entre nações) é o fim último do homem, e somente pode ser obtida através da luta, uma Luta pelo Direito.

 - GLEISES, Marcelo - A dança do universo

 Muitos procuram a resposta nos mitos e na religião. Outros nas teorias científicas. Em A dança do Universo, o físico Marcelo Gleiser mostra em linguagem clara que esses dois enfoques não são tão distantes quanto imaginamos, apresentando versões de diversas culturas para o mistério da Criação, até desembocar na explicação da ciência moderna para o surgimento do Universo. O que aconteceu no momento da Criação? Houve um minuto determinado em que o Universo que nos rodeia surgiu? Essas são questões tão antigas como a própria humanidade.

 - GARDEN, Justen - O mundo de Sofia

 De capítulo em capítulo, de "lição" em "lição", o leitor é convidado a trilhar toda a história da filosofia ocidental - dos pré-socráticos aos pós-modernos -, ao mesmo tempo em que se vê envolvido por um intrigante thriller que toma um rumo surpreendente. Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo em que vivemos. O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste fascinante romance, que conquistou milhões de leitores em todos os países em que foi lançado.

 -PIOVESAN, Flavia - Direitos humanos e o direito constitucional internacional

 O livro avalia o Direito brasileiro e o Direito Internacional dos Direitos Humanos, bem como os limites e as possibilidades de intervenção desse instrumental internacional no processo de redefinição e reconstrução do próprio conceito de cidadania no Brasil. Dentro desse contexto, a obra relaciona a Constituição de 1988 e os tratados internacionais de direitos humanos no Brasil e no mundo.

 - EXUPERY, Antoine de Saint - Terra de homens

 - CAVALCANTI , Walter Tenório - Guerra do Contestado

 - FROMM, Erich - O dogma de cristo

 - FROMM, Erich - A arte de amar

- QUOIST, Michel - Construir o homem e o mundo

 - MAO, Tsé Tung – Sobre a contradição

 - GERVILLE, Don - Sobre a Educação

 - FREIRE, Paulo – Pedagogia do oprimido

 - FREIRE, Paulo – Educação como prática da liberdade

 - GLAESER, Ernst – O último civil

 - LUXEMBURGO, Rosa – Reforma ou revolução

 - MARX, Karl – As consequências sociais do avanço tecnológico

 - BECCARIA, Cesare - Dos direitos e das penas

 - MARX, Karl; ENGELS, Friedrick – O Manifesto comunista

 - MARX, Karl - Salário, preço e lucro

 - MARX, Karl - O Capital - capítulo 13 - A Máquina e a Indústria Moderna

 - SANDRONI, Paulo - O que é mais-valia

 - ENGELS, Friedrick - A origem da família, da propriedade privada e do estado

 - GUEVARA, Ernesto Che - O socialismo e o homem novo  - JORNALIVRO

 - LENIN, Vladimir Ilich - O Estado e a revolução

 - LENIN, Vladimir Ilich - Aos pobres do campo

 

2- Literatura

 - ASSIS, Machado de - Memórias póstumas de Brás Cubas

 - ASSIS, Machado de - Dom Casmurro

 - ASSIS, Machado de - A cartomante

 - ASSIS, Machado de - Pai contra mãe

 - ASSIS, Machado de - O alienista

 - ASSIS, Machado de - A causa secreta

 - ASSIS, Machado de - Crônicas

 

( Sigam o autor, leiam tudo)

 - REGO, José Lins do - Fogo Morto

 -VERÍSSIMO, Erico - Incidente em Antares

 - AMADO, Jorge - Subterrâneos da Liberdade

 - AMADO, Jorge - Terra do Sem Fim

 - CALLADO, Antonio - Quarup

 - RAMOS, Graciliano  - Vidas Secas

 - RAMOS, Graciliano - São Bernardo

 - SOUZA, Marcio - Mad Maria

 - SOUZA, Marcio - A Condolência

 - AZEVEDO, Aluizio de - O Cortiço

 - DE JESUS, Carolina Maria - Quarto de Despejo

 - CUNHA, Euclides da - Os Sertões

 - ROSA, Guimarães - Grande Sertão Veredas

 - ROSA, Guimarães - Sagarana

 - FREITAS, Decio - Palmares a Guerrilha Negra

 - RIBEIRO, João Ubaldo - Viva o Povo Brasileiro

 - STEIMBECK, John - As Vinhas da Ira

 - ZOLA, Émile - Germinal

 - FAST, Haward  - Espartaco

 - FAST, Haward  - Caminho da Liberdade

 - FAST, Haward  - A paixão de Sacco e Vanzetti (Jornalivro)

 - FAST, Haward  - Os Imigrantes

 - FAST, Haward  - Moises, Principe do Egito

 - FAST, Haward  -  O Americano (Jornalivro)

 - DOSTOIEVISK, Fiódor  - Os irmãos Karamazov

 - DOSTOIEVISK, Fiódor  - Crime e castigo

 - DOSTOIEVISK, Fiódor  - Humilhados e Ofendidos

 - DOSTOIEVISK, Fiódor  - Recordação da casa dos mortos

 - TOLSTOI, Liev - Ana Karenina

 - TOLSTOI, Liev - Guerra e Paz

 - GORKI, Maximo - A mãe (Jornalivro)

 - CARPENTIER, Alejo - O século das luzes

 - REMARQUE , Erich Maria  - Nada de novo no front

 - BURCHET, Wilfred - Vietnam:  a guerrilha vista por dentro (Jornalivro)

 - PAASSEN, Pierre Van - Estes dias tumultuosos

 - NIKOLAIEVA, Galina -  A colheita

 - REED, John - 10 dias que abalaram o mundo

 - MARQUES, Gabriel Garcia - Cem anos de solidão

 - MORAES, Fernando - A ilha

 - MORAES, Fernado  - Olga

 - MAFFEI, Eduardo - A greve

 - CHARRIERI, Henri - Papillon

 - SILONE, Ignazio - Fontamara (Jornalivro)

 - HEMINGWAY, Ernest - O velho e o mar

 - STENDHAL - O vermelho e o negro

 - ORWELL, George - Lutando na Espanha

 - ORWELL, George - Na pior em Paris e Londres

 - ORWELL, George - O caminho para Wigan Pier

 - BARRETO, Lima - O triste fim de Policarpo Quaresma

 - BARRETO, Lima - A nova California

 - BARRETO, Lima - Os bruzundangas

 - ESOPO - Fábulas

 - KAFKA, Frans - O processo

 - KAFKA, Frans  - Metamorfose

 - CABEZAS, Omar  - A montanha é algo mais que uma imensa estepe verde - JORNALIVRO

 - VEIZZER, Moema - Se me deixam falar -  JORNALIVRO

 - OSTROWSK, Nicolai - Assim foi temperado o aço

 - GHEORGHIU, C. Virgil - A vigésima quinta hora

 - ASSARÉ, Patativa do - Conte lá que eu conto cá

 - QUEIROZ, Eça - O crime do padre Amaro

 - QUEIROZ, Eça de - Primo Basílio,

 - FREIRE, Gilberto - Casa grande e Senzala


 Manoel Del Rio - Advogado e Assessor jurídico de movimentos sociais.

 www.manoeldelrio.com

 

 

Comments