POEMA DE AMOR - Tanta Coisa


 


 

Tanta coisa

 

Tanta coisa para te dizer,

Tanta coisa para te contar,

Que chego a enternecer,

Por não te poder amar.

 

Como te posso chamar?

Como to posso expor?

Preciso te confessar,

Todo este meu amor.

 

Não posso mais esconder,

Sem dar mais a perceber,

Esta minha aflição.

 

São dores do coração,

Que aperta pela emoção,

De isso não quereres entender.

 

João da mestra, 22 de Maio de 2014

 

 http://palavrasmil-majosilveiro.blogspot.pt/2014/05/tanta-coisa-poema-de-amor.HTML


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10203081533696655&set=a.1671244458378.2090893.1155369679&type=1&theater

 

 https://plus.google.com/116861302558783072076/posts/QsGWK4abtQE

Comments